-  

Câmara de Sobral vai criar Comissão de Ética que deve cassar vereador

Vereadores sobralenses irão instalar uma Comissão de Ética temporária na Câmara que deve cassar o mandato do vereador Romário Araújo (SD) — preso acusado de estelionato e crime contra o patrimônio. Os integrantes do colegiado devem ser sorteados. Há consenso para a investigação e cassação. A Casa rejeitou ação externa por receios de questionamentos judiciais.

  -  

Justiça Estadual anula decisão da Câmara Municipal de cassar vereador de Camocim

A Justiça do Ceará anulou a decisão da Câmara de Camocim de cassar o vereador de oposição Erasmo Gomes (PSL) e determinou a reintegração imediata do parlamentar. No Legislativo, a cassação havia ocorrido em agosto. É a segunda vez que a Justiça reverte decisão da Câmara contra Erasmo. “Por duas vezes, o juiz anulou a decisão deles e o MP apontou fraudes no processo de cassação”, afirmou.

Foto: Câmara Municipal de Camocim
  -  

Juiz da Comarca de Caririaçu suspende votação de cassação do prefeito de Granjeiro

O juiz Judson Pereira Spindola Júnior deferiu, ontem (19), o mandado de segurança impetrado pelo prefeito de Granjeiro Ticiano Tomé (PRB) e suspendeu a votação do processo de cassação contra o prefeito na Câmara Municipal marcada para hoje (20). Na decisão, o juiz argumenta que parte do rito não foi observado e deu prazo para Câmara se manifestar.

  -  

Cassação do prefeito de Granjeiro deve ser votada na próxima quarta (20) na Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Granjeiro marcou para a próxima quarta (20), às 9h, votação do processo de cassação do prefeito Ticiano Tomé. A comissão processante deu parecer favorável. Ticiano e o pai, Vicente Félix, já foram apontados como suspeitos de envolvimento na morte do ex-prefeito João Gregório. Dos 9 vereadores de Granjeiro, 3 são aliados de Ticiano.

  -  

Candidato à reeleição, prefeito de Paraipaba é afastado do cargo após operação

Candidato à reeleição, o prefeito de Paraipaba, Dimitri Batista (PDT), foi afastado do cargo por decisão judicial nesta quarta (7). A sentença é em ação proposta pelo Ministério Público Estadual que investiga suposta fraude em contrato da Prefeitura com um escritório de advocacia de Recife. A investigação envolveria um contrato com a ANP.

Foto: Divulgação
  -  

Após falsos médicos, vereadores de Baturité aprovam abertura de CPI da saúde

A Câmara Municipal de Baturité aprovou por unanimidade a abertura de uma CPI para investigar a gestão municipal da saúde. A decisão do parlamento ocorre depois do afastamento de médicos falsos atuando em uma UPA do município. Logo após a denúncia, a secretária de saúde deixou o cargo. Presente na sessão, o prefeito Assis Arruda vinculou a CPI à disputa eleitoral.

  -  

Ministério Público investiga fraude em licitações em Limoeiro do Norte

O Ministério Público Estadual, com apoio da Polícia Civil, cumpriu, nesta manhã (15), mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Estadual em investigação contra fraude em licitações em Limoeiro do Norte. Quatro empresas são investigadas. A fase inicial da investigação não envolve agentes públicos.

  -  

Justiça Eleitoral barra candidatura à reeleição do vereador de Fortaleza Marcelo Lemos por Lei da Ficha Limpa

A Justiça Eleitoral indeferiu o pedido de registro de candidatura do vereador de Fortaleza Marcelo Lemos (PSL), que disputaria a reeleição. O site Divulgacand mostra que o motivo da decisão foi a Lei da Ficha Limpa. O indeferimento é o assunto do dia nos bastidores entre os vereadores, que estão de olho nos votos dele na região do Grande Bom Jardim.

  -  

Partido Novo encerra inscrições para 1ª seleção de candidatos a vereador de Fortaleza

O partido Novo encerra nesta quarta (8) as inscrições para primeira seleção de candidatos que queiram concorrer ao cargo de vereador de Fortaleza, em outubro. Para participar é preciso estar filiado à sigla, ser brasileiro, ter no mínimo 18 anos e pagar uma taxa de R$ 350. O Novo quer lançar, no mínimo, 20 candidatos à Câmara Municipal.

Foto: Divulgação
  -  

Filho do deputado Tin Gomes deve ser candidato a vereador em Fortaleza

O deputado estadual Tin Gomes (PDT) quer lançar o filho, empresário Adams Gomes, para ser candidato a vereador em Fortaleza neste ano. Atualmente, ele está filiado ao PHS, partido que foi incorporado ao Podemos. No entanto, Tin disse que está “analisando” filiar Adams ao PDT para a disputa.

