-  

Prefeito de Guaraciaba do Norte nega ter furado a fila da vacinação: “estou na linha de frente e sou grupo de risco”

Alvo de ação do MPF, o prefeito de Guaraciaba do Norte, Adail Machado (MDB), nega que tenha furado a fila da vacinação contra a Covid-19. “Sou médico, cirurgião e estou na linha de frente, no hospital municipal. Eu também sou cardiopata. Encaminhei todas essas justificativas, laudos e fotos ao MPF”, argumenta.

  -  

Justiça Eleitoral mantém condenação de candidatos por aglomerações durante as eleições em Baturité

Candidatos derrotados nas eleições municipais de Baturité, Ivo Júnior (PSB) e seu vice, Hermenegildo Ferreira (PSB), tiveram  condenação mantida pela Justiça Eleitoral do Ceará. Cada um deles foi multado em R$ 100 mil por promover aglomeração nas últimas eleições, em meio à pandemia. Investigações apontam que a dupla realizou um comício na cidade.

  -  

Deputados devem votar projeto de Capitão Wagner que cria nova loteria e destina recursos para a Saúde

O Brasil poderá ter uma nova modalidade de loteria a partir de uma proposta do deputado cearense Capitão Wagner (Pros). Em pauta para votação nesta semana, do projeto de lei 1561/20, de autoria do parlamentar, cria a “Loteria da Saúde”. A ideia é que o sorteio arrecade recursos para o SUS e, excepcionalmente, para as ações de combate à pandemia.

  -  

Deputado cearense quer quebra de patentes de vacinas contra a Covid-19

Projeto de lei de Célio Studart (PV) na Câmara dos Deputados prevê quebra de patentes para as vacinas contra a Covid-19, que permitiria ao Brasil o descumprimento do Acordo sobre os Aspectos dos Direitos de Propriedade Intelectual Relacionados ao Comércio (ADPIC). O deputado federal argumenta que a medida ajudaria a acelerar a campanha de imunização contra a doença no País.

Foto: Agência Câmara
  -  

“Passado o luto, vamos priorizar a saúde”, diz vice-prefeito de Palhano após morte do prefeito

O vice-prefeito de Palhano, Chico do Joaquinzinho (PTB), lamentou a morte do prefeito, Dinho Nunes. “A cidade está de luto. Passado o luto, vamos priorizar a saúde”, disse. Dinho estava internado há 25 dias em Quixeramobim. “A rotina dele era trabalho. Andava muito em Fortaleza atrás de recursos, e acho que, nessas idas, contraiu Covid pela 2ª vez”, disse.

Foto: Divulgação
  -  

“Assusta e nos enche de tristeza”, diz José Guimarães sobre a morte do prefeito de Palhano

O deputado federal e vice-presidente do PT nacional, José Guimarães (PT), lamentou a morte do prefeito de Palhano, Ivanildo Nunes, seu correligionário. “A notícia da partida do companheiro Dinho, prefeito de Palhano, assusta e nos enche de tristeza. Perdemos um homem íntegro, completamente comprometido com o povo de sua cidade”, disse

  -  

Governador Camilo Santana lamenta morte do prefeito de Palhano

Camilo Santana (PT) usou as redes sociais para lamentar a morte do prefeito de Palhano: “Mais uma perda para a Covid neste sábado. Dessa vez do prefeito de Palhano, Dinho Nunes. Ele estava em seu segundo mandato (consecutivo), tendo realizado importantes parcerias com o Estado para melhorar a qualidade de vida dos moradores da cidade”, escreveu.

Foto: Divulgação
  -  

Prefeito de Palhano, Ivanildo Nunes, morre vítima da Covid-19

O prefeito de Palhano, Ivanildo Nunes (PT), morreu na madrugada deste sábado (2) vítima da Covid-19. Conhecido como Dinho do Zé do Honório, ele estava no terceiro mandato. Em nota de pesar, a Prefeitura anunciou luto oficial pela “valiosa contribuição à comunidade palhanense no decorrer de sua vida como cidadão e prefeito desta municipalidade”.

  -  

José Sarto será vacinado contra Covid-19 neste sábado

Através das redes sociais, nesta sexta-feira (2), o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), informou que, com avanço da vacinação para a população de 62 anos na Capital, tomará a dose do imunizante neste sábado (3). “Vocês sabem, ano passado contraí a Covid-19 e passei por momentos difíceis, lutando contra essa doença”, lembrou o gestor.

  -  

Aliados de Bolsonaro no Ceará se unem para acompanhar chegada de vacina já questionada pelo presidente

Aliados de Jair Bolsonaro acompanharam a chegada de mais um lote de vacinas contra a Covid-19 ao Ceará, nesta quinta (1º): o vereador Carmelo Neto (Rep) e os deputados Capitão Wagner (Pros), Soldado Noelio (Pros), Delegado Cavalcante (PSL) e André Fernandes (Rep). Meses atrás, eles seguiam discurso do presidente, que questionava a eficácia da CoronaVac.

