-  

Cid Gomes cobra explicações de Paulo Guedes sobre tentativa de privatização da Caixa Econômica

O senador Cid Gomes (PDT) apresentou requerimento à Comissão de Assuntos Econômicos do Senado pedindo informações ao ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a criação do Banco Digital da Caixa Econômica. Cid quer saber se a solicitação ao Banco Central prevê abertura para o capital privado e demonstrou preocupação com o “desmonte da Caixa”.

Foto: Agência Senado/Agência Brasil
  -  

Análise: Insatisfação no Senado Federal com a condução da crise do Brasil alerta para mobilização da classe política

Mesmo antes da morte do senador Major Olímpio (PSL-SP), a insatisfação com a condução da crise da Covid-19 no Brasil já pairava sobre o Senado. É uma Casa de tom equilibrado, com políticos experientes. Lideranças partidárias choraram em reunião recente com o presidente do Senado. Não se trata de disputa política, e sim de achar um rumo para a crise. Alternativas passam pela política.

Foto: Agência Senado
  -  

Após morte de Major Olímpio, cearenses relatam clima para mobilizações no Senado, diferente da Câmara

Deputados cearenses relatam insatisfações no Senado Federal com a condução da crise sanitária no País. A sessão remota da quinta-feira (18), segundo parlamentares, foi “depressiva”. A morte do senador Major Olímpio (PSL-SP) abalou os colegas. Já na Câmara dos Deputados, com o tamanho da base aliada do Governo Bolsonaro, quase não se vê mobilização.

Foto: Agência Senado
  -  

Senado discute distribuição de oxigênio a estados, e Anvisa cobra repasse de dados por empresas

Edital da Anvisa determina que empresas da cadeia de oxigênio repassem dados sobre demanda e produção às quartas-feiras. Até a manhã desta quinta, 32 das 47 empresas oficiadas cumpriram a determinação. A distribuição de oxigênio a alguns estados, dentre eles o Ceará, foi discutida na Comissão da Covid-19 no Senado.  A instalação de miniusinas nos hospitais é alternativa, disse Meiruze Freitas, diretora da Anvisa.

Foto: Reprodução
  -  

Análise: disputa Lula x Ciro pode deixar cenário delicado politicamente para Camilo Santana

A anulação das sentenças no âmbito da Justiça de Curitiba que envolviam o ex-presidente Lula já aponta possíveis efeitos nas eleições gerais de 2022. O atrito com Ciro Gomes (PDT), forte crítico do PT, pode deixar o governador Camilo Santana (PT) em situação política delicada no tabuleiro eleitoral. Leia análise no Diário do Nordeste.

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
  -  

‘Sou favorável, desde que inclua estados e municípios’, diz Eduardo Girão sobre CPI da Covid-19

“Sou favorável à CPI e assinarei (o requerimento para instalação), desde que inclua também a gestão da pandemia nos estados e municípios. Existem indícios de desvios dos recursos para o enfrentamento ao coronavírus em alguns entes federativos, inclusive no Ceará”.

Senador Eduardo Girão (Podemos), sobre instalação de CPI da Covid-19 no Senado.

  -  

Análise: governadores cobram chefes do Congresso Nacional por auxílio em meio à pandemia

Com o temor de novos picos de Covid-19, governadores adotam medidas restritivas mais severas, mas tentando proteger a economia. Sem auxílio emergencial, um lockdown colocaria a população em situação de miséria. Por isso, gestores fazem coro pelo auxílio e pela criação de um orçamento para a saúde aos presidentes da Câmara e do Senado. Leia análise.

Foto: Agência Brasil
  -  

Cid critica PEC que retira piso de investimentos: “se comprar menos leite condensado, encontraremos recursos”

O senador Cid Gomes (PDT) criticou nesta terça (23) a proposta que retira o investimento mínimo em Saúde e Educação em estados e municípios. O texto tramita no Senado. Cid escreveu que para acabar com a pobreza não se deve retirar o piso constitucional: “Se taxar lucros e dividendos e comprar menos leite condensado, encontraremos recursos necessários”.

  -  

Tasso defende urgência de projeto para compra de vacinas por estados, municípios e iniciativa privada

O senador Tasso Jereissati (PSDB) pediu urgência na votação de proposta que permite a compra de vacinas contra a covid-19 por estados, municípios e iniciativa privada. As doses, no entanto, só poderiam ser comercializadas após a vacinação dos grupos prioritários. “Não existe nada mais urgente neste País do que essa questão de vacina”, disse Tasso.

  -  

Projeto relatado por Cid Gomes cria liderança de oposição no Senado Federal

O senador Cid Gomes (PDT) relatou matéria aprovada hoje (10). O projeto dos senadores Weverton (PDT-MA) e Randolfe Rodrigues (REDE-AP) propõe a criação da liderança da oposição. Cid explicou que o texto equilibra as forças de oposição e situação na Casa, já que nem sempre a minoria ou a maioria significam situação de apoio ou de oposição ao Governo.

