Roberto Pessoa cobra mais rigidez na fiscalização de prédios no Ceará

“Além de sensibilizados pela dor e pelo susto, precisamos cobrar das autoridades e dos órgãos fiscalizadores, um olhar mais rígido das obras e das edificações da nossa capital e do nosso Ceará como um todo”.

Deputado federal Roberto Pessoa (PSDB) em relação ao prédio que desabou em Fortaleza.

PEC Paralela da Previdência entra em discussão na CCJ na próxima semana

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado vai realizar, na próxima quarta (16), audiência pública para debater a PEC paralela da Previdência. O texto, que tem como relator o senador Tasso Jereissati (PSDB), define a inclusão de estados e municípios nas novas regras da Previdência Social.

Foto: Fabiane de Paula

Ex-deputado cearense atua em núcleo tucano que faz proposta para o Pacto Federativo

Quem deu uma passadinha rápida pela reunião de ontem (8) da bancada federal cearense foi o ex-deputado Raimundo Gomes de Matos. Ele está atuando em um grupo de parlamentares do PSDB nas modificações do Pacto Federativo. O ex-deputado cearense chegou a ser nomeado para cargo no governo federal, mas saiu em maio e aguarda recolocação.

Foto: Kid Júnior

“Língua frouxa”, diz Tasso sobre Ciro em tom de brincadeira na Assembleia

“Um dos políticos mais inteligentes que eu conheci. Tem a língua frouxa, de vez em quando, mas isso acontece nas melhores famílias de Sobral e da Inglaterra”.

Tasso Jereissati (PSDB), ao se referir a Ciro Gomes, com quem divide a mesa, hoje, em evento de 30 anos da Constituição Estadual. A plateia riu. E Ciro também.

Foto: José Leomar

Evento com Tasso e Ciro levanta novas especulações sobre reaproximação política

O evento da Assembleia com os ex-governadores Ciro Gomes (PDT) e Tasso Jereissati (PSDB), na próxima segunda (7), volta a movimentar os bastidores da política cearense. Será a 2ª vez, neste ano, que os dois, que já foram aliados, mas estão em grupos opostos, estarão juntos em público. “Isso já não é paquera, é namoro”, disse um deputado.

Foto: Fabiane de Paula

PSDB reúne pré-candidatos para traçar estratégias com foco nas Eleições 2020

O PSDB vai reunir, em Fortaleza, na próxima quinta e sexta, 50 lideranças do partido no Estado, entre vereadores, deputados e pré-candidatos a vereador e a prefeito da Capital e da Região Metropolitana. O Instituto Teotônio Vilela, que organiza o encontro, vai apresentar as estratégias do partido para as eleições de 2020 e já preparar os nomes.

Foto: Fernanda Siebra

Ex-deputado cearense segue na fila de espera para reassumir cargo no Governo Federal

O ex-deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) ainda espera ser realocado para um cargo no Governo Federal. O tucano foi nomeado, em fevereiro, como Secretário Nacional de Inclusão Social e Produtividade Urbana, do Ministério da Cidadania, mas perdeu o posto desde que a MP da reestruturação foi votada, em maio, e até agora não foi readmitido.

Foto: Reprodução/Facebook

Tasso recebe homenagem 30 anos depois da construção da Praça dos Romeiros, em Canindé

O senador Tasso Jereissati (PSDB) recebeu ontem o troféu Artesão da Paz, no Santuário São Francisco das Chagas, em Canindé. Há 30 anos, quando governador, Tasso inaugurou a Praça dos Romeiros, junto a Dom Aloisio Lorscheider. Foi Lorscheider quem sugeriu que, em meio à seca, o Governo oferecesse trabalho e dinheiro ao povo com a construção da praça.

Senado discute uso medicinal da maconha; Girão é contra a proposta

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou, ontem, sugestão legislativa (SUG 6/2016) que propõe norma para uso medicinal da maconha (cannabis). Na sessão, houve embate entre o senador cearense Eduardo Girão (PODE), contrário à proposta, e a senadora Mara Gabrilli (PSDB/SP) que faz uso para tratamento.  A matéria vai tramitar no como projeto de lei.

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Apenas uma emenda é aprovada por Tasso na Reforma da Previdência; conheça

A única emenda aprovada pelo senador Tasso Jereissati (PSDB), de um total de 78, melhora o cálculo de proventos de servidores públicos que têm remuneração ativa variável (salário + recompensas). A proposta é do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Na terça (24), haverá sessão extraordinária na CCJ para discutir e votar o relatório da Reforma da Previdência.