-  

Mandato coletivo envia ofício à Prefeitura pedindo suspensão do Enem em Fortaleza

O mandato coletivo Nossa Cara (Psol), formado por Adriana Gerônimo, Lila Salú e Louise Santana, enviou ofício ao prefeito Sarto Nogueira (PDT) pedindo a suspensão da aplicação do Enem na Capital. A ação faz parte de mobilização nacional, sob o argumento de que entendimento do STF garante a governadores e prefeitos autonomia para adotar medidas de combate à Covid-19.

  -  

Em ofício, comissão de Educação da AL-CE solicita novo adiamento do Enem 2020

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Ceará formalizou, nesta quarta-feira (13), ofício para o Ministério da Educação solicitando o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020. A prova está marcada para os dias 17 e 24 de janeiro. Entre os motivos para o pedido, está o aumento no número de casos de Covid-19 no país.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Deputado cearense apresenta ofício ao MEC em defesa da adiamento do Enem

O deputado federal Denis Bezerra (PSB) enviou ofício para o ministro da Educação, Milton Ribeiro, solicitando a reavaliação do cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O exame está previsto para os dias 17 e 24 de janeiro. No documento, Bezerra afirma que a realização da prova “é irresponsável” e “servirá para acentuar desigualdades”.

  -  

Comissão de Educação da Assembleia repudia posição do MEC sobre manutenção do cronograma do Enem

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa repudiou, hoje, a decisão do Ministério da Educação (MEC) de manter as datas das provas do Enem para novembro. Para a Comissão, presidida pelo deputado Queiroz Filho (PDT), a decisão amplia as desigualdades no processo seletivo, já que um terço da população brasileira não tem acesso à internet.

Foto: Divulgação/Assembleia Legislativa