Advogado com prisão temporária na Operação Tritão vai ficar em Fortaleza

Vai ficar preso em Fortaleza o advogado Gabriel Eufrásio, alvo da Operação Tritão, da Polícia Federal, sobre fraude no Porto de Santos. Na Capital, a operação começou às 6h10 com cumprimento de mandado de busca e apreensão no apartamento dele. Às 8h30, foi encaminhado à sede da PF e o depoimento durou até 10h30. A prisão é temporária: 5 dias.