-  

Câmara aprova projeto de lei que reconhece templos religiosos como atividade essencial em Fortaleza

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou, nesta quinta-feira (18), projeto do vereador Ronaldo Martins (Republicanos) que reconhece igrejas e templos religiosos de qualquer crença como atividades essenciais. A medida permite a imposição de restrições de pessoas pelas autoridades sanitárias. A matéria segue para sanção do prefeito José Sarto (PDT).

  -  

Vereador articula grupo técnico na Câmara Municipal para discutir retomada das academias

O vereador de Fortaleza, Danilo Lopes (Podemos), autor do projeto que tornou as academias atividade essencial na Capital, articula a criação de um grupo técnico na Câmara Municipal para discutir o retorno dos estabelecimentos na pandemia. O prefeito José Sarto (PDT) estipulou prazo de 30 dias para regulamentar a lei e criar as regras de funcionamento.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Sarto sanciona leis que consideram atividades físicas e cultos religiosos como essenciais na Capital

O prefeito José Sarto (PDT) sancionou, nesta quinta-feira (11), as leis que consideram essenciais os cultos religiosos e atividades físicas em Fortaleza. Nos próximos 30 dias, os textos serão regulamentados de acordo com os decretos estaduais já vigentes. “O momento é grave […]. Não podemos expor ao vírus nossa gente tão ávida por conforto espiritual”, disse o gestor.

  -  

Votação de projeto que reconhece igrejas como atividade essencial no Ceará não avança na Assembleia

Há algumas semanas, a votação do projeto de lei que determina as atividades religiosas como essenciais no Estado vem sendo adiada nas comissões da Assembleia Legislativa. A proposta apresentada pela bancada religiosa não é consenso na base aliada do governador. Nesta quarta-feira (10), outro deputado, Marcos Sobreira (PDT), pediu mais tempo para analisar a matéria.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

TRE cassa chapa de candidatos a vereador em Nova Russas por candidaturas fictícias de mulheres

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) cassou mais uma chapa de candidatos a vereador por fraude à cota de gênero. Desta vez, os suplentes e um vereador eleito pelo PDT em Nova Russas tiveram seus registros e diploma cassados após investigações apontarem que as três candidatas do partido não realizaram atos de campanha nas eleições de 2020.

  -  

Assembleia sugere auxílio financeiro para responsáveis por crianças com doenças raras na pandemia

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (13), projeto de indicação que estabelece auxílio financeiro para mães ou responsáveis por crianças portadores de doenças raras durante a pandemia da Covid-19. De autoria do deputado Queiroz Filho (PDT),  a proposta, que sugere benefício de R$ 600 mensais, será enviada como sugestão ao Governo do Estado.

  -  

Na semana na enfermagem, deputados estaduais defendem novo piso para a categoria no Ceará

Teve apoio hoje, na AL-CE, a proposta de reajuste do piso salarial da enfermagem, na semana de homenagem à categoria. Autora do PI nº 127/21, Augusta Brito (PCdoB) lembrou que esses profissionais estão na linha de frente contra a Covid-19 com grande exposição. A matéria abrange trabalhadores de nível superior e técnico de instituições públicas ou privadas.

Foto: Júnior Pio
  -  

Tasso defende urgência de projeto para compra de vacinas por estados, municípios e iniciativa privada

O senador Tasso Jereissati (PSDB) pediu urgência na votação de proposta que permite a compra de vacinas contra a covid-19 por estados, municípios e iniciativa privada. As doses, no entanto, só poderiam ser comercializadas após a vacinação dos grupos prioritários. “Não existe nada mais urgente neste País do que essa questão de vacina”, disse Tasso.

  -  

“Os psicopatas que maltratam animais não têm medo de serem punidos. Isso vai mudar”, diz Célio Studart após nova lei

“Nossa legislação é muito branda e não coíbe esse tipo de crime. Os psicopatas que maltratam animais não têm medo de serem punidos e, por isso, temos essa quantidade absurda de animais agredidos, abandonados entre outros. Isso vai mudar com a aprovação de uma lei mais severa”

Deputado federal Célio Studart (PV), presidente da comissão especial da Câmara que debateu o Projeto de Lei 1095/19 que endurece que aumenta pena para maus-tratos contra cães e gatos. A medida foi aprovada pelo Senado e vai à sanção presidencial.

  -  

Governador envia à Assembleia projeto que cria Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos

O governador Camilo Santana (PT) enviou, nesta quarta-feira (19), um projeto de lei para a Assembleia Legislativa que cria a Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos no Ceará. Pelo texto, o órgão ficará localizado em Fortaleza e será responsável por investigar o uso indevido de recursos tecnológicos em crimes cibernéticos e identificar os suspeitos.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Deputado quer incluir atividades religiosas como essenciais durante calamidade pública

O deputado estadual Tony Brito (Pros) apresentou projeto para proibir o fechamento de templos religiosos durante qualquer período no Estado. A medida teria efeito caso houvesse necessidade de novo “lockdown”. Na 4ª fase de reabertura, os templos, que ficaram fechados até 22 de junho, podem funcionar com uma pessoa a cada sete metros quadrados.

