Walter Cavalcante e Agenor Neto desistem de licença da Assembleia por falta de acordo com suplentes

Os deputados Walter Cavalcante e Agenor Neto, ambos do MDB, desistiram de tirar licença da Assembleia Legislativa e retiraram os requerimentos de tramitação. O Republicanos, partido de Gelson Ferraz, terceiro suplente da coligação, não aceitou liberar a vaga para o outro suplente do MDB, Rafael Branco, assumir. Resumindo, nada de acordo.

Deputado Marcos Sobreira vai disputar Prefeitura de Iguatu

Acabou o mistério. É o deputado estadual Marcos Sobreira (PDT) que vai disputar a Prefeitura de Iguatu neste ano. Havia uma articulação para a mãe, Mirian Sobreira (PT), ser a candidata. A família dos Sobreira é tradicional no Município, assim como a do deputado Agenor Neto (MDB), que também vai ser candidato. Os dois já estiveram na gestão. Veremos se um deles vai voltar.

Foto: Saulo Roberto

MDB vive impasse sobre suplentes de Walter Cavalcante e Agenor Neto na Assembleia

As licenças da Assembleia Legislativa dos deputados Walter Cavalcante e Agenor Neto, ambos do MDB, estão dando o que falar dentro do partido e nem foram votadas. O impasse é entre os suplentes. Alguns não estão querendo abrir mão da sua vez para o colega assumir a vaga. As negociações são para entrar um suplente do MDB e outro de um partido da coligação.

Foto: José Leomar

Agenor Neto ficou no MDB e com o controle do PSB em Iguatu de olho nas eleições

O deputado Agenor Neto ficou no MDB. Ele tentava ir para o PSB, de olho na eleição em Iguatu. No fim das contas, a sigla pessebista acabou nas mãos do seu grupo político. O filho, Ilo Neto, e o ex-prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, se filiaram ao PSB. Um deles será candidato a prefeito do município contra o grupo da ex-deputada Mirian Sobreira.

Deputado federal Roberto Pessoa anuncia afastamento do mandato de deputado federal

O deputado federal Roberto Pessoa (PSDB) anunciou, nesta terça-feira (16), o afastamento do mandato na Câmara dos Deputados. Ele se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em Brasília, para pedir apoio a projetos. O tucano é pré-candidato à Prefeitura de Maracanaú. Quem assume a vaga no Parlamento é o ex-deputado Danilo Forte (PSDB).

O fico de Duquinha: quem vai tirar licença para ele continuar na Assembleia?

O deputado Duquinha (PDT) vive um impasse na Assembleia: quem será o próximo deputado da base aliada que vai tirar licença pra ele continuar no mandato? Ele é suplente e o acordo que existe é de manter um rodízio de licença entre os aliados para mantê-lo deputado. Duquinha está hoje no lugar de Leonardo Pinheiro (PP). Guilherme Landim (PDT) vem sendo cotado para se licenciar.

Danniel Oliveira tira licença da Assembleia; Davi de Raimundão assume a vaga

Os deputados acabam de aprovar a licença de 120 dias do deputado Danniel Oliveira (MDB). No seu lugar, fica o suplente Davi de Raimundão, filho do ex-prefeito de Juazeiro do Norte Raimundão. Davi já estava exercendo a suplência no lugar de Leonardo Araújo, que reassumiu o mandato.

Foto: Divulgação

Heitor Ferrer e Walter Cavalcante fazem planejamento de campanha na sede do MDB em Fortaleza

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Heitor Férrer (SD) e o candidato a vice Walter Cavalcante (MDB) estão reunidos, nesta segunda (21), na sede do MDB em Fortaleza planejando a campanha que começa no próximo domingo (27). Como os dois são parlamentares há vários mandatos, vão apostar na ideia: “compromisso e experiência fazem a gestão”.

Foto: Natinho Rodrigues

“É meu irmão, mas não vai ter meu voto”, diz Frota Cavalcante sobre aliança de Walter com Heitor Férrer

“É meu irmão, mas não vai ter o meu voto. Se ele fosse o cabeça de chapa eu votava nele”

Vereador Frota Cavalcante (PSD) sobre indicação do nome do irmão pelo MDB, Walter Cavacante, para compor a chapa de Heitor Férrer (SD) na disputa em Fortaleza. Desconforto em família.

Foto: Alex Costa

Alinhado à direita, Gaudêncio Lucena se distanciou do MDB em Fortaleza e não esteve na convenção

O MDB decidiu apoiar Heitor Férrer (SD) na corrida à Prefeitura de Fortaleza, mas saiu dividido após o embate. Uma das ausências na convenção do partido na manhã desta terça-feira (15), foi a do ex-vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena, que já havia se distanciado do partido. Ele agora está mais alinhado à direita.

Walter Cavalcante quer usar experiência na gestão de Juraci Magalhães para campanha de Heitor Férrer

O deputado estadual Walter Cavalcante, candidato a vice na chapa de Heitor Férrer (SD) à Prefeitura de Fortaleza, vai usar a experiência que teve na gestão do ex-prefeito Juraci Magalhães como articulador político. Já sugeriu a Férrer, por exemplo, investimento em políticas habitacionais de assentamento caso seja eleito na disputa de novembro.

Foto: Fabiane de Paula

Walter Cavalcante será o candidato a vice de Heitor Férrer na disputa pela Prefeitura de Fortaleza

O deputado estadual Walter Cavalcante será o candidato a vice de Heitor Férrer (Solidariedade) na eleição para Prefeitura de Fortaleza. O MDB, que estava sendo cortejado por PT e Pros, definiu ontem (14) à noite apoiar Férrer na disputa. Emedebistas apostam no discurso para a chapa: nem esquerda, nem direita, mas de centro.

