-  

Evaldo Lima quer votação de projeto sobre liberdade de cátedra para esta semana

“O projeto objetiva respeitar o professor, dar liberdade para que produza arte e ciência sem que sofra chantagem e pressões de segmentos da extrema direita que têm discurso obscurantista, que são inimigos da educação”.

Evaldo Lima (PCdoB), vereador de Fortaleza, tenta levar para votação no Plenário, nesta semana, o projeto que trata da liberdade de expressão e da proteção de professores.

 

Foto: Érika Fonseca
  -  

‘Meu partido apoia, mas eu ainda estou decidindo’, diz Jorge Pinheiro sobre candidatura de Sarto

Candidato do PDT em Fortaleza, Sarto sinaliza uma busca por aproximação com os vereadores, em uma campanha que promete ser atípica. Alguns parlamentares cujos partidos integram a coligação do PDT, no entanto, ainda estão em dúvida. É o caso de Jorge Pinheiro (PSDB). ‘Meu partido apoia, mas eu ainda estou decidindo‘, disse, após visita de Sarto à Câmara.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

De olho na eleição, Sarto faz visita informal aos vereadores na Câmara Municipal de Fortaleza

O candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza e presidente da Assembleia Legislativa, Sarto Nogueira (PDT), esteve, nesta manhã (23), na Câmara Municipal de Fortaleza para conversas informais com os vereadores, principalmente os da base aliada. Ele está na fase de planejamento da campanha e seus movimentos têm demonstrado interesse de aproximação com os parlamentares.

Foto: José Leomar
  -  

Representantes do setor de eventos protestam em frente à Câmara Municipal de Fortaleza

Empresários, humoristas e artistas locais estiveram reunidos em frente a Câmara Municipal de Fortaleza para pedir a reabertura de parquinhos infantis e liberação de uma maior capacidade para realização de eventos na Capital. Eles querem que as regras sobre a quantidade de pessoas sigam os mesmos critérios de restaurantes e escolas.

Foto: José Leomar
  -  

Câmara de Fortaleza retira de pauta projeto sobre liberdade de cátedra após confusão

Em votação simbólica, os vereadores retiraram de pauta projeto que trata da liberdade de cátedra. O autor, ver. Evaldo Lima (PCdoB), pediu a retirada, após acordo com professores, diante da articulação da bancada religiosa para rejeitar o projeto em Plenário. Houve tumulto e bate-boca entre manifestantes. A Guarda Municipal precisou bloquear acessos.

  -  

Em meio a polêmicas, projeto sobre liberdade de cátedra deve ser votado na Câmara nesta quinta (31)

O projeto de lei de autoria do vereador Evaldo Lima (PCdoB), que dispõe sobre liberdade de cátedra para professores, está na pauta desta quinta-feira (31) da Câmara Municipal de Fortaleza. Após gerar reações da bancada religiosa, vereadores, nos bastidores, acreditam que a matéria tende a ser rejeitada, inclusive com abstenções.

Foto: José Leomar
  -  

“Autor sabe que sairá derrotado”, diz Jorge Pinheiro ao defender Priscila

O vereador Jorge Pinheiro se solidarizou com Priscila Costa e, na tribuna, discursou contra o projeto de liberdade de cátedra, de autoria de Evaldo Lima. Ele afirmou que o projeto pode ser utilizado para o ensino de “ideologia de gênero” e que não veio para votação porque o autor sabe que sairá derrotado.

  -  

Embate entre vereadores é em projeto que está em discussão na Câmara

No direito de resposta, Evaldo Lima rebateu Priscila Costa e afirmou que o projeto em nenhum momento trata da pauta de costumes. O vereador também afirmou não tratar de maneira diferente os colegas por questões de gênero. Priscila Costa pediu para falar e os dois discutiram.

Foto: Érika Fonseca/CMFor
  -  

Priscila Costa e Evaldo Lima batem boca em debate sobre projeto da liberdade de cátedra

A vereadora Priscila Costa (PRTB) criticou o colega Evaldo Lima (PCdoB) a respeito sobre um folheto do mandato do parlamentar. “Como baixou o nível de vereador nesta Casa”, afirmou Priscila. Ela acusa Evaldo de repercutir “fake news” sobre ela e o acusou de tratá-la de maneira diferente por ser mulher.

