Senador cearense quer adiamento de votação de projeto contra fake news

O senador Eduardo Girão (Podemos) defendeu, em pronunciamento nesta quarta-feira (24), o adiamento da votação do projeto de lei que prevê regras de combate às fake news. A matéria está na pauta de votação da sessão do Senado desta quinta (25). Segundo Girão, embora importante, a proposta tem que ser mais discutida pelos parlamentares.

Foto: Agência Senado

Senado só irá discutir possível adiamento das eleições em julho, decidem líderes

Em reunião do colégio de líderes do Senado, o presidente da Casa, Davi Alcolumbre, e o grupo de lideranças decidiram que até o dia 30 de junho não haverá qualquer deliberação do Congresso sobre um possível adiamento das eleições 2020. A ideia dos parlamentares é aguardar o ritmo da pandemia do coronavírus. Só se fala em adiamento em julho, ficou combinado.

Senador cearense tenta apoio para projeto que tenta dar autonomia a Polícia Federal

O senador cearense Eduardo Girão (Podemos) apresentou uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que tenta dar autonomia à Polícia Federal, com a nomeação do diretor-geral a partir de lista tríplice. “Espero contar com apoio de vocês para que a gente possa votar isso o mais rápido possivel”, disse, na sessão que votou socorro aos estados no último sábado.

Foto: Agência Senado

Senado aprova ampliação do auxílio emergencial a trabalhadores; emenda de Tasso inclui taxistas

“Com essa ampliação, estamos atendendo os taxistas e outros trabalhadores que se encontram em situação difícil nesse momento de crise no Brasil”.

Senador Tasso Jereissati (PSDB), ao comentar aprovação no Senado da proposta que amplia a outras categorias o auxílio emergencial pago a trabalhadores informas na pandemia. O texto segue para sanção presidencial.

Senado aprova emenda do senador Prisco Bezerra que permite compra de medicamentos com receita digital

O Senado aprovou, hoje, uma emenda do senador Prisco Bezerra (PDT), suplente em exercício do senador Cid Gomes (PDT), que permite a compra de medicamentos com receitas médicas apresentadas por meio digital, com a assinatura eletrônica ou digitalizada do médico. As pessoas atendidas por meio da telemedicina não terão que sair de suas casas para adquirir receita médica.

MP de Bolsonaro fragiliza as relações de trabalho e traz insegurança aos trabalhadores, diz Tasso

“A MP 927 vai na direção contrária (da política de proteção ao emprego), fragilizando as relações de trabalho e reduzindo a proteção dos trabalhadores. Mesmo com a retirada do Art 18, que permitia a suspensão do contrato sem pagamento de salários por 4 meses, a MP cria grande insegurança”

Tasso Jereissati (PSDB) sobre Medida Provisória de Jair Bolsonaro. Ele fez apelo para que a matéria seja retirada.

Tasso Jereissati sugere utilizar emendas de relator para combate ao coronavírus

O senador Tasso Jereissati (PSDB) sugeriu alternativa para o impasse das emendas de relator ao Orçamento, no valor de R$ 30 bilhões: o combate ao novo coronavírus. “Esse dinheiro deve ir para o Governo Federal seja para combate, seja para amainar as consequências da crise econômica na vida diária dos brasileiros”, afirmou em vídeo nas redes sociais.

 

 

Prisco Bezerra propõe no Senado proibição de anistia a militares que participarem de motim

O senador Prisco Bezerra (PDT) quer vedar, por lei, a concessão de anistia a militares que tenham cometido crimes e ilícitos administrativos ligados à sindicalização ou greve. A proposta foi protocolada após o dep. Capitão Wagner (Pros) pedir, na Câmara, a anistia a policiais e bombeiros que participaram de movimento no Ceará.

“Maior aprovação popular do Brasil”, diz Cid Gomes sobre gestão Camilo

A parceria forte entre o senador Cid Gomes (PDT) e o governador Camilo Santana (PT) foi demonstrada agora a pouco, no Senado, por ocasião da aprovação de empréstimos internacionais ao Ceará. “Tem a gestão com maior aprovação popular do brasil. Os índices superam os 80%”, disse Cid, sobre o governo do seu sucessor.

“Vai descansar na Serra da Meruoca”, diz Tasso sobre licença de Cid em tom de brincadeira

O plenário do Senado está lotado de cearenses nesta tarde/noite. Além de Tasso, Cid e Girão, o governador Camilo Santana, o prefeito Roberto Cláudio e o presidente da Assembleia, José Sarto, acompanham a posse do suplente Prisco Bezerra. Sobre a licença do colega, Tasso brincou: “Vai descansar no alto da montanha, na Serra da Meruoca”. Cid e Camilo riram.