Foto: Foto: Bruno Gomes

Deputado Walter Cavalcante deve tirar licença da AL para se dedicar à eleição em Fortaleza

O deputado Walter Cavalcante (MDB) apresentou requerimento na Assembleia Legislativa para tirar licença das atividades a partir de agosto. Agora, o MDB trabalha para que o empresário Rafael Branco (MDB), do Crato, possa assumir. Ele é o quarto suplente do partido. Walter está se licenciando para cuidar de candidaturas do MDB em Fortaleza e não descarta aliança com o PT.

Foto: Reprodução/Instagram

Candidatos em Varjota são alvos de ação do MPCE por aglomeração em convenções

O MPCE ajuizou ação, em Varjota, contra a candidata do MDB, Rosa Paulino, o candidato do PDT, Elmo Monte, e os respectivos presidentes de cada coligação por aglomerações em convenção. O MPCE pediu que eles não promovam ato que envolva a população sob pena de R$ 100 mil por evento. Também foi pedida reparação por dano material e moral de R$ 500 mil para cada.

Foto: Divulgação

Capitão Wagner recebe apoio de ex-governador Gonzaga Mota na disputa em Fortaleza

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (Pros) recebeu o apoio do ex-governador do Estado Gonzaga Mota durante encontro na residência dele, nesta terça-feira (22). “É professor, um grande economista, seu apoio e suas orientações serão de grande valia para o projeto que estamos propondo”, avalia Wagner, ao destacar a experiência de gestão do ex-chefe do Executivo.

Foto: José Leomar

Chega à AL projeto que aumenta repasse de ICMS para municípios com melhores índices de Saúde

Já está na Assembleia projeto de lei do Governo do Estado que muda as regras de distribuição do ICMS para os municípios cearenses. A principal alteração aumenta de 5% para 15% o repasse da verba para as prefeituras que melhorarem os índices de Saúde. O percentual de repasse para as cidades que alcançarem bons resultados na Educação permanece em 18%.

Foto: Thiago Gadelha

Justiça afasta ex-prefeito de Nova Russas de cargo em partido por falsificar documentos

A juíza eleitoral da 48ª Zona, Rafaela Benevides, determinou o afastamento do ex-prefeito de Nova Russas, Marcos Alberto, do cargo de presidente municipal do PSD, entre outras medidas, por falsificar documentos. Segundo denúncia do Ministério Público do Ceará, ele filiou pessoas sem o consentimento delas. Marcos tem 10 dias para responder às acusações.

Foto: Divulgação

Sarto se aproxima de vereadores da base aliada do prefeito Roberto Cláudio de olho na campanha

O candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, Sarto Nogueira, se reuniu, na noite da última segunda (21), com vereadores da base aliada do prefeito Roberto Cláudio (PDT). O presidente da Câmara Municipal, Antônio Henrique (PDT), participou do encontro que é estratégico. Os vereadores são alguns dos principais cabos eleitorais no pleito municipal.

Foto: Fabiane de Paula

PSL no Ceará deverá receber R$ 8 milhões do fundo eleitoral

Dos R$ 199,4 milhões destinados ao PSL do Fundo Eleitoral, pelo menos, R$ 8 milhões serão enviados ao Ceará, segundo o presidente do partido no Estado e candidato a prefeito de Fortaleza, Heitor Freire. Esta semana está sendo decisiva para os diretórios nacionais definirem como e quanto vai distribuir da verba para os diretórios estaduais.

Foto: Reprodução

Candidato pelo PCdoB, Anízio Melo declara R$300 mil em bens à Justiça Federal

A declaração de bens do candidato a prefeito Anízio Melo (PCdoB) totaliza patrimônio de R$ 300 mil. Na lista de bens disponível no Divulgacand do candidato, consta apenas apartamento financiado, com previsão de entrega para 2023, que está avaliado em R$ 300 mil. Em 2018, quando foi candidato a deputado federal, ele não declarou bens à Justiça Eleitoral.

 

 

Heitor Freire declara patrimônio de R$ 447 mil à Justiça Eleitoral

Candidato a prefeito de Fortaleza, Heitor Freire (PSL) declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 447 mil – dentre imóvel, investimentos e dinheiro em espécie. Em relação a 2018, quando foi eleito deputado federal, Freire teve uma redução no patrimônio, de acordo com os dados no Divulgacand. Há dois anos, o parlamentar declarou R$ 1,09 milhão em bens. 

Candidato a prefeito de Fortaleza, Célio Studart declara patrimônio de R$ 15,4 mil

Candidato a Prefeitura de Fortaleza, Célio Studart (PV) declarou um patrimônio de R$ 15.429 em bens na Justiça Eleitoral. Na lista dos patrimônios que constam no Divulgacand, está um automóvel e a caderneta de poupanças. A declaração é pouco maior do que a feita por Studart em 2018, quando foi eleito em 2018 – na época, ele afirmou ter R$ 11.500 em bens.

Foto: José Leomar

Eleições na capital: Renato Roseno, do Psol, declara R$ 373,3 mil em bens à Justiça Eleitoral

Candidato a prefeito de Fortaleza, Renato Roseno (Psol) declarou patrimônio de R$373.313,37 à Justiça Eleitoral. Na lista de bens do parlamentar, consta os saldos em instituições bancárias, automóvel, além de apartamento financiado – segundo especificação no Divulgacand, existiria saldo devedor de R$189 mil em relação ao imóvel,