-  

Protesto convocado para a Praça Portugal pede veto ao projeto sobre abuso de autoridade

Grupos de direita no Ceará convocaram protesto neste domingo (25), na Praça Portugal, em Fortaleza, pedindo veto integral de Bolsonaro ao projeto de lei que trata do abuso de autoridade e o impeachment do presidente do STF, Dias Toffoli. A manifestação está marcada para 16h. O ato em Fortaleza não integra a lista de cidades do movimento Vem Pra Rua.

  -  

Heitor Freire apoia vetos do Bolsonaro à Lei de abuso de autoridade

“Policiais e juízes não podem ser punidos por exercerem corretamente as suas atividades, não haverá inversão de papéis entre o certo e errado, e nem criminosos sendo protegidos ou beneficiados por brechas ou interpretações equivocadas da lei”

A declaração é do vice líder do PSL na Câmara, Heitor Freire, que pretende atuar para manter os 19 vetos do presidente Bolsonaro.

  -  

Governistas pedem a Bolsonaro veto ao projeto de abuso autoridade

Entre outros governistas, Heitor Freire (PSL) entregou ao presidente Jair Bolsonaro, um pedido de veto a, pelo menos, 10 artigos da Lei de Abuso de Autoridade. O texto precisa ser sancionado pelo presidente até o dia 5. “Os artigos podem trazer insegurança jurídica. É importante que o presidente exerça o seu direito de veto”, disse.

  -  

Magistrados assumem papel de articulação para pressionar Bolsonaro por veto

Promotores e juízes fizeram um círculo e cantaram o Hino Nacional durante ato no Fórum Clóvis Beviláqua, pedindo veto à Lei de Abuso de Autoridade. Ao dobrando um cartaz, no ato, o presidente da Associação Cearense dos Magistrados, Ricardo Alexandre Costa, brincou: “voltando ao tempo do movimento estudantil”. Atos ocorrem até sábado.

Foto: José Leomar
  -  

Camilo Santana pede que manifestantes respeitem decreto e não realizem atos no Ceará

“Sempre apoiarei o engajamento dos brasileiros em defesa da democracia. Mas sou absolutamente contra a realização de quaisquer atos nas ruas neste momento grave de pandemia. Há no Ceará um decreto que proíbe aglomerações e deve ser respeitado”.

Governador Camilo Santana (PT), sobre convocação de atos para este fim de semana.

  -  

‘Heitorzinho, me dá anuência para sair do PSL’, diz Delegado Cavalcante em ato na Praça Portugal

Durante a manifestação pela prisão em segunda instância na Praça Portugal, hoje (8), o deputado estadual Delegado Cavalcante (PSL) disse que, se pudesse, já tinha saído do PSL e dirigiu um pedido ao presidente da sigla no Ceará, deputado federal Heitor Freire (PSL): “Heitorzinho, me dá anuência para sair do PSL, que eu quero me livrar desse abacaxi“.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Manifestantes protestam na Capital contra decisão do STF

Parte dos fortalezenses se encontrou, na tarde deste sábado (9), na Praça Portugal, em Fortaleza, para protestar contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na quinta-feira (7), que proibiu prisão a condenados em segunda instância. O ex-presidente Lula, beneficiado com a decisão, foi um dos mais criticados no ato.

Foto: Helene Santos
  -  

Justiça determina retirada de propaganda de Sarto que indica destinação de R$ 46 mi para combate à Covid-19

A Justiça Eleitoral determinou, nesta quinta (22), a retirada do ar de propaganda eleitoral de Sarto Nogueira (PDT) que indica o envio de R$ 46 milhões para o combate à Covid-19 no Ceará. Segundo decisão, a propaganda dá a entender que ele é o único responsável pelo recurso, quando o valor corresponde a R$ 1 milhão em emenda a que cada deputado estadual tem direito.

