-  

Apesar de definição sobre relatores, TCE ainda deve receber prestações de contas de prefeitos e ex-prefeitos

Apesar da definição dos conselheiros responsáveis por relatar a prestação de contas de 2020 de cada município, o TCE ainda deve receber o relatório de prefeitos e ex-prefeitos. O prazo para o envio das contas de 2020 dos governos municipais é até junho de 2021, enquanto as do Governo do Estado devem ser entregues em até 60 dias a partir do início dos trabalhos do Legislativo.

  -  

TCE distribui prestação de contas de municípios e do Governo do Estado para conselheiros

O Tribunal de Contas do Ceará (TCE) distribuiu, hoje (27), a prestação de contas dos 184 municípios e dos órgãos de gestão do Estado para os conselheiros da Corte elaborarem um parecer. Cada conselheiro ficou com a relatoria das contas de várias cidades. O conselheiro Rholden Queiroz ficou com a relatoria das contas do governador Camilo Santana (PT).

  -  

PontoPoder Cafezinho: podcast analisa operação do TCE que acompanha transição entre governos; ouça

Está no ar a edição de número 41 do PontoPoder Cafezinho, podcast sobre os bastidores da política cearense. Desta vez, os jornalistas Luana Barros, Letícia Lima e Igor Cavalcante falam sobre a Operação Desmonte, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que acompanha a transição entre gestões municipais. Você pode ouvir aqui:

Powered by RedCircle

  -  

Análise: prefeitos deixam legado de irregularidades nas contas públicas para os próximos gestores

Relatório do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) indica que pelo menos 19 municípios cearenses tiveram irregularidades nas contas públicas de 2020, desde excessos na contratação de servidores até problemas com contratos públicos. Com isso, novos prefeitos recebem a gestão das cidades num verdadeiro cenário de terra arrasada. Leia análise de Inácio Aguiar.

Foto: JL Rosa
  -  

TCE remete a relatores 20 processos de inspeções em prefeituras na operação ‘Transição Responsável’

O Tribunal de Contas do Ceará distribuiu entre os conselheiros relatores 20 processos de inspeções em 19 prefeituras realizadas durante a operação ‘Transição Responsável‘. Nas ações, estão relatórios elaborados pelo Controle Externo do Tribunal com recomendações para garantir uma transição responsável, que servem como subsídios aos relatores.

  -  

TCE e MPCE começam a examinar documentos de prefeituras com risco de “desmonte”

A partir desta segunda-feira (7), fiscais do Tribunal de Contas do Ceará (TCE) e promotores de Justiça começam a examinar informações colhidas em 18 municípios cearenses com alto risco de sofrerem “desmonte“. Os locais foram escolhidos através de uma “matriz técnica de risco“, que leva em conta prefeitos que não conseguiram se reeleger e não elegeram aliados.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

TRE-CE mantém indeferimento de candidatura do vereador Marcelo Lemos

O TRE-CE decidiu na última segunda (23), por unanimidade, negar o recurso do candidato a vereador de Fortaleza Marcelo Lemos (PSL) para reverter o indeferimento da candidatura. O Ministério Público Eleitoral argumenta que Lemos, quando geriu a Regional V, teve as contas desaprovadas pelo TCE.  Neste pleito, Lemos recebeu 5.381 votos.

Foto: José Leomar
  -  

Conselheiro do TCE seria um “coach” de centro de compras em Fortaleza, discutem deputados

O deputado Heitor Férrer (SD) levou à tribuna denúncia contra o conselheiro do TCE, Ernesto Saboia. Segundo o deputado, ele exerce função ilegalmente em um centro de compras em Fortaleza. Férrer quer criar comissão de deputados para analisar o caso. Na defesa de Saboia, Evandro Leitão (PDT) disse que a atividade é legal e que Saboia é um ‘coach’ da instituição.

Foto: José Leomar
  -  

Política de renúncia fiscal do Governo do Ceará é questionada pelo TCE

“Não há, ainda, como atestar os planos e objetivos da política de renúncia fiscal do Estado”

Disse o relator das contas do Governo, Edilberto Pontes. O conselheiro Rholden Queiroz também frisou que “o valor renunciado deixa de ser investido” sob risco de prejudicar o investimento em garantias fundamentais, por isso a renúncia tem de ser “observada com atenção” .

  -  

Transparência dos Consórcios de Saúde no Ceará piorou em 2019, diz Tribunal de Contas

Relator das contas do Governo no TCE, Edilberto Pontes ressaltou que a transparência dos Consórcios de Saúde piorou em 2019. Ele pontuou que a situação é heterogênea, já que a falha não atinge a todos os Consórcios. Edilberto disse que foi informado pelo Governo de que, para 2020, foram tomadas providências para melhorar a transparência dos Consórcios.

