Foto: Divulgação

Em disputa judicial, Natécia Campos reassume presidência da Câmara Municipal de Caucaia

A vereadora Natécia Campos (PMB) reassumiu nesta terça (10) o mandato e a presidência da Câmara Municipal de Caucaia. Ela estava afastada há uma semana, acusada de ter empossado irregularmente um suplente sem que ele tivesse diploma de vereador. Nova decisão judicial, porém, reavaliou documentos apresentados por Natécia e restabeleceu as funções.

Foto: Helene Santos

Reforma da Câmara Municipal de Caucaia vai custar R$ 319,3 mil

A Câmara de Caucaia vai abrir licitação em 5/fev para receber propostas para ampla reforma, com custo de R$ 319.343,62.  O edital prevê serviços de revestimentos, urbanismo e acessibilidade. Desde o final de 2019, a Câmara vive briga política com a Prefeitura por atrasos de pagamento e articulações para abertura de CPI contra o pref. Naumi Amorim (PSD).

Foto: Arquivo Sistema Verdes Mares

Briga política: Justiça bloqueia contas da Prefeitura de Caucaia até pagamento à Câmara Municipal

A briga política entre a Prefeitura de Caucaia e a Câmara municipal tem novo capítulo. O juiz José Coutinho Filho, da 1ª Vara Cível do município, determinou bloqueio das contas da Prefeitura até que o prefeito Naumi Amorim (PSD) pague parte do duodécimo devido ao Legislativo. O valor está atrasado há ano de atraso. O bloqueio é até a quitação.

Bate-boca e convocação de representantes da Prefeitura marcam reunião de CPI em Caucaia

Representantes do gabinete do prefeito e das secretarias de Educação e Saúde devem ser oficiados nesta semana a comparecer à CPI que investiga supostas irregularidades em licitações. Após o pedido, a sessão foi encerrada com bate-boca entre o governista Enéas Góes (PTC) e o líder da oposição, Mickauê (PL), recém-reintegrado à Comissão por via judicial.

Foto: Divulgação

Progressistas tem pré-candidata à Prefeitura de Caucaia

A ex-presidente da Câmara Municipal de Caucaia Natécia Campos deixou o PMB e se filiou ao Progressistas, do deputado federal AJ Albuquerque. Em evento neste sábado (7), ela anunciou sua pré-candidatura à Prefeitura. Natécia rompeu com o prefeito Naumi Amorim (PSD) no ano passado e não conseguiu se reeleger à presidência do Legislativo.

Reviravolta: aliado do prefeito vence eleição na Câmara de Caucaia

Em votação que terminou com diferença de um voto, 12 a 11, a atual presidente da Câmara Municipal de Caucaia, Natécia Campos (PMB), perdeu o posto para Eneas Goes (PTC), que é aliado do prefeito Naumi Amorim (PSD), que retomou o controle do Legislativo. A Casa está em pé de guerra com o prefeito e abriu uma CPI contra a gestão.

Justiça afasta presidente da Câmara de Caucaia por suposta improbidade administrativa

A juíza Maria Valdileny Sombra Franklins, da 1ª Vara Cível da Comarca de Caucaia, decidiu, nesta segunda (2), afastar por 180 dias Natécia Campos do cargo de vereadora e de presidente da Câmara Municipal de Caucaia, por suposta improbidade administrativa. De acordo com ação do PSL, a vereadora do PMB empossou um suplente de vereador sem ser diplomado.

Foto: Érika Fonseca

Vereadora Priscila Costa assume a presidência de PSC em Fortaleza

A vereadora Priscila Costa assumiu a presidência do diretório municipal do PSC em Fortaleza. Na janela partidária, a parlamentar deixou o PRTB e filiou-se ao partido cristão, juntando-se aos aliados ao deputado Capitão Wagner e indo para a oposição ao prefeito Roberto Cláudio (PDT). A sigla quer fazer, pelo menos, quatro vereadores.

Foto: Agência Senado

Tasso diz estar em “profundo desacordo” com decreto de Camilo que “flexibilizou” isolamento social

O senador Tasso Jereissati (PSDB), ainda na noite deste domingo (5), criticou o que chamou de “flexibilização” promovida pelo decreto do governador Camilo Santana nas medidas de isolamento social na pandemia do coronavírus. Para o senador, o número de “contaminados pode explodir no estado”.

Foto: Agência Senado

Prisco Bezerra quer envolvimento do setor bancário no combate ao coronavírus

O senador Prisco Bezerra (PDT) avalia apresentar proposta no Senado que envolva o setor bancário no combate ao coronavírus. Ele afirma que os altos juros e a baixa capacidade de crédito podem resultar em “uma quebradeira generalizada” de pequenas, médias e até grandes empresas.

