-  

Horário Eleitoral do 2º turno em Caucaia começa a partir de sexta (20)

O TRE-CE definiu hoje (19) o Horário Eleitoral Gratuito do 2º turno para Caucaia. A propaganda começa dia 20 e segue até 27 de novembro. No rádio, ela será exibida diariamente das 7h às 7h10 e depois das 12h às 12h10. Já na televisão, a transmissão ocorrerá das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. No 2ºturno, o tempo é dividido igualmente entre os candidatos.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Prefeito eleito em Martinópole tem registro indeferido pelo TSE

O prefeito eleito em Martinópole, James Bel (PP), teve o registro de candidatura indeferido pelo TSE. Segundo a decisão do min. Alexandre de Morais, ele se tornou inelegível ao ser demitido do cargo de professor da rede municipal, após processo administrativo por abandono de emprego. O TRE-CE havia deferido o registro, mas o MPE entrou com recurso. James Bel vai recorrer da decisão.

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE
  -  

TRE decide solicitar apoio de forças federais para o 2º turno em Fortaleza e Caucaia

O Pleno do TRE-CE aprovou hoje (17) o envio do pedido de forças federais ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o segundo turno em Fortaleza e Caucaia. O Ministério Público Federal do Ceará também foi favorável ao pedido.  No primeiro turno, as forças armadas atuaram em 11 municípios do Estado. Em Caucaia, também houve auxílio da Força Nacional.

Foto: José Leomar
  -  

Após fazer carreata no Centro de Sobral, Ivo Gomes é multado pela Justiça Eleitoral

Horas após circular por Sobral acompanhado de apoiadores, Ivo Gomes (PDT) foi multado pela Justiça Eleitoral. O pedetista terá de pagar R$ 250 mil, com possibilidade de aumentar em R$ 1 mil para cada pessoa presente no ato realizado neste sábado (14). A decisão é do juiz eleitoral Elison Pacheco Oliveira. O candidato terá dois dias para se defender.

  -  

Justiça Eleitoral determina suspensão de programação de rádio no Crato por conteúdo ofensivo contra candidato

O juiz da 27ª zona eleitoral do Ceará, José Batista de Andrade, determinou a suspensão da programação de uma rádio no Crato por 24 horas, após a veiculação de conteúdo “tendencioso” e “ofensivo” contra um candidato da cidade. Para a Justiça Eleitoral, a programação poderia influenciar indevidamente a opinião do eleitor.

  -  

Justiça Eleitoral começa a distribuição de urnas em Sobral

Desde 6 horas, as urnas que serão usadas nas eleições deste domingo (15) em Sobral começaram a ser distribuídas. Ao todo, o município tem 374 sessões distribuídas em 96 locais de votação. O Fórum Eleitoral da cidade também enviou urnas para os municípios de Alcântaras, Meruoca e Forquilha.

  -  

Eleições vão custar R$ 18,4 milhões aos cofres públicos no Ceará

As Eleições 2020 no Ceará vão custar R$ 18,4 milhões aos cofres públicos, gastos principalmente com mesários, técnicos de urna, serviço gerais, distribuição de urnas e veículos. Ao todo, no Estado, cerca de 110 mil pessoas estarão envolvidas em todo o processo eleitoral, para que tudo corra bem e todos votem com tranquilidade.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Pelo menos 22 municípios cearenses disciplinam consumo de bebida alcóolica no dia da votação

Em pelo menos 22 municípios deve ser suspensa a venda de bebidas alcóolicas a partir das 0 horas do domingo (15). A decisão foi tomada pelos juízes eleitorais de cada localidade. A suspensão deve valer até, pelo menos, às 17 horas. Outras cidades ainda podem enviar portarias tratando do assunto. Em Fortaleza, a questão ainda não foi definida.

Foto: Adriana Pimentel
  -  

Covid-19: Justiça Eleitoral do Ceará faz recomendações ao eleitor para o dia da votação

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) pede que no próximo domingo (15) os eleitores levem ao local de votação um documento com foto, usem máscaras de proteção, levem a própria caneta, e cumpra o distanciamento social que é de no mínimo um metro. O horário de votação é das 7h às 17h, com horário preferencial das 7h às 10h.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Ação contra crime eleitoral em Barbalha teve um homem detido, segundo Polícia Federal

A Polícia Federal informou na noite desta segunda-feira (9) que a operação em Barbalha contra crimes eleitorais resultou na detenção de um homem. Ele estava com dinheiro e santinhos de candidatos no momento da abordagem. O homem detido foi liberado após esclarecimentos. Anteriormente, a Delegacia de Barbalha havia informado a prisão de três homens.