  -  

Simec se diz “apartidário”, defende autonomia e aponta “má fé” na reivindicação de coletivo de médicos

O Sindicato dos Médicos do Ceará publicou nota em resposta ao manifesto. O Simec elencou ações em prol da categoria na pandemia e se disse “apartidário e independente” politicamente. Quanto à defesa do “tratamento precoce”, apontou “má fé” nos argumentos. “O que o Sindicato defende é a autonomia médica, garantia constitucional inviolável”, diz a nota.

Foto: Antônio Rodrigues
  -  

Mais de mil médicos no Ceará pedem que sindicato mude postura em relação à pandemia

Um grupo de 1.113 médicos do Ceará enviou ofício ao Sindicato dos Médicos pedindo mudança de postura na pandemia. O manifesto do coletivo Médicos em Defesa da Vida, da Ciência e do SUS critica a entidade por se “alinhar cegamente ao Governo Federal” e defender “tratamento precoce“, “mesmo diante de um projeto que levou o País à marca de 300 mil mortes”.

  -  

Prefeito de Jaguaruana adere à iniciativa de outros gestores e doa salário para compra de cestas básicas

O prefeito de Jaguaruana, Elias Oliveira (PCdoB), anunciou nesta quinta-feira (1º) a destinação do seu salário do mês de abril à aquisição de cestas básicas a serem entregues a famílias de baixa renda. Outras 2.200 cestas básicas serão distribuídas pela gestão municipal. Em meio ao lockdown, ao menos outros cinco prefeitos cearenses também doaram salários para a compra de alimentos.

Foto: Reprodução
  -  

Camilo Santana critica ausência de representação estadual e municipal no Comitê contra a Covid-19

Criado pelo Governo Federal, o Comitê Nacional de Crise contra a Covid-19 foi criticado por Camilo Santana (PT). Segundo ele, o grupo  carece de representantes dos estados e municípios. “Estamos na pandemia sem coordenação nacional, debate, orientação ou discussão das medidas. Ao contrário, o Governo sempre vai contra as decisões”, disse à CNN.

  -  

“Um ataque não somente ao cidadão, mas a toda a sociedade”, reage Sarto após ameaça de morte a Camilo

“São inaceitáveis as ameaças de morte ao governador Camilo Santana, que representam um ataque não somente ao cidadão, mas a toda a sociedade e ao estado democrático de direito. Que o episódio seja investigado e os autores, responsabilizados”.

Prefeito José Sarto (PDT), que se solidarizou a Camilo Santana nas redes sociais na noite desta segunda-feira (29).

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Negacionistas e oportunistas serão julgados pela história, diz governador Camilo Santana

O governador Camilo Santana (PT) reafirmou hoje (27) que define as medidas sanitárias para o Ceará “unicamente para tentar salvar vidas” e disse ter a  “consciência em paz”. “Alguns negacionistas e oportunistas, que se preocupam unicamente com as próximas eleições (…) esses serão julgados pela história”, disse.

  -  

Ex-senador Eunício Oliveira é vacinado em Alexânia, no estado de Goiás

O ex-senador Eunício Oliveira (MDB) foi vacinado, neste sábado (27), contra a Covid-19. O emedebista esteve em um posto de vacinação no município de Alexânia (GO), onde já estão aplicando o imunizante em pessoas a partir de 62 anos. “Um sentimento de muita gratidão e de fé nos dias melhores que virão”, disse. “Vacina para todos já”, acrescentou.

  -  

Prefeitos pedem demissão de Ernesto Araújo após diplomacia brasileira dificultar acesso a vacinas

A Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) se manifestou contra a postura do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, de rejeitar a entrada do Brasil na Covax Facility, consórcio global de vacinas. “(A FNP) Clama para que o governo federal assuma sua responsabilidade, substitua o ministro e reverta a política externa desastrosa”, diz a nota.

Foto: Evaristo Sá/AFP
  -  

Governadores terão primeira reunião com novo ministro da Saúde ainda hoje

Os governadores brasileiros, entre ele Camilo Santana, terão, ainda nesta sexta (26), a primeira reunião com o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Nesta manhã, os gestores estaduais estão reunidos com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que levará as demandas dos estados ao comitê nacional de enfrentamento à covid-19.

  -  

Camilo Santana vai participar da primeira reunião do Comitê de Crise contra a Covid-19

O governador cearense Camilo Santana (PT) participará nesta sexta-feira (26), às 8 horas, de reunião do Comitê de Crise contra a Covid-19. O grupo de enfrentamento foi criado nesta semana pelo Governo Federal, após um ano da pandemia no País. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), comandará a reunião virtual com os governadores.

Foto: Divulgação