-  

No Ceará, 163 urnas eletrônicas apresentaram defeito; 49 em Fortaleza

Balanço do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) divulgado após o encerramento da votação neste domingo (15) registrou 163 urnas eletrônicas com defeito, sendo 49 só em Fortaleza. No total, foram substituídas 120 urnas. Segundo o TRE-CE, os principais problemas detectados foram nas baterias dos equipamentos, nos terminais dos mesários e nas impressoras.

  -  

Quase 20% do eleitorado da Capital segue sem biometria; no Ceará, índice é de 6%

De acordo com o TRE-CE, 356.279 eleitores de Fortaleza (19,6%) ainda não fizeram o recadastramento biométrico. No Estado, são 401.651 eleitores inadimplentes (6,2%). O prazo final para buscar atendimento para a biometria, emitir o título pela primeira vez ou realizar a transferência vai até 6 de maio, dia de fechamento do Cadastro Eleitoral.

  -  

Mais de 150 mil podem ficar sem título, se média de atendimentos de biometria se mantiver até 6 de maio

A média de 2.700 atendimentos diários nos 15 postos do TRE-CE em Fortaleza é considerada baixa pelo órgão. Se o fluxo se mantiver até o fechamento do cadastro de eleitores, no dia 6 de maio, quase 155 mil pessoas deixarão de fazer a biometria a tempo. 357.187 eleitores (19,73% do total) ainda não fizeram o recadastramento biométrico em Fortaleza.

Foto: Marina Alves
  -  

TRE-CE define data de novas eleições para prefeito e vice em Aracoiaba

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) aprovou, nesta terça (15), resolução que estabelece a realização de eleições suplementares para a Prefeitura de Aracoiaba em 1º de dezembro. Decisão judicial que mantinha os ex-gestores municipais, Antônio Cláudio e Maria Valmira, a Dona Bill, nos cargos após cassação foi revogada pelo TSE em setembro.

  -  

Em meio a ataques criminosos, TRE-CE suspende atendimentos em unidades móveis

Estão suspensos a partir desta terça-feira (24), e por tempo indeterminado, os atendimentos no Ônibus da Biometria e do Câmara Móvel, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE). Nesta semana, o Ônibus estaria no Cuca Jangurussu, enquanto o Câmara Móvel atenderia o bairro Canindezinho. O TRE-CE não informou a razão da suspensão dos atendimentos, mas a decisão foi anunciada em meio aos ataques a ônibus promovidos por facções criminosas.