Vereadores da base aliada tentam ‘virar a página’ após exoneração de secretário

Vereadores da base aliada tentaram colocar ‘panos quentes’, nesta quarta-feira (5), sobre o embate entre Márcio Cruz (PSD) e o ex-secretário municipal de Segurança, Antônio Azevedo. Isto ocorreu porque Carlos Mesquita (Pros) prestou solidariedade à Azevedo, o que irritou Márcio Cruz. Apesar de querer direito de resposta, Cruz acabou convencido a não alongar o assunto.

Deputado Carlos Felipe vive relação estremecida com o Governo do Estado dentro da base

A relação do deputado Carlos Felipe (PCdoB) com o Governo do Estado ficou meio estremecida depois de ter votado contra a reforma da Previdência do Estado no ano passado. Ele diz que seguiu a orientação do partido. A pergunta é: Carlos Felipe vai ser isolado na base aliada? Isso só o tempo dirá.

Camilo convoca base aliada para reunião sobre projeto de reestruturação salarial dos militares

O governador Camilo Santana convocou a base aliada na Assembleia Legislativa para uma reunião nessa terça (4), às 16h30, no Palácio da Abolição. O assunto: a proposta de reestruturação salarial dos profissionais de segurança do Estado. A proposta que está sendo apresentada pelo Estado não tem agradado parte da categoria, que promete mobilizações na Assembleia.

Foto: Helene Santos

Roberto Cláudio reúne vereadores da base aliada nesta segunda-feira para balanço de 2019

O prefeito Roberto Cláudio vai receber, no Paço Municipal, a ampla base aliada a ele na Câmara Municipal para um almoço nesta segunda-feira (23). Na pauta, além da confraternização de Natal, balanço das atividades em 2019 e planejamento para 2020. Os parlamentares também estão interessados em saber, claro, como será a organização para as eleições municipais.

 

 

Câmara Municipal: Manobras da base têm irritado parlamentares

As manobras da base aliada ao prefeito Roberto Cláudio na Câmara Municipal têm incomodado parlamentares. O vereador Idalmir Feitosa reclamou do “desrespeito ao regimento” da Casa, nas votações em bloco de projetos de lei do Executivo, enquanto Guilherme Sampaio criticou o alto número de matérias entrando extra-pauta nas sessões.

Governistas reclamam de colegas após votação de urgência da PEC da Previdência na Assembleia

Deputados da base ficaram constrangidos, hoje (17), e reclamaram com o líder do governo Júlio César Filho (Cidadania) na votação de um requerimento para dar urgência à tramitação da PEC da Previdência estadual. Ao todo, oito aliados, incluindo os do PT e PC do B, que estavam no plenário, votaram para derrubar a urgência. Os que deram a “cara a bater” lamentaram.

Foto: Junior Pio

Tony Brito: um opositor “amigo” da base aliada

O deputado suplente Tony Brito (Pros) deixará a Assembleia, no dia 30, quando Soldado Noélio reassume o mandato, com uma marca: diálogo. De tanto procurar aliados do governador, ele é tratado como sendo da base e não opositor. Brito diz que age assim em prol dos policiais civis. Hoje (24), ele fez questão de cumprimentar o líder do Governo na tribuna.

Na retomada da agenda política, Camilo Santana recebe deputados federais; estaduais estão na fila

Depois do desabamento do Edifício Andrea, o governador Camilo Santana (PT) retomou a agenda política. Após o acordo para a divisão dos valores das emendas de bancada, ele recebeu deputados federais da base aliada. Na Assembleia, deputados também esperam ser recebidos no Palácio da Abolição.

Foto: Natinho Rodrigues

Deputados da base surpreendem o Palácio Abolição ao dificultar divisão do recurso de emendas

Na querela sobre o envio das emendas de bancada ao Orçamento Federal, alguns nomes da base governista surpreenderam o Palácio da Abolição ao colocarem-se contra a divisão com o Estado do valor de R$ 248 milhões: Idilvan Alencar (PDT), que se absteve, Zé Airton (PT) e AJ Albuquerque (PP), que foram contra. Articulação ainda está em curso.

Foto: Isanelle Nascimento

Mal-estar com deputado aliado faz Estado remarcar inauguração de areninha no Interior

O Governo do Estado remarcou a inauguração de uma areninha, em Uruburetama, depois de o deputado Leonardo Araújo (MDB), mais votado no município, reclamar que não tinha sido convidado. Ele é adversário do atual prefeito. No meio desse mal-estar, Leonardo saiu do grupo de Whatsapp dos deputados da base. Ele disse que foi sem querer… Climão!