-  

Deputado federal articula retorno das competições de vaquejada no Ceará

O deputado federal Pedro Bezerra (PTB) pretende discutir com o Governo do Ceará o retorno das vaquejadas. Ele se reuniu nesta segunda (3) com representantes da categoria. “O futebol, que é esporte de contato, já voltou. A proposta com a vaquejada é que sejam eventos sem o público”, afirma. “Vaquejada é um negócio que gera empregos e lucros”, acrescenta.

Foto: Kleber A. Gonçalves/Arquivo Sistema Verdes Mares
  -  

Célio Studart pede retirada de projeto que define a vaquejada como prática desportiva

Em reunião da Comissão de Meio Ambiente da Câmara dos Deputados, o cearense Célio Studart (PV) pediu a retirada da pauta do projeto de lei 2452/2011, que define a vaquejada como prática desportiva. “A vaquejada não diz respeito aos anseios ambientais e sociais do momento brasileiro”, explicou. A matéria foi retirada da pauta de votação.

Foto: Câmara dos Deputados
  -  

Bolsonaro sanciona projeto que regulamenta a prática da vaquejada

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, hoje (17), o Projeto de Lei que regulamenta a prática da vaquejada. O projeto é resultado da Emenda Constitucional 96, que reconheceu a vaquejada como bem imaterial do patrimônio cultural brasileiro, determinando a regulamentação da prática por lei específica, que assegure o bem-estar dos animais.

Foto: Kleber A. Gonçalves/Arquivo Sistema Verdes Mares