-  

Após tragédia, Acrísio Sena prepara projeto que cria Política Estadual de Inspeção Predial

O deputado Acrísio Sena (PT), autor da lei aprovada na Câmara de Fortaleza, que criou a Lei de Inspeção Predial, prepara um projeto na Assembleia para estabelecer uma política estadual de inspeção nos imóveis. Ele deve protocolar a proposta nos próximos dias. O edifício Andrea foi o segundo a desabar na Capital neste ano.

  -  

Na retomada da agenda política, Camilo Santana recebe deputados federais; estaduais estão na fila

Depois do desabamento do Edifício Andrea, o governador Camilo Santana (PT) retomou a agenda política. Após o acordo para a divisão dos valores das emendas de bancada, ele recebeu deputados federais da base aliada. Na Assembleia, deputados também esperam ser recebidos no Palácio da Abolição.

  -  

Câmara: deputado cearense protocola projeto para endurecer fiscalização predial

Após o desabamento do Edifício Andrea, em Fortaleza, que causou nove mortes, o deputado André Figueiredo (PDT) protocolou, hoje (21), na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 5581/19 que prevê ações preventivas e determina a fiscalização das edificações. No Senado, há projeto semelhante, já aprovado pela Câmara, mas que aguarda análise da CCJ.

  -  

Vereadores suspendem sessão na Câmara de Fortaleza em solidariedade aos mortos no desabamento

Após a divulgação da segunda morte no desabamento do edifício Andrea, os vereadores de Fortaleza decidiram suspender, novamente, a sessão, na Câmara Municipal, desta quarta (16). Ontem (15), os trabalhos no plenário foram cancelados. Assessores da Câmara comentam que a sessão de amanhã (17) deve ser suspensa também.

  -  

Roberto Pessoa cobra mais rigidez na fiscalização de prédios no Ceará

“Além de sensibilizados pela dor e pelo susto, precisamos cobrar das autoridades e dos órgãos fiscalizadores, um olhar mais rígido das obras e das edificações da nossa capital e do nosso Ceará como um todo”.

Deputado federal Roberto Pessoa (PSDB) em relação ao prédio que desabou em Fortaleza.

  -  

Bancada federal do Ceará leva tragédia do desabamento de prédio ao plenário da Câmara

Em Brasília, deputados federais do Ceará repercutiram no plenário da Câmara, o desabamento do prédio residencial em Fortaleza. André Figueiredo (PDT) foi o primeiro a discursar. “Queria manifestar a minha solidariedade a todos que estão envolvidos na tragédia em Fortaleza, nossas orações e que tudo ocorra bem”, disse.

  -  

“O momento é de resgate às vítimas”, diz Roberto Cláudio ao chegar ao local do desabamento

O prefeito Roberto Cláudio já está no local do desabamento, acompanhando os trabalhos de resgate das vítimas. O chefe do Executivo, em sua primeira declaração à imprensa disse apenas que “o momento é de resgate às vítimas“.

  -  

Informação de que o prédio que desabou era habitado causou surpresa e consternação na Assembleia

No momento do desabamento do prédio no bairro Dionísio Torres, a sessão da Assembleia estava em andamento. Inicialmente, os poucos deputados presentes seguiram os trabalhos por achar que se tratava de um prédio abandonado. Quando houve a confirmação de que o edifício era habitado, houve consternação geral. O presidente Sarto, que não estava em plenário, desceu para suspender a sessão.

  -  

Governador cancela agendas em Brasília e volta para acompanhar trabalho de resgate no prédio desabado

O governador Camilo Santana (PT), que cumpria agenda hoje (15) em Brasília, cancelou os compromissos, inclusive a reunião com a bancada federal cearense para tratar das emendas ao orçamento. O governador está voltando imediatamente a Fortaleza para acompanhar os trabalhos de resgate no prédio desabado.

Foto: José Leomar