  -  

“Se gasta mais com Segurança Pública do que com Educação no Ceará”, diz relator das contas do Governo

O conselheiro do TCE, Edilberto Pontes,  relator das contas do governador Camilo Santana, ressaltou que, em 2019, o Estado gastou mais com Segurança Pública do que com Educação e até mesmo com Saúde. A maior despesa com pessoal e encargos, ainda assim, está na Previdência Social. O parecer do relator está sendo anunciado na manhã de hoje.

  -  

Parecer prévio sobre as contas do Governo Estadual em 2019 será apreciado na quinta

O Tribunal de Contas do Ceará (TCE) irá analisar, na próxima quinta (2), às 9h30, o parecer prévio sobre os gastos do Governo Camilo em 2019. O conselheiro Edilberto Pontes é o responsável pelo relatório das contas do Poder Executivo no ano passado. Na ocasião, o TCE irá avaliar se as despesas e receitas no período respeitaram os limites da LRF.

  -  

Parecer das contas de Camilo Santana será apreciado no dia 2 de julho no Tribunal de Contas do Estado

As contas de governo de Camilo Santana, referentes ao ano passado, serão apreciadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) no dia 2 de julho. A análise será em plenário. O relator da matéria é o conselheiro Edilberto Pontes. O documento com o parecer prévio, depois de analisado, é encaminhado à Assembleia Legislativa do Ceará para julgamento.

  -  

MPF sugere desconto em folha para servidor que recebeu auxílio irregularmente

O MPF recomendou hoje, ao presidente do TCE, Valdomiro Távora, que o órgão determine o desconto no contracheque dos servidores que receberam indevidamente o auxílio emergencial de R$ 600,00 e que não fizerem a devolução através de Guia de Recolhimento da União (GRU) até o fechamento da folha de junho. O TCE tem 72h para se manifestar.

Foto: Agência Brasil
  -  

Sem previsão de retorno presencial, TCE julga 2.400 processos virtuais na pandemia

O Tribunal de Contas do Estado julgou, desde o início da pandemia, em formato virtual, 2.411 processos, entre 16 de março e 5 de junho. Foram 318 na Sessão Plenária, 1.263 na primeira Câmara, e 830 na segunda Câmara. A Corte já adotava o modelo remoto antes da crise na saúde. As sessões virtuais são realizadas semanalmente, de segunda a sexta.

  -  

TCE lança plataforma para orientar ações de gestores durante período de calamidade pública

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) lançou uma página eletrônica para orientar gestores públicos a gastarem com responsabilidade durante o período de calamidade pública. Na plataforma, é possível tirar dúvidas sobre contratos com dispensa de licitação, execução orçamentária, concessão de benefícios assistenciais, entre outros temas.

  -  

Tribunal de Contas do Ceará faz alertas às situações de calamidade das prefeituras

Em um momento em que dezenas de municípios têm declarado situação de calamidade por causa do coronavírus, o Tribunal de Contas do Estado anunciou a realização, nesta quinta-feira (16), às 15 horas, de um seminário virtual para dar orientações aos prefeitos e técnicos. Cerca de 250 gestores devem participar. A solicitação foi feita pela Aprece.

  -  

TCE suspende até 31 de março sessões presenciais por conta do coronavírus

O Tribunal de Contas do Ceará decidiu suspender, até o dia 31 de março, todas as sessões presenciais do Pleno e das Câmaras. A decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (17), durante reunião realizada no gabinete da presidência. A ação é de combate ao coronavírus que avança no Ceará. Os julgamentos no Plenário Virtual continuarão normalmente.

Foto: Divulgação
  -  

TCE derruba liminar que impedia seleção nos consórcios de saúde do Estado

O Tribunal de Contas revogou, nesta terça-feira (18), a proibição da seleção para cargos comissionados organizada pela Escola de Saúde Pública. A liminar havia sido concedida na terça-feira (11) da semana passada por apresentar inconsistências em relação à Lei de Responsabilidade Fiscal. A Escola, no entanto, prometeu cumprir as exigências da Corte.

  -  

TCE conclui em 15 dias análise do edital da usina de dessalinização, diz presidente da corte

O presidente do TCE, Valdomiro Távora, disse que o tribunal deve concluir em, no máximo, 15 dias a análise do edital de licitação para a construção de uma usina de dessalinização no Ceará. O relator do processo é o conselheiro Edilberto Pontes. O edital estava previsto para ser publicado em janeiro. Valdomiro negou atraso: “está dentro do cronograma”.

Foto: Helene Santos