Tasso pede apoio do Ministério da Saúde para conter avanço de Covid-19 no Ceará

O senador Tasso Jereissati (PSDB) solicitou, na noite desta terça (7), no Senado, apoio do Ministério da Saúde para ajudar o Ceará a conter o avanço da Covid-19. O Ministério divulgou hoje que Fortaleza é a cidade com maior incidência da doença. “Se nós não tivermos apoio do Ministério da Saúde, nos próximos dias, iremos ter problemas seríssimos”, disse.

Foto: José Leomar

Coronavírus: deputado quer metade das vagas de UTI privada para o SUS no Ceará

Com o crescimento do número de casos de coronavírus no Ceará, o deputado Renato Roseno (Psol) apresentou projeto de lei que reserva metade das vagas de UTI nos hospitais privados para o SUS. Uma fila única, entre pacientes da rede pública e privada, seria formada para a ocupação das vagas. A matéria ainda iniciará a tramitação na Assembleia.

Foto: José Leomar

Assembleia realiza sessão para analisar projetos sobre coronavírus e decretos de calamidade

A Assembleia Legislativa marcou nova sessão virtual amanhã (8), às 9h30, para colocar em pauta projetos e requerimentos dos deputados relacionados ao enfrentamento do coronavírus no Estado. Decretos de calamidade nos municípios do Interior também devem entrar em discussão. Um sistema de protocolo digital foi lançado para agilizar os pedidos dos prefeitos.

Foto: Camila Lima

Elmano de Freitas transfere título para Caucaia e confirma pré-candidatura a prefeito

Ex-candidato a prefeito de Fortaleza, o deputado Elmano de Freitas (PT) vai disputar, agora, a Prefeitura de Caucaia. Ele transferiu o título de Fortaleza para lá no último sábado (4). Além de outros nomes da oposição, como Vitor Valim (Pros), ele deverá enfrentar o prefeito Naumi Amorim (PSD) e os grupos dos ex-prefeitos Zé Gerardo e Dr. Washington.

Foto: Reprodução

Em reunião, governadores do Nordeste cobram agilidade em liberação da Renda Emergencial

Os governadores do Nordeste se reuniram hoje para tratar das demandas contra a Covid-19 e expuseram a preocupação com a demora do Governo Federal em liberar o pagamento da Renda Emergencial de R$ 600. Além disso, segundo o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), foram mobilizadas compras conjuntas de insumos e equipamentos médicos de outros países.

Foto: Helene Santos

Fernando Santana encerra especulações e não vai disputar Prefeitura de Juazeiro do Norte

O deputado Fernando Santana (PT) não vai ser candidato à Prefeitura de Juazeiro do Norte em 2020. Ele não transferiu o título de Barbalha para lá e o prazo acabou no último sábado (4). Fernando está fora da disputa, mas tem votos em Juazeiro que devem ir para o candidato apoiado pelo Governo. Existem vários, e o prefeito Arnon Bezerra está no páreo.

Após fazer críticas, Tasso elogia revogação de decreto que flexibilizava isolamento social no Ceará: ‘fundamental’

“Com certeza uma medida técnica, baseada na orientação das autoridades da área da saúde, que será fundamental para controlar a proliferação do coronavírus em nosso Estado. Sem isso, as consequências para a economia seriam ainda mais graves”.

Tasso Jereissati, senador (PSDB), ao elogiar a decisão do governador Camilo Santana (PT) de revogar decreto que flexibilizava o isolamento social no Ceará.

Foto: divulgação

Prefeitos pedem pagamento imediato de auxílio emergencial de R$ 600 às famílias de baixa renda

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) enviou,nesta segunda-feira (6), ofício ao presidente Jair Bolsonaro pedindo o pagamento imediato do auxílio emergencial de R$ 600 às famílias de baixa renda e a trabalhadores informais. Eles dizem que o Governo já tem à disposição os dados das pessoas cadastradas no CadÚnico e oferecem os dados dos cidadãos cadastrados em programas sociais municipais.

 

Foto: Helene Santos

Camilo Santana resolve revogar decreto que permitia retorno de algumas atividades

Após repercussão negativa e argumentações do Comitê de Saúde, o governador Camilo Santana resolveu revogar o decreto que previa retorno de algumas atividades industriais e comerciais, além das feiras livres. Um novo decreto vai ser editado mantendo as regras dos anteriores, disse o governador ao anunciar o recuo.

Foto: Camila Lima

Aliados do governador foram pegos de surpresa com decreto que ampliou funcionamento de empresas

O decreto do governador Camilo Santana (PT) pegou a maioria dos seus aliados de surpresa. Deputados estaduais buscavam entender a medida e suas motivações. Alguns deles tratavam do assunto pelo WhatsApp, mas em conversas privadas. No grupo dos parlamentares, pouco debate.