-  

Justiça determina retirada de propaganda da campanha de Luizianne Lins à Prefeitura de Fortaleza

A Justiça Eleitoral determinou a retirada do ar da propaganda eleitoral de Luizianne Lins (PT) que informa a inauguração de 184 leitos de UTI neonatal na gestão. O juiz Irandes Bastos Sales usou documentos do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde de Fortaleza para afirmar que foram dez leitos. A ação é da campanha de Sarto Nogueira (PDT).

  -  

Para evitar aglomerações, TRE-CE proíbe atos presenciais de campanha no Ceará

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) proibiu, nesta quarta-feira (4), a realização de atos presenciais de campanha no Estado que ocasionem aglomerações. Estão proibidos comícios, bandeiraços, caminhadas, carreatas e outros. Segundo resolução do órgão, a medida é necessária já que eventos de campanha “não têm primado pela contenção da pandemia”.

  -  

Candidatos de Poranga podem pagar multa de R$ 50 mil caso promovam aglomerações, decide Justiça

Após decisão judicial, os candidatos do município de Poranga que promoverem atos com aglomerações de mais de 100 pessoas estão sujeitos à multa de R$ 50 mil. Os postulantes devem, ainda, comunicar à Polícia, à Justiça Eleitoral e à Vigilância Sanitária, com 72h de antecedência, informações sobre os atos, como local, data e tipo de aparelhagem de som.

Foto: Cid Barbosa
  -  

Assista em tempo real ao PontoPoder Eleições

O programa PontoPoder Eleições traz nesta segunda-feira (2) reportagem sobre candidaturas na mira da Justiça Eleitoral, análise de especialistas sobre decisões judiciais para coibir aglomerações na reta final da campanha e ocorrências de desrespeito às regras sanitárias em atos no interior do Estado. O programa começa às 21h55, na TV Diário.

  -  

Prefeita eleita de Barreira, no Ceará, reverte inelegibilidade e deve ser empossada nesta semana

Depois de obter decisão no TSE revertendo inelegibilidade, ao provar a tese de que os 2 anos de suspensão da decisão que reprovou suas contas como secretária valiam para os 8 anos como inelegível, Maria Auxiliadora (PSD) deve ser empossada nesta semana como prefeita de Barreira. Falta o TRE-CE notificar da decisão a 52ª Zona, que irá diplomá-la e empossá-la.

  -  

Com decisão do TSE, prefeita de Barreira deve tomar posse seis meses após ser eleita

Eleita em novembro do ano passado, a prefeita de Barreira, Maria Auxiliadora (PSD), deve finalmente tomar posse nos próximos dias. A demora se deve a uma disputa judicial envolvendo a elegibilidade da política. Ela foi considerada inelegível pelo TRE-CE, mas a defesa da prefeita recorreu ao TSE, que anulou a decisão da Justiça Eleitoral do Ceará.

  -  

Após condenação, Giovanni Sampaio afirma que campanha foi ‘simples’ e diz ‘confiar na Justiça’

Após ter o diploma cassado pela Justiça Eleitoral, o vice-prefeito de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio (PSD), afirmou que a campanha feita com Glêdson Bezerra foi “simples e humilde”. Os dois foram condenados por abuso de poder econômico. “(Vamos) Apenas confiar na Justiça e tentar mostrar o óbvio”, ressaltou, indicando que irá recorrer da decisão.

Foto: Reprodução
  -  

Com PT indefinido na Câmara, Sarto faz elogio a Luizianne durante discurso de abertura dos trabalhos

Durante a abertura dos trabalhos da Câmara, o prefeito José Sarto (PDT) ressaltou propostas para a juventude, dentre elas a ampliação dos Cucas, com a construção do Cuca do Pici. Ele aproveitou para fazer elogio à ex-prefeita, Luizianne Lins (PT), pela iniciativa de criar os equipamentos. Na Casa, o PT ainda não decidiu se será base ou oposição a Sarto.

Foto: Isanelle Nascimento/Camila Lima
  -  

Análise: Dança das cadeiras muda a bancada cearense no Congresso Nacional

A bancada cearense na Câmara dos Deputados passará por  renovação, após licença de deputados federais neste fim de ano. Luizianne Lins (PT) e Mauro Filho (PDT) deixam o cargo temporariamente e dão lugar a Gorete Pereira (PL) e Aníbal Gomes (DEM), respectivamente. Leia análise de Inácio Aguiar.

Foto: Agência Senado e Agência Câmara
  -  

Após ter expectativas frustradas em outubro, Gorete Pereira assume mandato de Luizianne Lins na Câmara

Após ter as expectativas frustradas em outubro deste ano, a suplente de deputada federal Gorete Pereira (PL) assumiu, nesta segunda (21), o mandato de Luizianne Lins (PT) na Câmara dos Deputados. A petista tirou licença por 120 para se dedicar à sua tese de doutorado. Em outubro, Luizianne tirou licença, mas apenas por 60 dias, o que impediu Gorete de assumir.