Foto: Helene Santos
  -  

“A boa política não se resume só em ser base ou ser oposição”, diz Célio Studart sobre posicionamento frente à atual gestão

“A boa política não se resume só em ser base ou ser oposição. Enviei recursos para o prefeito Roberto Cláudio e, com ele, fui visitar a Clínica Veterinária pública. Se o (Capitão) Wagner tivesse ganhado a eleição, teria enviado os mesmos recursos e estaria candidato agora do mesmo jeito”.

Célio Studart (PV), destacando posicionamento “independente” enquanto parlamentar.

 

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Célio Studart defende alvará único para comércios em Fortaleza

Entrevistado do PontoPoder Eleições, Célio Studart (PV) defendeu a necessidade de uma desburocratização na abertura de novos negócios da Capital, inclusive com a instituição de um alvará único. O candidato também ressaltou a necessidade de priorizar a capacitação dos jovens fortalezenses, com estímulo a empresas para contratação dessa mão de obra.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Assista em tempo real ao PontoPoder Eleições

O programa PontoPoder Eleições desta quinta-feira (22) entrevista o candidato do PV à Prefeitura de Fortaleza, Célio Studart. A atração, que vai ao ar na TV Diário, às 21h55, também acompanha a agenda dos candidatos na Capital.

 

  -  

Justiça determina retirada de propaganda da campanha de Luizianne Lins à Prefeitura de Fortaleza

A Justiça Eleitoral determinou a retirada do ar da propaganda eleitoral de Luizianne Lins (PT) que informa a inauguração de 184 leitos de UTI neonatal na gestão. O juiz Irandes Bastos Sales usou documentos do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde de Fortaleza para afirmar que foram dez leitos. A ação é da campanha de Sarto Nogueira (PDT).

  -  

Candidato Capitão Wagner (Pros) propõe criação de clínicas para hipertensos e diabéticos

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), propôs a criação de clínicas para hipertensos e diabéticos. “Além das clínicas, vamos garantir que não vai faltar medicamentos para estas doenças”, disse. O candidato participou, nesta quinta-feira (22), de uma reunião com agentes comunitários de saúde e agentes de endemias.

  -  

Juíza decide retirar propaganda de Wagner que aponta repasse de R$ 43 milhões para o Ceará

A juíza Mirian Porto Mota Randal Pompeu decidiu retirar do ar propaganda da campanha de Capitão Wagner (Pros) que aponta o repasse de R$ 43 milhões para o Ceará. De acordo com o despacho, o deputado teria repassado, em emendas parlamentares, R$ 11 milhões entre 2019 e 2020. Em caso de descumprimento da medida, a multa é de R$ 5 mil.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Juiz decide pela retirada de perfil da campanha de Sarto Nogueira no Facebook

O juiz Gerardo Magelo Facundo Júnior decidiu pela retirada imediata de perfil no Facebook da campanha de Sarto Nogueira (PDT) à Prefeitura de Fortaleza. Segundo o juiz, o pedetista utiliza para propaganda eleitoral conta divergente da que apresentou à Justiça Eleitoral no ato do registro. Em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 5 mil.

  -  

Entrevistado do PontoPoder Eleições, Célio Studart critica adversários por estarem na rua “aglomerando as pessoas”

Candidato do PV, Célio Studart é o entrevistado desta quinta-feira (22) do PontoPoder Eleições, a partir de 21h55, na TV Diário. O candidato, que já está nos estúdios do Sistema Verdes Mares, criticou os atos de campanha dos adversários na corrida pelo Paço Municipal. “Os candidatos irresponsáveis estão nas ruas aglomerando as pessoas”, alfinetou.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Sarto Nogueira promete gerar 50 mil vagas de emprego por meio do programa Juventude Digital

Em reunião sobre políticas públicas voltadas à juventude no comitê de campanha, Sarto Nogueira (PDT), candidato a prefeito, defendeu a criação do programa Juventude Digital. “A ideia é gerar, em quatro anos, 50 mil novos empregos na área de tecnologia, da informação e da inovação”, disse. Este foi o primeiro ato de campanha presencial do pedetista após receber resultado negativo para Covid-19.