  -  

Cid Gomes será o novo líder da bancada do PDT no Senado

O senador cearense Cid Gomes será o novo líder da bancada do PDT no Senado Federal. Com três integrantes, o grupo declarou apoio a Rodrigo Pacheco (DEM/MG) ao comando da Casa. Pacheco foi eleitor com o apoio de partidos de esquerda e também do presidente Bolsonaro. Cid substituirá Weverton (MA) na função.

  -  

Eduardo Girão critica eleição de Rodrigo Pacheco e justifica voto em Tebet

(O voto para Tebet) Foi a necessidade de contribuir para a ruptura do continuísmo a partir de uma gestão sofrível do presidente Davi Alcolumbre e discordar profundamente que o Senado tenha sua independência comprometida a partir de conchavos políticos com forças completamente antagônicas, que uniram.

Escreveu o senador Eduardo Girão em sua conta no Instagram.

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
  -  

Cid Gomes parabeniza Rodrigo Pacheco e diz acreditar em independência do senador

O senador Cid Gomes (PDT) usou as redes sociais para parabenizar o colega Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a quem havia declarado apoio. “O Senado Federal escolheu, por 57 votos, o senador Rodrigo Pacheco para presidir os trabalhos no biênio 2021-2022. Desejo sorte ao senador e acredito que ele marcará sua gestão por independência e por respeito às minorias que lá militam”.

  -  

“Precisa ser uma pessoa extremamente independente”, afirma Tasso Jereissati sobre novo presidente do Senado

“Precisa ser uma pessoa extremamente independente para dar a força e a credibilidade que a instituição Congresso Nacional precisa ter. Ao mesmo tempo, precisa promover um diálogo com o governo federal para que o País não pare, mas sem perder a autonomia e independência”.

Senador Tasso Jereissati (PSDB), sobre a eleição para presidência do Senado Federal.

Foto: Agência Senado
  -  

Eduardo Girão defende voto aberto para escolha do novo presidente do Senado Federal

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) defende votação aberta para a escolha da Mesa diretora do Senado, inclusive o presidente. Ele assinou uma requerimento de urgência para apreciação de um projeto que trata do assunto. A próxima eleição ocorrerá em fevereiro de 2021, quando Davi Alcolumbre tenta meios jurídicos para viabilizar a reeleição.

Foto: Agência Senado
  -  

Cid chama Paulo Guedes de ‘mentiroso’ após ministro criticar derrubada de veto sobre servidores

O senador Cid Gomes (PDT) chamou, hoje (20), o ministro da Economia, Paulo Guedes, de “mentiroso” após o gestor criticar a derrubada, pelo Senado, do veto presidencial ao aumento salarial a servidores públicos até o fim de 2021. “Aponte, mentiroso, um centavo que o Senado desviou da saúde para os servidores públicos. Malandro é quem posando de liberal será o (ir)responsável pelo maior rombo nas contas públicas da história do País!”, disse.

  -  

Senador cearense quer adiamento de votação de projeto contra fake news

O senador Eduardo Girão (Podemos) defendeu, em pronunciamento nesta quarta-feira (24), o adiamento da votação do projeto de lei que prevê regras de combate às fake news. A matéria está na pauta de votação da sessão do Senado desta quinta (25). Segundo Girão, embora importante, a proposta tem que ser mais discutida pelos parlamentares.

  -  

Senado só irá discutir possível adiamento das eleições em julho, decidem líderes

Em reunião do colégio de líderes do Senado, o presidente da Casa, Davi Alcolumbre, e o grupo de lideranças decidiram que até o dia 30 de junho não haverá qualquer deliberação do Congresso sobre um possível adiamento das eleições 2020. A ideia dos parlamentares é aguardar o ritmo da pandemia do coronavírus. Só se fala em adiamento em julho, ficou combinado.

Foto: Agência Senado
  -  

Senador cearense tenta apoio para projeto que tenta dar autonomia a Polícia Federal

O senador cearense Eduardo Girão (Podemos) apresentou uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que tenta dar autonomia à Polícia Federal, com a nomeação do diretor-geral a partir de lista tríplice. “Espero contar com apoio de vocês para que a gente possa votar isso o mais rápido possivel”, disse, na sessão que votou socorro aos estados no último sábado.

  -  

Senado aprova ampliação do auxílio emergencial a trabalhadores; emenda de Tasso inclui taxistas

“Com essa ampliação, estamos atendendo os taxistas e outros trabalhadores que se encontram em situação difícil nesse momento de crise no Brasil”.

Senador Tasso Jereissati (PSDB), ao comentar aprovação no Senado da proposta que amplia a outras categorias o auxílio emergencial pago a trabalhadores informas na pandemia. O texto segue para sanção presidencial.

Foto: Agência Senado