Foto: Divulgação
  -  

Capitão Wagner promete legalizar a situação dos comerciantes da Granja Portugal

Em caminhada pelo bairro Granja Portugal, nesta segunda-feira (26), Capitão Wagner (Pros) conversou com a população e prometeu regularizar a situação dos comerciantes locais. “Muitos negócios não têm alvarás e têm dificuldade de acessar as linhas de crédito e participarem de licitações por conta dessa falta de documentação e adequação”.

Foto: Divulgação
  -  

Justiça proíbe que coligações de Caririaçu realizem atos que gerem aglomerações

A Justiça Eleitoral determinou, na sexta-feira (23), que as coligações do município de Caririaçu abstenham-se de promover aglomerações em atos eleitoral. Caso descumpram a decisão, as coligações serão multadas em R$ 50 mil. Os partidos também devem, em até 24 horas, fazer a publicidade das medidas prevenção à Covid-19 a todos os seus militantes.

  -  

Polícia Federal simula fiscalização de ilegalidades nas eleições com uso de drones

A Polícia Federal vai testar na manhã de terça-feira (27) drones que serão utilizados na fiscalização das eleições municipais do Ceará. Os equipamentos devem servir para impedir práticas ilegais e registrar irregularidades no dia da votação. De acordo com a PF, os equipamentos têm zoom capaz de identificar atividades suspeitas e placas de carro com nitidez.

Foto: Divulgação/PF
  -  

Em primeiro ato público após se recuperar da Covid-19, Camilo volta a criticar Capitão Wagner

Em sua primeira aparição pública após se recuperar da Covid-19, o governador Camilo Santana (PT) reforçou críticas ao candidato do Pros, Capitão Wagner. “Ele andou dizendo que eu só estava falando nas redes, mas quero dizer em bom tom: que ele assuma a responsabilidade enquanto um dos líderes dos motins que desestabilizaram a segurança e geraram pânico à população”.

Foto: José Leomar
  -  

PontoPoder Cafezinho: Podcast entrevista candidato Samuel Braga

O podcast PontoPoder Cafezinho iniciou, nesta segunda-feira (26), ciclo de entrevistas com os candidatos à Prefeitura de Fortaleza. O primeiro entrevistado foi Samuel Braga (Patriota). O conteúdo é feito em parceria com a Verdinha AM 810. As entrevistas serão divulgadas de segunda a sexta. Confira aqui:

  -  

Candidatos à Prefeitura de Fortaleza assinam documento que estabelece 30 compromissos pela criança e pela adolescência

Cinco candidatos à Prefeitura de Fortaleza e dois vices marcaram presença no Ministério Público Estadual, nesta segunda (26), para assinatura do documento “30 compromissos pela criança e pela adolescência“. O texto aponta políticas públicas na questão social, educação, saúde, família, entre outras áreas, que devem ser prioridade na gestão municipal.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Fim de semana tem troca de farpas entre chapas do PDT e do PT em Fortaleza

Após veiculação de inserção da coligação liderada por Sarto Nogueira (PDT) listando avaliações negativas sobre a gestão da ex-prefeita Luizianne Lins (PT), a chapa petista reagiu. “Uma campanha sem propostas reais. As pessoas esperam ser cuidadas pelo poder público e não ataques mentirosos”, disse Luizianne nas redes sociais.

Foto: Isanelle Nascimento/Agência Diário
  -  

Filiado ao PP, deputado Apóstolo Luiz Henrique anuncia apoio a candidatura de Capitão Wagner

O deputado estadual Apóstolo Luiz Henrique (PP) anunciou apoio à candidatura de Capitão Wagner (Pros) para a Prefeitura de Fortaleza. O PP, partido de Luiz Henrique, integra a coligação de Sarto Nogueira (PDT). O parlamentar, segundo sua assessoria, comunicou a decisão ao partido, que compreendeu a posição. Apóstolo é líder de uma igreja na Capital.

Foto: José Leomar
  -  

Capitão Wagner diz que vai revogar Lei dos Alvarás e tornar taxa definitiva, mas precisará de apoio na Câmara

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), fez uma caminhada, nesta segunda (26), pela Granja Portugal. Ele disse que uma de suas primeiras medidas em uma futura gestão será revogar a Lei dos alvarás, que hoje é pago anualmente, e tornar a taxa definitiva. Para isso, precisará de apoio da Câmara, formada hoje por maioria governista.

  -  

Capitão Wagner quer “flexibilizar” regularização de empresas em Fortaleza e criar conselho econômico

Em visita à Granja Portugal, o candidato à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (Pros) disse que quer “flexibilizar” a regularização de empresas e estabelecer novas regras para a abertura de negócios. Questionado sobre as medidas, Wagner disse que vai criar um conselho econômico no gabinete para discutir medidas com o setor produtivo.

Foto: Isanelle Nascimento