Foto: Helene Santos

“Arranhão pode ter tido, mas é coisa que se supera”, diz Heitor Freire após vazamento de conversa com Bolsonaro

“Arranhão pode ter tido, mas é coisa que se supera, isso é política. De todos os (deputados) federais do Ceará, eu sou o mais fiel às pautas do governo nas votações”

Heitor Freire, deputado do PSL, que aparece em conversa vazada do presidente Jair Bolsonaro com parlamentares do PSL. O vazamento irritou a cúpula do Governo Federal.

Foto: ASCOM/SEGOV-PR

Segundo deputado, ministro pediu para não ser gravado em reunião com parlamentares e o governador

Em reunião, na tarde de hoje (8), com o governador Camilo Santana (PT), secretários e deputados, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, teria pedido para não ser gravado no encontro. Recentemente, conversa entre Bolsonaro e deputados do PSL vazou e irritou o Planalto. Por sua assessoria, o ministro nega o pedido.

Foto: José Leomar

Crise no PSL: Lucas Fiuza deixa comando do partido em Fortaleza

O presidente do PSL em Fortaleza, Lucas Fiuza, anunciou, hoje (21), nas redes sociais, que deixou o cargo no partido, “diante dos decepcionantes fatos”. Fiuza era um dos braços-direitos do deputado Heitor Freire, presidente da sigla no CE. Ele ocupa cargo no Ministério do Turismo. A saída ocorre em meio a vazamento de conversa entre Freire e Bolsonaro.

 

Foto: José Leomar

Delegado Cavalcante e André Fernandes acionam PGR contra Heitor Freire por vazamento de mensagens

Os deputados Delegado Cavalcante e André Fernandes protolocam, nesta segunda (21), na PGR, uma representação contra o deputado Heitor Freire, após vazamento de conversa dele com Bolsonaro. Eles alegam que Freire praticou crimes contra a Lei de Segurança Nacional, pedem abertura de inquérito na PF e quebra de sigilo dele. E a crise segue no PSL…