Foto: José Leomar
  -  

‘Sou uma base independente’, diz Dra. Silvana sobre divergências quanto a medidas de isolamento

“Sou uma base independente, faço situação para representar os interesses do meu povo, que é da igreja. Fui reclamar com o governador para abrir as igrejas. No comitê de crise não tem um representante da fé. Até agora não fui atendida. Estou magoada.”

Dra. Silvana (PL), sobre cobranças ao Governo do Estado para incluir templos religiosos no decreto que autoriza a abertura de serviços essenciais.

Foto: Junior Pio
  -  

Juiz determina cassação do prefeito e vice de Barro por abuso de poder político-econômico e aglomerações

O juiz da 92ª Zona Eleitoral, Luzinaldo Alves Alexandre, cassou os diplomas do prefeito de Barro Dr. Marquinélio (PSD) e do vice Vanderval (PSD) por abuso de poder político-econômico nas eleições de 2020. O prefeito teria utilizado a máquina pública para fazer contratações ilegais. Eles também foram condenados por provocar aglomerações. Ainda cabe recurso.

  -  

“Só tem sentido a candidatura com desprendimento”, diz Tasso sobre campanha presidencial

Questionado se seria candidato à presidência em 2022, Tasso Jereissati (PSDB) reforçou que a legenda estuda a possibilidade. “Meu nome foi colocado como um articulador em função da vivência de ter um relacionamento com vários políticos. Só tem sentido a candidatura com desprendimento e visão do que é melhor para o país”, disse à TV Assembleia.

  -  

Defendendo independência, Eduardo Girão nega blindagem a Bolsonaro na CPI da Covid

Em entrevista à TV Assembleia, nesta segunda (17), o senador Eduardo Girão (Podemos) negou blindagem a Bolsonaro na CPI da Covid. Eles concordam sobre tratamento precoce, mas Girão diz ser “independente” e contra aglomerações. “Mas temos que ser justos, né? Todos os depoimentos (na CPI) evidenciam que não houve corrupção. Erro tem em qualquer governo”.

Foto: Reprodução/TV Assembleia
  -  

Prefeito de Fortaleza recebe segunda dose da vacina contra Covid-19 em mutirão

O prefeito José Sarto (PDT) recebeu hoje a 2a dose da vacina contra a Covid-19 no mutirão realizado pela Prefeitura no Centro de Eventos. Segundo ele, mais de 26 mil pessoas receberam a 2a dose só neste domingo (16). Outros políticos, como o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o deputado federal Leônidas Cristino (PDT), também foram imunizados com a 2a dose hoje.

Foto: Divulgação
  -  

“Honrou tradição política do também inesquecível Mário Covas”, diz Tasso sobre morte de Bruno Covas

O sen. Tasso Jereissati (PSDB), em homenagem ao prefeito Bruno Covas, que morreu hoje (16), disse que o tucano “nos deixa exemplo de dignidade e coragem. Perdemos um grande gestor e homem público que honrou a tradição política do também inesquecível Mário Covas, com um legado de realizações e conquistas”. Bruno é neto do ex-governador Mário Covas.

Foto: Reprodução/Instagram Tasso Jereissati
  -  

Bruno Covas deixa “exemplo de inegável abnegação”, diz prefeito de Fortaleza, José Sarto

O prefeito José Sarto (PDT) também usou as redes sociais para homenagear o prefeito Bruno Covas, que morreu neste domingo (16): “Lutou com força, dignidade e transparência. Demonstrou espírito público trabalhando pela população paulistana enquanto a saúde permitiu. Deixa como legado os serviços prestados à São Paulo e o exemplo de inegável abnegação”.

Foto: Agência Brasil
  -  

Camilo Santana lamenta morte do prefeito Bruno Covas: “incansável no combate à pandemia”

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), lamentou, pelas redes sociais, a morte do prefeito interino de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), vítima de um câncer, neste domingo (16). “Mesmo sofrendo com a doença, ele foi um lutador incansável no combate à pandemia da Covid. Meus sentimentos aos familiares, amigos e ao povo paulistano”, escreveu o governador.

  -  

Ceará recebe doses extras de CoronaVac após decisão da Justiça Federal

O Governo do Ceará recebeu, neste sábado (15), 25.020 doses extras de CoronaVac determinadas pela Justiça Federal, em ação movida pelo Estado em parceria com MPE, MPF, MPT, Defensoria Pública do Estado (DPE) e da União (DPU). “As vacinas serão utilizadas para concluir a aplicação em atraso da segunda dose dos cearenses”, disse Camilo Santana (PT).

  -  

Prefeitura de Limoeiro do Norte lança nota de repúdio contra a vice-prefeita

A Prefeitura de Limoeiro do Norte repudiou suposta “distorção de fatos” feita pela vice-prefeita Dilmara Amaral (PDT), alegando que precisou realocar a Vice-Prefeitura para a Secretaria da Educação. No prédio desocupado, passou a funcionar a Procuradoria do Município, órgão que exigia espaço acessível à população. Ainda segundo a nota, Dilmara Amaral rejeitou a mudança.

  -  

Justiça Eleitoral marca novas eleições para prefeito em Martinópole para agosto de 2021

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) marcou, nesta sexta-feira (14), a data para eleição suplementar em Martinópole. Os eleitores voltam as urnas no dia 1° de agosto para escolher prefeito e vice. O gestor municipal eleito em 2020, James Bell (PP), foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa e teve o registro de candidatura indeferido.

Foto: Agência Brasil