Foto: Divulgação
  -  

Zezinho cogita trocar PDT pelo Progressistas para eleição de 2022, mas vai conversar com Cid e Ciro

O deputado licenciado da Assembleia, Zezinho Albuquerque, secretário das Cidades, confirmou que cogita sair do PDT para o Progressistas, de olho na eleição de 2022. Nos bastidores, os parlamentares dão como certa a mudança para a sigla comandada pelo filho, o deputado AJ, mas Zezinho é prudente. Diz que vai conversar com Cid e Ciro Gomes, líderes do PDT.

Foto: Helene Santos
  -  

Deputados cearenses aprovam compra e distribuição de cestas básicas pela Assembleia Legislativa

A AL-CE aprovou projeto que autoriza a Casa a adquirir e distribuir cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade, durante estado de calamidade pública por causa da pandemia. “Permitirá que o Legislativo atue no combate à fome e garanta a segurança alimentar da população que mais precisa”, disse o presidente da AL, Evandro Leitão (PDT).

Foto: Fabiane de Paula
  -  

TRE-CE julga últimos recursos do prefeito de Viçosa do Ceará e confirma cassação do mandato

O imbróglio em torno da candidatura do prefeito de Viçosa do Ceará, José Firmino (MDB), e do vice, Dr. Marcelo (MDB), ganhou novo capítulo. O TRE-CE negou provimento aos embargos de declaração. Assim, esgotam-se os recursos em 2a instância. A cassação deve ser imediata. Firmino, que ainda não se pronunciou, poderá recorrer, fora do cargo, ao TSE.

Foto: Reprodução/Instagram
  -  

TRE-CE cassa prefeito e vice de Itaiçaba por desaprovação de contas

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) cassou, nesta quinta-feira (6), os diplomas do prefeito eleito de Itaiçaba, Frank Gomes (PDT), e de seu vice, Nilsinho (PP). Frank Gomes teve as contas desaprovas pela Câmara Municipal quando foi gestor da cidade. Agora, a Corte entendeu que ele estava inelegível. Ainda cabe recurso.

  -  

Evandro Leitão planeja concurso da Assembleia para segundo semestre de 2021

Com a retomada dos trabalhos presenciais, o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão (PDT), disse que a intenção é realizar o concurso no 2º semestre deste ano e que vai levar a proposta para discussão na Mesa Diretora. O concurso deveria ter ocorrido em 2020. Mais de 33 mil pessoas se inscreveram para o certame que oferecerá 100 vagas.

  -  

Assembleia Legislativa retoma sessões presenciais com plenário meio esvaziado

A Assembleia Legislativa retomou os trabalhos presenciais, nesta quinta-feira (6). As sessões continuarão híbridas, ou seja, virtuais e remotas. Apesar da volta, não tinham muitos deputados estaduais no plenário. Dos 46, no máximo 15 marcaram presença e se revezaram entre o plenário e os gabinetes. As sessões têm ocorrido uma vez por semana.

  -  

André Fernandes procurou presidente da AL para explicar acusação de nepotismo do MP

O deputado André Fernandes (Republicanos) procurou o presidente da Assembleia, Evandro Leitao (PDT), para explicar suspeita de nepotismo levantada pelo Ministério Público. Segundo Leitão, Fernandes disse que os familiares já tinham sido exonerados. O presidente ofereceu assessoria jurídica da Casa. Fernandes não compareceu à sessão nesta quinta (6).

  -  

Tasso quer Abin na CPI da Pandemia para explicar fala de Bolsonaro sobre “guerra química”

O senador Tasso Jereissati (PSDB) apresentou requerimento à CPI da Pandemia, nesta quinta (5), para que a Agência Brasileira de Inteligência esclareça a fala do presidente Jair Bolsonaro sobre “guerra química”, em relação à pandemia. Para o senador, a menção pode ser  “um boicote, uma injúria e uma calúnia contra o maior fornecedor de vacinas (China)”.

  -  

Eduardo Girão propõe que economia com cota parlamentar seja revertida para saúde e educação

O senador Eduardo Girão (Podemos) apresentou um projeto de lei para que os valores não gastos com a cota parlamentar sejam revertidos para outros fins. “Que outros parlamentares revisem suas ações e o impacto positivo que esse tipo de economia gera para o Brasil. O valor considerável poderia ser aplicado em áreas como Saúde e Educação’’, destacou.

 

  -  

Projeto de Capitão Wagner que cria loterias da Saúde e do Turismo é aprovado na Câmara Federal

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta (5), um projeto de lei dos deputados Capitão Wagner (Pros) e Guilherme Mussi (PP-SP), que cria a Loteria da Saúde, para financiar ações de combate à pandemia de Covid-19, e a Loteria do Turismo, para ajudar o setor. A medida, que vai para o Senado, tem vigor até 31 de dezembro de 2021, se aprovada.