-  

Candidato à reeleição, prefeito de Paraipaba é afastado do cargo após operação

Candidato à reeleição, o prefeito de Paraipaba, Dimitri Batista (PDT), foi afastado do cargo por decisão judicial nesta quarta (7). A sentença é em ação proposta pelo Ministério Público Estadual que investiga suposta fraude em contrato da Prefeitura com um escritório de advocacia de Recife. A investigação envolveria um contrato com a ANP.

Foto: Divulgação
  -  

Após falsos médicos, vereadores de Baturité aprovam abertura de CPI da saúde

A Câmara Municipal de Baturité aprovou por unanimidade a abertura de uma CPI para investigar a gestão municipal da saúde. A decisão do parlamento ocorre depois do afastamento de médicos falsos atuando em uma UPA do município. Logo após a denúncia, a secretária de saúde deixou o cargo. Presente na sessão, o prefeito Assis Arruda vinculou a CPI à disputa eleitoral.

  -  

Câmara de Sobral vai criar Comissão de Ética que deve cassar vereador

Vereadores sobralenses irão instalar uma Comissão de Ética temporária na Câmara que deve cassar o mandato do vereador Romário Araújo (SD) — preso acusado de estelionato e crime contra o patrimônio. Os integrantes do colegiado devem ser sorteados. Há consenso para a investigação e cassação. A Casa rejeitou ação externa por receios de questionamentos judiciais.

  -  

Ministério Público investiga fraude em licitações em Limoeiro do Norte

O Ministério Público Estadual, com apoio da Polícia Civil, cumpriu, nesta manhã (15), mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Estadual em investigação contra fraude em licitações em Limoeiro do Norte. Quatro empresas são investigadas. A fase inicial da investigação não envolve agentes públicos.