-  

Grupo de servidores faz novo ato em frente à Câmara de Fortaleza; Comissão recebe representantes

Um grupo de servidores realiza, na manhã desta quarta-feira (3), um novo ato em frente à Câmara Municipal de Fortaleza contra o projeto com mudanças na Previdência da Capital. Representantes da categoria foram recebidos pela Comissão Especial para tentar chegar a um consenso. Eles querem a retirada dos pontos que tratam sobre anuênios e licença prêmio.

  -  

‘Isso é eficiência’, diz Adail sobre mudanças na Previdência estarem na pauta da Câmara desta terça

“A pauta é feita assim. Apareceu ontem à noite e veio na pauta hoje. Isso é eficiência da presidência”

Vereador Adail Júnior (PDT),  após parte da oposição reclamar do horário em que a proposta com mudanças na Previdência dos servidores municipais chegou à Câmara Municipal de Fortaleza, na noite de segunda-feira (1º). Nesta terça (2), a matéria começou a tramitar.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Após reunião da Previdência, servidores dizem que negociação com a Prefeitura sobre reforma não avança

Após reunião com membros da Prefeitura, representantes dos servidores municipais afirmam que as negociações sobre a reforma da Previdência não avançaram. Eles pedem negociação diretamente com o prefeito José Sarto, e não com interlocutores. Enquanto isso, projetos com mudanças de questões da Previdência na Lei Orgânica segue com tramitação barrada na Justiça.

  -  

Prefeitura e sindicatos discutem o imbróglio da previdência municipal

Representantes da Prefeitura de Fortaleza e de sindicatos de servidores da Capital reúnem-se, virtualmente, na manhã desta segunda-feira (22), para dialogar sobre a previdência municipal e o reajuste salarial. De acordo com o Sindicato dos Servidores de Fortaleza (Sindifort), os trabalhadores pedem acréscimo de 4,52% nos salários. O imbróglio maior é na Previdência.

Foto: José Leomar
  -  

‘Não tem perigo de ser votada na segunda’, diz Lúcio Bruno sobre emenda à Lei Orgânica

Membro da base do prefeito José Sarto (PDT), o vereador Lúcio Bruno (PDT) garante que a emenda à Lei Orgânica que adequa a legislação municipal para receber a reforma da Previdência “não tem perigo de ser votada na próxima segunda (22)”, dia em que está marcada uma reunião de negociação com os servidores. Os servidores estão protestando contra a medida.

Foto: José Leomar
  -  

Do lado de dentro, sessão da Câmara segue normal e com discurso menos inflamados

Do lado de dentro da Câmara Municipal de Fortaleza, a sessão plenária desta quarta (17) segue normal enquanto servidores municipais protestam contra a emenda à Lei Orgânica que adequa a legislação à reforma da Previdência. Os discursos sobre o tema na tribuna da Casa estão menos inflamados. A matéria deve voltar à pauta da Câmara na semana que vem.

Foto: José Leomar
  -  

Em protesto, servidores tentam impedir vereador de entrar na Câmara e são dispersados

Em protesto em frente à Câmara Municipal de Fortaleza, servidores tentaram impedir o vereador Carlos Mesquita (PDT) de entrar na Casa pela garagem e foram dispersados com bombas de gás. Eles reclamam que a emenda à Lei Orgânica que adequa a legislação para receber a reforma da previdência. O protesto bloqueia o trânsito na Rua Thompson Bulcão.

Foto: José Leomar
  -  

Servidores mantêm protestos em pressão contra nova previdência municipal

Alvos da reforma da previdência municipal, servidores vinculados à Prefeitura de Fortaleza realizaram carreata e buzinaço em frente a Câmara Municipal contra a medida, na manhã de hoje (17). Sindicatos reclamam de pontos como o fim do anuênio e da licença-prêmio, além do fato de o texto ter sido enviado à Casa sem diálogo com os trabalhadores.

  -  

Servidores entram na Câmara Municipal de Fortaleza para protestar contra reforma da Previdência

Um grupo de servidores municipais entrou no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza para protestar contra a reforma da Previdência enquanto eram avaliados dois projetos que alteram a Lei Orgânica para receber as novas regras previdenciárias que serão discutidas. Eles pedem diálogo para negociar as medidas, enquanto o tema está no início da tramitação.

Foto: Helene Santos
  -  

Antes de chegar à Câmara, reforma da Previdência de Fortaleza já esquenta o clima no Legislativo

Antes mesmo de chegar à Câmara de Fortaleza, a reforma da Previdência da Capital, que deve chegar à Casa nos próximos dias, promete esquentar o clima no Legislativo. Nesta segunda-feira (1°), dia do retorno dos trabalhos, um grupo da Frente Sindical dos Servidores do Município fez um ato em frente à Câmara, cobrando que a proposta seja construída em diálogo com a categoria.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Roberto Cláudio sanciona reajuste de 3% no salário dos servidores municipais

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) sancionou, hoje, projeto de lei que reajusta em 3% os salários dos servidores públicos municipais. O aumento passa a valer a partir de janeiro de 2020. O texto não trata sobre os acréscimos de diferença da inflação, que seriam pagos a partir de fevereiro. Apesar disso, a Prefeitura assegura que os valores serão pagos.

Foto: Fernanda Siebra