Foto: Natinho Rodrigues

Coordenador da bancada acredita em consenso nas emendas; reunião com Camilo é amanhã

Coordenador da bancada cearense no Congresso Nacional, o deputado Domingos Neto (PSD) acredita na formação de um consenso amanhã (14) na reunião dos parlamentares com o governador Camilo Santana sobre as emendas de bancada. São R$ 248 milhões em jogo. Domingos quer manter a metade com o Estado, mas os parlamentares indicando a prioridade.

André Costa quer que Congresso Nacional aprove lei bloqueando sinal de celular nos presídios

O secretário de segurança do Estado, André Costa, defende a aprovação de um projeto de lei no Congresso Nacional que determine o bloqueio do sinal de celular nos presídios do País. A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou em 2016 uma lei semelhante para os presídios cearenses, mas foi derrubada pelo STF.

Emendas: líder da bancada diz que acordo está perto e que deputados querem mais diálogo com o governo

Coordenador da Bancada Cearense no Congresso, o deputado Domingos Neto (PSD) diz que está próximo um acordo para a destinação dos recursos das emendas de bancada. A reunião com o governador na terça (15) é para aparar as arestas. A ideia do governo é sensibilizar para a necessidade de recursos para construção do hospital universitário.

Foto: Natinho Rodrigues

Governador vai a Brasília tentar acalmar os ânimos e resolver impasse sobre emendas

Na próxima terça (15), o governador Camilo Santana (PT) vai, pessoalmente, à reunião da bancada cearense em Brasília desatar os nós das emendas de bancada, que têm gerado divergências. O impasse é se o valor de R$ 248 milhões será reteado entre os 25 parlamentares ou se dividido a metade com o Estado, tese do governador. Há insatisfação na base.

Foto: Natinho Rodrigues

Deputados da base surpreendem o Palácio Abolição ao dificultar divisão do recurso de emendas

Na querela sobre o envio das emendas de bancada ao Orçamento Federal, alguns nomes da base governista surpreenderam o Palácio da Abolição ao colocarem-se contra a divisão com o Estado do valor de R$ 248 milhões: Idilvan Alencar (PDT), que se absteve, Zé Airton (PT) e AJ Albuquerque (PP), que foram contra. Articulação ainda está em curso.

Em clima de tensão, bancada cearense inicia reunião para tentar acordo sobre emendas de bancada

Começou há pouco a reunião da bancada cearense no Congresso Nacional, a portas fechadas. Os parlamentares tentam construir um consenso em torno da definição das emendas de bancada. O valor é de R$ 250 milhões e há grande divergência.

Bancada cearense se reúne para definir emendas ao Orçamento 2020

A bancada federal do Ceará, coordenada pelo deputado Domingos Neto (PSD), se reuniu hoje (2) pela manhã para definir as 18 emendas de bancada que serão destinadas ao Orçamento 2020. Os parlamentares tentam entrar em consenso sobre as prioridades e a divisão dos R$ 248 milhões. Uma das prioridades será a recuperação de rodovias.

Abuso de autoridade: PSL vai questionar no STF derrubada de vetos, diz vice-líder

O vice-lider do PSL na Câmara, o cearense Heitor Freire, disse que o partido vai ao STF após o Congresso Nacional derrubar 18 vetos à lei de abuso de autoridade. O PSL, segundo ele, irá entrar com Ação Direta de Inconstitucionalidade. “Isso foi uma retaliação daqueles que estão insatisfeitos com a Lava Jato”, disse.

Foto: Agência Senado

Tasso Jereissati deve ser o único cearense entre premiados por atuação parlamentar

O senador Tasso Jereissati (PSDB) é o único parlamentar do Ceará convidado para entrega do Prêmio Congresso em Foco, organizado pelo site especializado de mesmo nome. A premiação acontecerá amanhã (19), em Brasília, quando serão revelados os congressistas mais bem avaliados por júri especializado. É habitual que os convidados sejam os que receberão honrarias.

Foto: Câmara dos Deputados

Luizianne se torna titular na CPI Mista das Fake News

A deputada federal Luizianne Lins (PT) será titular na CPI Mista que vai investigar “fake news” e outros crimes cibernéticos. A petista foi indicada inicialmente como suplente. A comissão foi instalada hoje e tem também, como integrante do Ceará, o senador Eduardo Girão (Podemos). O presidente da CPI é o senador Angelo Coronel (PSD-BA).