-  

“Ditadura nunca mais”: Vereadores de Fortaleza repudiam celebração do golpe de 1964

A celebração do golpe de 1964 por parte do Governo Federal foi repudiada na sessão virtual desta quarta-feira (31) na Câmara Municipal de Fortaleza. Larissa Gaspar (PT) chamou o período de “nefasto” e condenou falas de Jair Bolsonaro, como a de que o regime deveria ter matado “uns 30 mil”. Já Gabriel Aguiar (Psol) lembrou o pai torturado e disse: “Ditadura nunca mais!“.

Foto: Reprodução
  -  

“É repugnante”, diz Camilo Santana sobre a fala de Eduardo Bolsonaro

O governador Camilo Santana (PT) reagiu, na tarde de hoje (31) à declaração do filho do presidente Jair Bolsonaro, deputado Eduardo Bolsonaro, que que poderia estar por vir um “novo AI-5”. Para Camilo, a fala do parlamentar é “repugnante”. Por meio das redes sociais, ele encerrou: “respeitem nosso País”.

Foto: José Leomar