-  

‘Quem manda no meu voto são meus eleitores’, diz Márcio Martins após críticas de Adail

“Não adianta pressionar sobre o meu voto, não adianta pressionar sobre as minhas posições. (…) Quem manda no meu voto são os meus eleitores e eles me orientaram a votar não”

Vereador Márcio Martins (Pros) após críticas de Adail Júnior (PDT) a parlamentares que se posicionar contra o texto principal do projeto de emenda à Lei Orgânica com mudanças na Previdência.

Foto: Érika Fonseca
  -  

‘Vote contra que a gente aprova do mesmo jeito’, diz Adail Júnior após vereadores criticarem nova Previdência

“Se depender de mim, os vereadores da oposição votam contra as emendas. A oposição não, perdão, que é gente demais. Quem votou contra o projeto vote contra as emendas que a gente aprova do mesmo jeito”

Vereador da base, Adail Júnior (PDT), após alguns parlamentares da oposição prometerem votar favoráveis às emendas após criticar o texto principal do projeto.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Cobrança de vereador sobre acomodação de suplentes expõe insatisfações no PDT

“Onde está que o PDT do Estado do Ceará? […] A política do Ceará tem um deputado federal com mais de 75 mil votos, que é o Antônio Lopes, e nunca teve o prazer de assumir um dia a cadeira. Eu tirei 36 mil votos, e esse PDT do Estado nunca ligou para mim”

Vereador e vice-presidente da Câmara de Fortaleza, Adail Júnior (PDT), ao criticar diretório Estadual do PDT sobre acomodação de suplentes na Assembleia e Câmara dos Deputados.

 

  -  

‘Isso é eficiência’, diz Adail sobre mudanças na Previdência estarem na pauta da Câmara desta terça

“A pauta é feita assim. Apareceu ontem à noite e veio na pauta hoje. Isso é eficiência da presidência”

Vereador Adail Júnior (PDT),  após parte da oposição reclamar do horário em que a proposta com mudanças na Previdência dos servidores municipais chegou à Câmara Municipal de Fortaleza, na noite de segunda-feira (1º). Nesta terça (2), a matéria começou a tramitar.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

CCJ da Câmara aprova concessão de Medalha Boticário Ferreira ao ex-prefeito Roberto Cláudio

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de Fortaleza aprovou, hoje (9), a concessão da Medalha Boticário Ferreira ao ex-prefeito Roberto Cláudio. Com deliberação da CCJ, o ver. Adail Júnior (PDT), autor da matéria, já pode marcar a data para entregar a honraria, concedida a pessoas que contribuem com serviços relevantes para a sociedade.

Foto: Camila Lima
  -  

Adail Júnior rebate Márcio Martins ao defender aplicação de resolução na Câmara: ‘vai me engolir?’

“Eu não vou passar por constrangimento onde vossa excelência fica cobrando as coisas. Quem aqui não sabe que isso está sendo feito sem resolução? Eu estou seguindo a orientação da Mesa Diretora. Sou muito tranquilo, eu acho que é você que vai me engolir. Vai me engolir?”

Vereador Adail Júnior (PDT), ao rebater questionamentos de Márcio Martins, que pedia a suspensão da sessão com novas regras por conta da Covid-19.

  -  

Antônio Henrique segue na articulação de chapa liderada por ele para eleição da nova Mesa Diretora

A chapa com os nomes que vão concorrer à eleição da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal está sendo articulada pelo atual presidente, Antônio Henrique (PDT), que foi indicado pelo partido para reeleição ao cargo. Ele está recebendo vereadores e vai conversar com a oposição. O 1º vice-presidente, Adail Júnior (PDT), é cotado para continuar no cargo.

Foto: Camila Lima
  -  

“O dinheiro continua sumido”, diz líder da oposição na Câmara sobre compra de respiradores

“Cadê os R$ 17 milhões? Quem até agora foi incriminado? O que o TCU disse é que o dinheiro dos respiradores não é federal. (…) O dinheiro continua sumido”

Disse o líder da oposição, Márcio Martins (Pros), ao rebater o governista Adail Júnior (PDT) que pediu que a oposição se desculpasse por críticas à compra de respiradores pela Prefeitura de Fortaleza.

Foto: Camila Lima
  -  

Adail Júnior provoca oposição a pedir desculpas à população: “tem humildade pra isso?”

“(Eu falaria) ‘seguidores, me perdoem. Aquele negócio que falei da operação, o prefeito tinha razão. A verba não era federal. Não tinha nada que ter aquela operação’. (Se eu fosse da oposição) tinha humildade pra reconhecer, chegar nessa tribuna e pedir desculpa”

Adail Júnior (PDT) ao ironizar a oposição, após o TCU concluir não houve verba federal na compra de respiradores em Fortaleza.

Foto: Camila Lima
  -  

Base e oposição trocam acusações na Câmara Municipal e mostram que eleição dominará debate em plenário

O clima eleitoral demonstrado na sessão de hoje da Câmara Municipal de Fortaleza deu uma amostra de como será o período eleitoral na Casa. Os embates entre base e oposição irão se intensificar. Hoje (5), o momento mais forte foi as acusações ao prefeito Roberto Cláudio, feitas pelo vereador Márcio Martins (Pros). Adail Júnior (PDT) rebateu com acusações ao opositor.

Foto: Camila Lima
  -  

Disputa por autoria de projetos tumultua sessão na Câmara; “Pau que bate em Chico tem que bater em Francisco”

A disputa por autoria de propostas movimentou a sessão da Câmara Municipal de Fortaleza nesta manhã. Eron Moreira (PP) disse que Márcio Martins (Pros) copiou projeto seu. Evaldo Lima (PCdoB) também alegou ter sido preterido. Márcio negou e disse que “pau que bate em Chico tem que bater em Francisco”. Adail Jr (PDT) chamou a fala de “infeliz”. Impossível a um cidadão entender o debate.

 

 

  -  

Vereadores se exaltam e batem boca durante discussão no plenário da Câmara Municipal

Adail Júnior (PDT) e Sargento Reginauro (Sem Partido) se exaltaram em discussão sobre reivindicações da Polícia Militar do Ceará, órgão da alçada do Governo do Estado. Adail chegou a acusar Reginauro de utilizar uma ‘fake news’ no discurso, uma das causas do embate. Os outros vereadores reclamaram da interrupção do ‘pinga fogo’.

  -  

Vereador de Fortaleza reclama de “desprezo” por parte da presidência estadual do PDT

“Eu não me acostumei com esse desprezo. Não posso me conformar com (ter tido) 36 mil votos (para deputado estadual em 2018) e ter uma direção de partido que não tem um pingo de atenção, de reconhecimento”.

Adail Júnior (PDT) em crítica ao Diretório Estadual do PDT. O vereador acrescentou: “vão ter que me ouvir ou vão ter que me cassar”.

Foto: José Leomar