 

Foto: Érika Fonseca/CMFor
  -  

Bancada religiosa na Câmara articula apoio à rejeição de projeto sobre liberdade de cátedra

“Embora muita gente tenha nos atacado, serviu para que esse projeto fosse precocemente avaliado pelos vereadores que não fazem parte da comissão. Alguns estão se articulando a nosso favor”.

Priscila Costa, vereadora de Fortaleza (PRTB). Após derrota na CCJ, a bancada tem pedido aos eleitores que pressionem seus vereadores para votarem contra o projeto que trata da liberdade dos professores.

Foto: CMFor
  -  

Novo Plano Mansueto deve oferecer bônus para estados e municípios com boa gestão fiscal

“É um Plano que possa reestruturar de forma definitiva a questão fiscal dos estados e municípios. Não poderemos cair no mesmo erro do regime de recuperação fiscal que o Rio já entrou e não fez sua reestruturação”

Pontuou Mauro Filho, destacando que o RJ recebeu, desde 2017, R$ 52 bilhões da União. No novo Plano Mansueto, estados com boa gestão fiscal, como o Ceará, terão tratamento diferenciado, afirma.

  -  

Mauro Filho quer concluir parecer do novo Plano Mansueto em 30 dias na Câmara

Relator do novo Plano Mansueto, o deputado Mauro Filho (PDT) quer entregar, em 30 dias, o relatório sobre o plano, pronto para ser votado em Plenário. Segundo ele, serão feitos debates com governadores, secretários estaduais da Fazenda, especialistas e Tribunais de Contas para discutir a proposta. A meta é torná-lo mais rigoroso, com avaliações e multas já no primeiro ano.

Foto: José Leomar
  -  

PDT decide lançar José Sarto à disputa pela Prefeitura de Fortaleza

A dois dias da convenção partidária marcada para este sábado (12), o PDT bateu o martelo e decidiu lançar o deputado estadual José Sarto, presidente da Assembleia Legislativa, à disputa pela Prefeitura de Fortaleza. A decisão será anunciada em ‘live’ nas redes sociais na noite desta quinta-feira (10). A cúpula pedetista optou pelo mais experiente dentre cinco pré-candidatos.

Foto: José Leomar
  -  

Governo do Ceará avalia reajuste salarial de professores da rede estadual

O Governo deve enviar ao Legislativo, nos próximos dias, a proposta de reajuste dos professores estaduais Ontem, representantes da categoria se reuniram com o secretário da Casa Civil, Élcio Batista. Eles pedem reajuste de 15%. O Governo se comprometeu a reajustar conforme o piso nacional, em 12,8%, mas ainda avalia a possibilidade de aumentar a correção.

Foto: Camila Lima
  -  

Após negociação, professores e Prefeitura chegam a acordo e reajuste será de 12,84% a partir de setembro

Após paralisação, professores municipais e Prefeitura de Fortaleza entraram em acordo sobre o reajuste de 12,84% no piso salarial. A correção será feita a partir de setembro deste ano e contempla ativos, inativos e assistentes da educação infantil. Até lá, haverá apenas o reajuste geral de 4,31% – que tramita em urgência na Câmara.

  -  

Professores aguardam audiência com prefeito de Fortaleza sobre reajuste de 12,84% do piso nacional

Os professores municipais de Fortaleza estão reunidos, desde o início da manhã desta quarta (5), em frente ao Paço Municipal, onde aguardam audiência com o prefeito Roberto Cláudio (PDT) às 16h. Eles reivindicam reajuste de 12,84%, conforme determinado pelo Ministério da Educação para o piso nacional. A categoria está sob alerta de greve.

Foto: José Leomar
  -  

‘Se o Camilo quisesse ser de outro partido teria ido”, diz Guilherme Sampaio sobre uso da imagem do governador

“Camilo é do PT e nós temos a gestão dele como referência. Se ele quisesse ser de outro partido teria ido. Ele está no PT por convicção. O mínimo que todo bom governador tem que ter é uma boa relação administrativa com as prefeituras”

Vereador Guilherme Sampaio (PT) sobre o embate pelo uso feito por Luizianne da imagem do governador.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

‘A declaração dele só confirma o que todo mundo já sabe’, diz Esio Feitosa sobre fala de Camilo em apoio a Roberto

“Essa declaração do Camilo só confirma o que todo mundo já sabe, que o governador está alinhado administrativamente e politicamente à nossa gestão”

Vereador Ésio Feitosa (PSB), líder do prefeito na Câmara, sobre resposta do governador em apoio a gestão de Roberto Cláudio e ao PDT após ser questionado sobre uso da imagem dele na campanha de Luizianne (PT).

