Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Congresso conseguiu conciliar diferentes preocupações com reforma da Previdência, avalia Tasso

“É muito difícil elaborar um texto em que se equilibre a consciência social, que é tão forte dentro do Congresso; a preocupação com as populações mais vulneráveis; e ao mesmo tempo ter em mente o equilíbrio fiscal. Nós conseguimos fazer isso”.

Senador Tasso Jereissati (PSDB), relator da reforma da Previdência no Senado, em discurso, hoje (12), por ocasião da promulgação da emenda constitucional que altera o sistema previdenciário. Para ele, a reforma é fundamental para a retomada do crescimento do País.

Foto: Pedro França/Agência Senado

Senadores cearenses assinam carta a favor da prisão em segunda instância

Os senadores cearenses Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos) são signatários de carta a favor da prisão após condenação em segunda instância. Quem coleta assinaturas é o senador Lasier Martins (Podemos-RS). O texto será entregue ao presidente do STF, Dias Toffoli, e ao PGR, Augusto Aras, às vésperas da retomada do julgamento do Supremo que pode mudar o entendimento da Justiça sobre prisão em segunda instância.

Foto: Pedro França/Agência Senado

Senadores do Ceará prestam solidariedade a vítimas de desabamento de prédio em Fortaleza

O colapso de um prédio em Fortaleza motivou mensagens de solidariedade de senadores cearenses. “Nossas orações estão com vocês”, tuitou Tasso Jereissati. “É uma tragédia que chocou a todos nós”, citou Cid Gomes. “Oramos para que Deus os conforte”, escreveu Eduardo Girão.

PEC Paralela da Previdência entra em discussão na CCJ na próxima semana

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado vai realizar, na próxima quarta (16), audiência pública para debater a PEC paralela da Previdência. O texto, que tem como relator o senador Tasso Jereissati (PSDB), define a inclusão de estados e municípios nas novas regras da Previdência Social.

Bolsonaro se aproxima do autoritarismo, mas governo está submetido às leis, concordam Tasso e Ciro

O senador Tasso Jereissati (PSDB) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) concordam que o presidente Bolsonaro tem atitudes que chegam a flertar com o “autoritarismo“, mas que encontra-se submetido ao regime legal, até o momento. Eles fazem críticas ao governo.

Foto: Kid Júnior

“Língua frouxa”, diz Tasso sobre Ciro em tom de brincadeira na Assembleia

“Um dos políticos mais inteligentes que eu conheci. Tem a língua frouxa, de vez em quando, mas isso acontece nas melhores famílias de Sobral e da Inglaterra”.

Tasso Jereissati (PSDB), ao se referir a Ciro Gomes, com quem divide a mesa, hoje, em evento de 30 anos da Constituição Estadual. A plateia riu. E Ciro também.

Senador de oposição, Randolfe reconhece esforços na melhoria da reforma da Previdência

“Quero cumprimentar o senador Tasso por todos os esforços que tem feito para melhorar esse texto e para torná-lo, por mais difícil que seja, palatável, principalmente para os mais pobres”

Senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), durante votação do relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB) à reforma da Previdência, no Senado.

Foto: José Leomar

Evento com Tasso e Ciro levanta novas especulações sobre reaproximação política

O evento da Assembleia com os ex-governadores Ciro Gomes (PDT) e Tasso Jereissati (PSDB), na próxima segunda (7), volta a movimentar os bastidores da política cearense. Será a 2ª vez, neste ano, que os dois, que já foram aliados, mas estão em grupos opostos, estarão juntos em público. “Isso já não é paquera, é namoro”, disse um deputado.

Texto da reforma da Previdência é aprovado na CCJ do Senado

Depois de mais de duas horas de debate, a CCJ do Senado aprovou nesta terça-feira, por 17 votos a 9, a nova versão do relatório do senador Tasso Jereissati para a reforma da Previdência. Das 77 emendas apresentadas, o relator acatou apenas uma supressiva, que permite a incorporação de vantagens dos servidores públicos no cálculo da aposentadoria.

Senador Tasso confirma votação da reforma da Previdência hoje no Plenário do Senado

Após reunião com a presidente da CCJ, Simone Tebet, e líderes partidários, o relator da reforma da Previdência, Tasso Jereissati (PSDB) garantiu que o texto final será votado hoje no Plenário às 16h. Ele afirmou que a proposta não deve sofrer alterações. “Serão apresentados seis destaques e um voto separado, se tudo der certo votamos hoje”, disse.