Foto: Ricardo Mota

Ministério Público pede condenação de ex-presidente da Câmara Municipal de Maracanaú

O MPCE ajuizou Ação Civil Pública, no valor de R$ 5,5 mi, na quinta (6), por improbidade contra o ex-presidente da Câmara de Maracanaú Carlos Alberto Gomes de Matos e mais 11 comissionados por enriquecimento ilícito. Também é investigada “rachadinha” e esquema de “corretagem” que beneficiava servidores fantasmas na contagem de tempo até a aposentadoria.

Foto: Ricardo Mota

Ministério Público dá parecer contrário a novo habeas corpus do ex-presidente da Câmara de Maracanaú

A Procuradoria Geral de Justiça do Ceará deu parecer contrário ao pedido de habeas corpus em favor do ex-presidente da Câmara de Maracanaú, Carlos Alberto Gomes de Matos. O TJCE deve avaliar o parecer na quarta (11). O STJ já negou pedido de soltura. O vereador foi denunciado por peculato, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Foto: Ricardo Mota

STJ nega habeas corpus a ex-presidente da Câmara Municipal de Maracanaú

O ministro Jorge Mussi, do STJ, negou pedido de habeas corpus da defesa do ex-presidente da Câmara Municipal de Maracanaú, Carlos Alberto Gomes de Matos Mota, no último 11 de novembro. O STJ reiterou que há “fundadas razões para ter como certa a capacidade de reiteração criminosa” e a possibilidade de interferência na investigação do Ministério Público.

Foto: Ricardo Mota

Ex-presidente da Câmara de Maracanaú vira réu em caso de funcionários fantasmas

A Justiça recebeu denúncia do MPCE contra o ex-presidente da Câmara Municipal de Maracanaú Carlos Alberto Gomes de Matos Mota e mais 11 pessoas. O grupo foi denunciado por associação criminosa, peculato e lavagem de dinheiro. A denúncia é parte da “Operação Fantasma”, que investiga a existência de funcionários fantasmas e a prática de “rachadinha”.

Foto: Ricardo Mota

De cabelo raspado, presidente afastado da Câmara de Maracanaú está preso com outros vereadores

O presidente afastado da Câmara Municipal de Maracanaú, Carlos Alberto Gomes de Matos (DEM), está preso no Centro de Triagem e Observação Criminológica, em Aquiraz. Sem qualquer regalia. De uniforme e cabelo raspado. Segundo o seu advogado, José Raimundo, ele está bem e divide espaço com outros vereadores detidos.

Foto: Ricardo Mota

Presidente da Câmara Municipal de Maracanaú está preso em Fortaleza

Está preso na Delegacia de Capturas, em Fortaleza, o presidente da Câmara Municipal de Maracanaú, vereador Carlos Alberto Gomes de Matos Mota. Alvo de operação da Polícia Civil e do Ministério Público, ele se apresentou à Justiça na quarta (11). Segundo o advogado José Raimundo Andrade, ele passou por audiência de custódia e cumpre prisão preventiva.

Foto: Ricardo Mota

Presidente da Câmara Municipal é principal alvo de operação em Maracanaú

Policiais civis da inteligência, da Delegacia de Defraudações e o promotor Manoel Epaminondas Vasconcelos Costa cumprem mandados, neste momento, na Câmara Municipal de Maracanaú. O alvo principal é o presidente da Casa, vereador Carlos Alberto (DEM). Os trabalhos estão em andamento.

Ministério Público deflagra operação na Câmara Municipal de Maracanaú

O Ministério Público do Estado deflagrou, no início desta manhã, uma operação na Câmara Municipal de Maracanaú, região Metropolitana de Fortaleza. Viaturas da Polícia estão estacionadas em frente ao prédio do Legislativo Municipal. Mais detalhes em instantes.