-  

Filiado ao PP, deputado Apóstolo Luiz Henrique anuncia apoio a candidatura de Capitão Wagner

O deputado estadual Apóstolo Luiz Henrique (PP) anunciou apoio à candidatura de Capitão Wagner (Pros) para a Prefeitura de Fortaleza. O PP, partido de Luiz Henrique, integra a coligação de Sarto Nogueira (PDT). O parlamentar, segundo sua assessoria, comunicou a decisão ao partido, que compreendeu a posição. Apóstolo é líder de uma igreja na Capital.

Foto: José Leomar
  -  

Capitão Wagner diz que vai revogar Lei dos Alvarás e tornar taxa definitiva, mas precisará de apoio na Câmara

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), fez uma caminhada, nesta segunda (26), pela Granja Portugal. Ele disse que uma de suas primeiras medidas em uma futura gestão será revogar a Lei dos alvarás, que hoje é pago anualmente, e tornar a taxa definitiva. Para isso, precisará de apoio da Câmara, formada hoje por maioria governista.

  -  

Capitão Wagner quer “flexibilizar” regularização de empresas em Fortaleza e criar conselho econômico

Em visita à Granja Portugal, o candidato à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (Pros) disse que quer “flexibilizar” a regularização de empresas e estabelecer novas regras para a abertura de negócios. Questionado sobre as medidas, Wagner disse que vai criar um conselho econômico no gabinete para discutir medidas com o setor produtivo.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Justiça Eleitoral suspende propaganda de Sarto que acusa Capitão Wagner de participação em “motim da PM”

A Justiça Eleitoral suspendeu a propaganda da coligação de Sarto Nogueira (PDT) em que Capitão Wagner (Pros) é acusado de participação em “motim de um grupo de policias”. A decisão que determina a suspensão da peça publicitária ocorreu após pedido da coligação de Wagner, que alegou que a propaganda é “ofensiva à honra do seu candidato”.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Capitão Wagner conversa com trabalhadores no Montese e promete revitalizar corredor comercial do bairro

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), ouviu demandas de trabalhadores da Avenida Gomes de Matos e prometeu revitalizar o comércio da área. “Temos a missão de fazer com que todos esses corredores possam gerar emprego, renda e fazer com que novas empresas sejam abertas aqui”, disse.

Foto: Divulgação
  -  

Candidaturas de Fortaleza são as que mais gastam com impulsionamento de conteúdo no País

Os candidatos à Prefeitura de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT), Capitão Wagner (Pros) e Célio Studart (PV) lideram nacionalmente os gastos com impulsionamento de conteúdo no Facebook e no Instagram. Em 30 dias, entre 22 de setembro e 21 de outubro, o pedetista gastou R$ 393 mil. O candidato do Pros, R$ 216 mil. Já o representante do PV, R$ 122 mil

Foto: José Leomar/Fabiane de Paula/Thiago Gadelha
  -  

Capitão Wagner apresenta plano de governo atualizado à Justiça Eleitoral

Capitão Wagner (Pros) apresentou novo plano de governo nessa quinta-feira (22) à Justiça Eleitoral. O texto tem 29 páginas e é dividido em “pactos“. O primeiro inclui saúde, educação e desenvolvimento; o segundo tem economia, inovação e emprego; o terceiro, meio ambiente, mobilidade e infraestrutura; e o quarto tem governança, transparência e participação.

Foto: José Leomar
  -  

Candidato Capitão Wagner (Pros) propõe criação de clínicas para hipertensos e diabéticos

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), propôs a criação de clínicas para hipertensos e diabéticos. “Além das clínicas, vamos garantir que não vai faltar medicamentos para estas doenças”, disse. O candidato participou, nesta quinta-feira (22), de uma reunião com agentes comunitários de saúde e agentes de endemias.

  -  

Juíza decide retirar propaganda de Wagner que aponta repasse de R$ 43 milhões para o Ceará

A juíza Mirian Porto Mota Randal Pompeu decidiu retirar do ar propaganda da campanha de Capitão Wagner (Pros) que aponta o repasse de R$ 43 milhões para o Ceará. De acordo com o despacho, o deputado teria repassado, em emendas parlamentares, R$ 11 milhões entre 2019 e 2020. Em caso de descumprimento da medida, a multa é de R$ 5 mil.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Geraldo Luciano e Marcos Holanda entram para a coordenação de campanha de Capitão Wagner

A coordenação de campanha de Capitão Wagner (Pros), que já tinha a frente o senador Eduardo Girão (Podemos), teve mais dois acréscimos. O ex-presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, e o executivo Geraldo Luciano assumiram como coordenadores estratégicos. Geraldo Luciano chegou, inclusive, a ser pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo Novo.