  -  

Justiça multa em R$ 50 mil candidatos de Ipueiras que realizaram atos com aglomeração

O candidato à Prefeitura de Ipueiras Raimundo Sampaio (Neném do Cazuza), do PDT, e sua vice Renya Martins (PSB), foram multados em R$ 50 mil após descumprir decisão da Justiça Eleitoral e promover ato político com aglomeração. Depois disso, a multa para os candidatos que insistirem na promoção de aglomerações dobrou de valor, sendo cobrado R$ 100 mil.

Foto: Divulgação/Facebook
  -  

Candidatos de Poranga podem pagar multa de R$ 50 mil caso promovam aglomerações, decide Justiça

Após decisão judicial, os candidatos do município de Poranga que promoverem atos com aglomerações de mais de 100 pessoas estão sujeitos à multa de R$ 50 mil. Os postulantes devem, ainda, comunicar à Polícia, à Justiça Eleitoral e à Vigilância Sanitária, com 72h de antecedência, informações sobre os atos, como local, data e tipo de aparelhagem de som.

Foto: Cid Barbosa
  -  

Assista em tempo real ao PontoPoder Eleições

O programa PontoPoder Eleições traz nesta segunda-feira (2) reportagem sobre candidaturas na mira da Justiça Eleitoral, análise de especialistas sobre decisões judiciais para coibir aglomerações na reta final da campanha e ocorrências de desrespeito às regras sanitárias em atos no interior do Estado. O programa começa às 21h55, na TV Diário.

  -  

Justiça Eleitoral proíbe que Luizianne Lins afirme que construiu policlínicas

A Justiça Eleitoral proibiu, nesse domingo (1º), que a candidata Luizianne Lins (PT) veicule propaganda em que afirma ter construídos cinco policlínicas em Fortaleza. A decisão aponta que, na verdade, as unidades de saúde construídas durante a gestão da petista foram postos de saúde de primeiro atendimento.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Ponto Poder Análise: com medidas mais enérgicas do MP e da Justiça, aglomerações terão fim?

A Justiça Eleitoral agiu de forma mais enérgica para tentar conter os atos com desrespeito às normas sanitárias. Estipulou multas para candidatos na Capital, obrigando-os a informarem seus militantes sobre as regras. Em Juazeiro estão também proibidos atos com aglomerações. A reta final da campanha, ao que tudo indica, deve ser de mais rigor. Leia mais.

  -  

Juazeiro do Norte: Atos de campanha com aglomeração podem ser multados em R$ 50 mil, decide Justiça Eleitoral

A Justiça Eleitoral determinou a suspensão de eventos de campanha com aglomeração de pessoas em Juazeiro do Norte. Estão proibidos atos “com aglomerações e atividades coletivas de propaganda eleitoral”, como comícios, carreatas, caminhadas e bandeiraços. O descumprimento acarretará em multa de R$ 50 mil para o candidato. Caso seja chapa majoritária, o vice será multado no mesmo valor.

  -  

63 candidatos têm pendências na Justiça, e 27 estão fora da disputa no Ceará

A duas semanas das eleições, 63 candidaturas a prefeito no Ceará são questionadas, seja pela análise da Justiça seja por manifestação de oponentes. Dos 27 candidatos que já não irão mais concorrer, 20 apresentaram renúncia e um foi cancelado. Nos indeferimentos, dois ocorreram em razão da Lei da Ficha Limpa. Leia aqui.

Foto: JL Rosa
  -  

Evento político com aglomeração em Fortaleza pode ser multado em R$ 50 mil, decide Justiça

A Justiça Eleitoral acatou pedido do MPCE e determinou hoje (31) que partidos e coligações podem ser multados em R$ 50 mil por evento que gere aglomeração em Fortaleza. Os atos de campanha deverão ser avisados aos órgãos de controle com antecedência de 24h. Também há multa pela ausência do aviso aos órgãos (R$ 20 mil) e aos eleitores (R$ 10 mil).

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Justiça condena candidato em Tamboril a pagar multa de R$ 100 mil por aglomerações

A Justiça condenou hoje (31) o candidato à reeleição em Tamboril, Pedro Calisto (MDB), a pagar multa por promover aglomerações em eventos de campanha. Reincidentes no descumprimento da medida sanitária, o prefeito e a coligação têm trinta dias para pagar multa de R$ 100 mil em referência a dois eventos na cidade, nos dias 26 e 28 de outubro.

Foto: Reprodução/Facebook
  -  

Justiça proíbe que coligações de Caririaçu realizem atos que gerem aglomerações

A Justiça Eleitoral determinou, na sexta-feira (23), que as coligações do município de Caririaçu abstenham-se de promover aglomerações em atos eleitoral. Caso descumpram a decisão, as coligações serão multadas em R$ 50 mil. Os partidos também devem, em até 24 horas, fazer a publicidade das medidas prevenção à Covid-19 a todos os seus militantes.