Foto: Érika Fonseca/CMFor
  -  

Heitor Ferrer quer “facilitar” licenciamento e alvarás para instalação de empresas em Fortaleza

“Prefeitura não gera emprego e renda, estimula a inciativa privada a empreender. Não vamos vender ilusão. Temos que facilitar a burocracia”.

Heitor Ferrer (SD), candidato a prefeito de Fortaleza ao reforçar que quer “facilitar” licenciamento e alvarás para empresas se instalarem em Fortaleza. Só assim, segundo ele, é que o emprego será gerado.

  -  

Heitor Ferrer diz que entrará com ação contra Heitor Freire por confusão com nomes na campanha

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Heitor Ferrer (SD) criticou o adversário Heitor Freire (PSL) por usar apenas o nome “Heitor” na campanha e disse que vai acionar a Justiça contra ele. “Ele está usando numa pura intenção de enganar o eleitor. Ele tem que se apresentar como Heitor Freire. Da mesma forma eu: Heitor Férrer. A Justiça terá que dar uma correção”.

  -  

“De lei”: Heitor Ferrer e Walter Cavalcante comem pastel com caldo de cana no Centro

Antes de começar a andança nas ruas do Centro, nesta quarta (30), o candidato à Prefeitura de Fortaleza Heitor Ferrer (SD) e o candidato a vice Walter Cavalcante (MDB) pararam pra comer um pastel e tomar caldo de cana. Esse é um programa “de lei”, quase obrigatório, dos candidatos a qualquer cargo em época de campanha na Capital.

Foto: Helene Santos
  -  

Agenda: Heitor Freire conversa com ambulantes durante caminhada no Centro

Candidato pelo PSL, Heitor Freire caminhou pelas ruas do Centro da Capital nesta terça-feira (29) e conversou com vendedores ambulantes e outros profissionais da região. Segundo ele, houve muitas reclamações sobre a falta de estrutura na região. Ele afirmou que esta é uma categoria que precisa ter um olhar mais atento do gestor público.

Foto: Divulgação
  -  

“PDT está desesperado para mostrar o candidato para a cidade”, diz Wagner sobre propagandas irregulares

Após 24 ações ajuizadas pela coligação de Capitão Wagner (Pros) contra publicidades de Sarto Nogueira (PDT), a Justiça concedeu sete liminares determinando a retirada das publicações. Wagner repercutiu as decisões. “O PDT demorou demais para escolher seu candidato e agora está desesperado para mostrar o candidato para a cidade”.

Foto: Helene Santos
  -  

Eleição: Incentivo ao empreendedorismo será desafio do próximo prefeito, diz Capitão Wagner

Em visita à Feirinha da Beira Mar, Capitão Wagner (Pros) afirmou que o incentivo ao setor produtivo da cidade, principalmente aos microempreendedores, será o desafio do próximo prefeito de Fortaleza. Ele disse ainda que pretende promover a vinda de grandes empresas para a Capital, para fortalecer a geração de emprego e renda.

Foto: Helene Santos
  -  

Sete liminares são concedidas pela Justiça Eleitoral para retirada de publicação sobre parceria de Sarto e Camilo

Após pedido da coligação de Capitão Wagner (Pros), ao todo, sete liminares foram concedidas pela Justiça ordenando a retirada imediata de publicações em que Sarto Nogueira (PDT) aparece ao lado do governador Camilo Santana (PT). Segundo as decisões, as postagens causam “confusão e desinformação” já que associa a imagem do petista “a uma candidatura concorrente”.

Foto: Helene Santos
  -  

“Nós fazemos parte do mesmo projeto”, reforça Sarto sobre associação de sua imagem à de Camilo Santana

Sobre propaganda na internet em que aparece ao lado de Camilo Santana, o candidato à Prefeitura de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT) disse, nesta terça (29), que “compreende” o governador ser de outro partido, o PT, que lançou a candidata Luizianne Lins. Sarto, entretanto, frisou: “nós fazemos parte do mesmo projeto. E outra: fui vice-líder do governador, temos esse histórico”.

Foto: Isanelle Nascimento