-  

Heitor Freire propõe oferecimento de crédito como ajuda financeira para pequenos negócios

Entrevistado pelo PontoPoder Eleições, Heitor Freire (PSL) detalhou o programa “Fortaleza agora vai”, em que pretende fornecer ajuda financeira para pequenos negócios. “Vai ajudar o comerciante a ter dinheiro no bolso”, ressaltou. Ele sustentou que a arrecadação do Município fornece verba suficiente, mas acrescentou que pretende diminuir impostos municipais.

Foto: Kid Júnior
  -  

Entrevistado do PontoPoder Eleições, Heitor Freire associa indecisão à “decepção” do eleitor com a política

Heitor Freire (PSL) associou o alto número de eleitores ainda indecisos quanto ao voto em novembro à decepção com a atual política. “O fortalezense está muito decepcionado”. Freire é o entrevistado desta terça (20) do PontoPoder Eleições, a partir das 21h55. O candidato aproveitou para ressaltar que  “é o único candidato conservador” em Fortaleza.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

“Nem bolsonarismo, nem hegemonismo, nem retrovisor”, alfineta Renato Roseno sobre adversários

“Quero convidar as pessoas a iniciar um novo ciclo político para Fortaleza, que nem seja do bolsonarismo nem do hegemonismo nem do retrovisor, do ‘de volta ao passado’. Nós precisamos arrancar ao futuro agora”.

Renato Roseno (Psol) alfinetou adversários. Ele afirmou, contudo, que o “adversário central” é a “violência política vinda do bolsonarismo”.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Renda básica: Renato Roseno propõe fontes de recursos para programa de transferência de renda

Em entrevista ao PontoPoder Eleições, Renato Roseno (Psol) detalhou proposta de renda básica na Capital. Ele explicou que pretende utilizar duas fontes de recursos para um programa de transferência de renda: operações de crédito e a arrecadação do Município. Roseno ressaltou ainda a importância da renda básica para o estímulo ao comércio local.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Entrevistado do PontoPoder Eleições desta segunda (19), Renato Roseno critica desigualdade do sistema eleitoral

Renato Roseno (Psol) é o entrevistado desta segunda-feira (19) do PontoPoder Eleições, que começa mais cedo, às 21h49. O candidato chegou aos estúdios do Sistema Verdes Mares e avaliou a campanha na Capital. “O sistema eleitoral é um sistema muito desigual“, criticou. Ele explica que compensa o pouco tempo de TV com a campanha na internet  e militância nas ruas.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

“Eu não vou comentar o que o governador diz”, afirma Luizianne sobre parceria política entre Camilo e PDT

“Eu tenho tão pouco tempo para dizer tanta coisa que eu fiz e o tanto que vou fazer, que não vou comentar o que o governador diz. O que eu posso dizer é que se ele tem uma parceria política e administrativa com o Sarto, eu tenho parceria política partidária (com Camilo)”.

Luizianne Lins (PT), comentando declaração de Camilo Santana (PT) sobre Sarto Nogueira (PDT) ser “um grande parceiro”.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Luizianne Lins propõe plano emergencial para fortalecer a economia local no pós-pandemia

Em entrevista ao PontoPoder Eleições, Luizianne Lins (PT) defendeu a criação de um plano emergencial de seis meses focado em fortalecer a economia local na Capital. “Queremos ajudar a micro, a pequena e a média empresa”, ressaltou a candidata. Ela lembrou ainda algumas ações realizadas durante os anos à frente do Executivo, como programas de microcrédito.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Entrevistada do PontoPoder Eleições desta sexta (16), Luizianne Lins afirma que “a vontade do povo” irá levá-la para segundo turno

Candidata do PT, Luizianne Lins é a entrevistada desta sexta-feira (16) no PontoPoder Eleições, às 21h55 na TV Diário. A petista chegou nos estúdios do Sistema Verdes Mares e falou sobre os dois principais concorrentes: Capitão Wagner (Pros) e Sarto Nogueira (PDT). “Não adianta ter estrutura partidária se (a candidatura) não corresponde a vontade do povo”, alfinetou.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

“Ter esse aporte do gestão federal é essencial para qualquer prefeito”, diz Wagner sobre apoio de Bolsonaro

“Ter o apoio do presidente da República é importante para viabilizar recursos, convênios. Ter esse aporte do gestão federal é essencial para qualquer prefeito. É de Brasília que vem a maior parte dos recursos para gerenciar a cidade de Fortaleza”.

Capitão Wagner (Pros) acrescentou ainda que o apoio do presidente Jair Bolsonaro é recebido “de bom grado”.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Anízio Melo defende ampliação de investimentos em educação e mais vagas de creches na Capital

“Hoje, Fortaleza só aplica 26% (em educação). Precisamos aumentar essa aplicação para, no mínimo, 30%. Esses recursos (precisam ser) canalizados para garantir desde a creche, passando pela educação infantil, ensino fundamental”.

Anízio Melo, candidato do PCdoB, em entrevista ao PontoPoder Eleições. Ele também propôs a construção de 36 novas creches e passe livre para estudantes em situação de vulnerabilidade.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Anízio Melo propõe criação de ‘Cinturão de Saúde’ da Região Metropolitana e critica OSs

Anízio Melo (PCdoB) falou sobre a proposta, que consta no seu plano de governo, de criação do Cinturão de Saúde da Região Metropolitana. Ele enfatizou a importância da parceria com outras Prefeituras, mas não detalhou como seria feito esse acordo. O candidato também criticou as OS’s, que fazem a gestão de unidades de Saúde da Capital.

Foto: Thiago Gadelha