-  

Vice-governadora do Ceará discute os desafios da área educacional na pandemia com ex-ministros da Educação

A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, participa nesta quinta-feira (25) de debate para discutir os impactos causados pela pandemia da Covid-19 na educação no País. Promovido pelo Observatório da Democracia, o encontro virtual também irá contar com a participação de quatro ex-ministros da Educação, como Cristovam Buarque e Aloizio Mercadante.

  -  

Novo Fundeb: Comissão de Educação da Assembleia envia manifesto ao Congresso Nacional

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Queiroz Filho (PDT), enviou manifesto ao Congresso favorável à aprovação da PEC que cria o Novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O recurso é esperado pelos governadores e prefeitos para manter investimentos na educação.

Foto: José Leomar
  -  

Câmara Municipal de Fortaleza aprova crédito especial de R$ 17 milhões para a educação

Vereadores aprovaram nesta quinta-feira (2) mensagem do prefeito Roberto Cláudio (PDT) que autoriza a abertura de crédito especial no valor de R$ 17 milhões para a educação. O objetivo é manter a distribuição de kits alimentares para os mais de 230 mil estudantes matriculados na rede. O recurso virá da publicidade, locação de veículos e afins.

 

  -  

Proposta que cria o PDDE-Saúde foi bem recebida por representantes do Governo, afirma deputado

A proposta do PDDE-Saúde já foi, inclusive, apresentada a representantes da Casa Civil e da Economia, que, segundo o deputado, foram receptivos à medida. Na última quinta-feira (23), Idilvan e Dorinha estiveram com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e técnicos do Governo para tratar do Novo Fundeb.

  -  

Izolda Cela assume Governo do Ceará pelos próximos dez dias

A vice-governadora Izolda Cela assume, até o dia 30 de janeiro, o Palácio da Abolição na ausência do governador Camilo Santana. O petista tirou dez dias para descansar com a família. A assessoria informou que, por ser um período de descanso de Camilo, não tem mais informações sobre a licença.

Foto: Kléber Gonçalves
  -  

TRE julga improcedente ação de abuso de poder econômico contra Camilo, Izolda e Eunício em 2018

O TRE-CE julgou improcedente ação de abuso de poder econômico ingressada pela coligação “Tá na hora de mudar”, do então candidato ao Governo do Estado, General Theophilo (PSDB), nas Eleições de 2018, contra o governador Camilo Santana (PT), a vice Izolda Cela e o então candidato à reeleição, senador Eunício Oliveira.

Foto: Helene Santos
  -  

Sarto assume o Governo do Ceará enquanto Camilo prospecta negócios na Europa e na Ásia

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto (PDT), assumirá, nesta terça (10), interinamente, o Governo do Estado, até a próxima semana. Camilo Santana viaja para reuniões de negócios na Europa e na Ásia e a vice Izolda Cela participa de um evento em Cingapura. Será a segunda vez, em menos de dois meses, que Sarto assumirá o Governo.

Foto: José Leomar
  -  

Assembleia Legislativa prorroga ponto facultativo até 16 de agosto

A Assembleia Legislativa prorrogou o ponto facultativo para os servidores até o dia 16 de agosto, por causa da pandemia de Covid-19. A Casa retomou parte das atividades presenciais no fim do mês passado. Por enquanto, as sessões plenárias, em formato híbrido, ocorrem somente às quintas-feiras.

Foto: José Leomar
  -  

‘O Brasil chora diante de um dos momentos mais tristes de sua história’, diz Camilo sobre 100 mil mortes por Covid-19

“Que a incalculável perda dessas mais de 100 mil vidas e a imensurável dor de suas famílias jamais sejam esquecidas. O Brasil chora diante de um dos momentos mais tristes de sua história. Mas precisa ser forte para continuar lutando”.

Governador Camilo Santana, no Twitter, sobre as mais de 100 mil mortes causadas pela Covid-19 no País.

  -  

Temer minimiza polêmica recente entre Gilmar Mendes e militares

Michel Temer minimizou a recente polêmica entre Gilmar Mendes e os militares do Governo, iniciada após o ministro do Supremo afirmar que o Exército estaria se associando a um “genocídio”, referindo-se às mortes da pandemia. “Ele usou uma palavra forte, foi enfático, mas não usou a palavra genocídio no seu significado original”, disse o ex-presidente.

  -  

Agenda de candidatos: Anízio Melo realiza atividade com vereadores no primeiro dia de campanha

Dia 1. No primeiro dia de campanha, Anízio Melo (PCdoB) irá participar de uma atividade com os candidatos a vereador pelo partido no Polo de Lazer Sargento Hermínio, no bairro São Gerardo. O evento ocorre ainda pela manhã, a partir das 10 horas. Antes disso, o candidato tem, na agenda oficial, um café da manhã na casa da mãe.

  -  

Candidato pelo PCdoB, Anízio Melo declara R$300 mil em bens à Justiça Federal

A declaração de bens do candidato a prefeito Anízio Melo (PCdoB) totaliza patrimônio de R$ 300 mil. Na lista de bens disponível no Divulgacand do candidato, consta apenas apartamento financiado, com previsão de entrega para 2023, que está avaliado em R$ 300 mil. Em 2018, quando foi candidato a deputado federal, ele não declarou bens à Justiça Eleitoral.

 

 

Foto: Reprodução
  -  

Heitor Freire declara patrimônio de R$ 447 mil à Justiça Eleitoral

Candidato a prefeito de Fortaleza, Heitor Freire (PSL) declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 447 mil – dentre imóvel, investimentos e dinheiro em espécie. Em relação a 2018, quando foi eleito deputado federal, Freire teve uma redução no patrimônio, de acordo com os dados no Divulgacand. Há dois anos, o parlamentar declarou R$ 1,09 milhão em bens. 

  -  

‘Ele quer que eu me batize novamente?’ diz Heitor Freire sobre ameaça de Férrer por nome na campanha

Em visita à Câmara de Fortaleza nesta quarta (30), o candidato Heitor Freire (PSL) comentou a ameaça do xará, Férrer (SD), também postulante na Capital, sobre o nome de campanha. “Ele quer que me batize novamente? Só pode. Meu nome é Heitor e eu vou usar. Vai ser uma surpresa se ele (Férrer) fizer isso (entrar na Justiça contra Freire)”, frizou.

Foto: Alessandra Castro
  -  

‘Eu não sou candidato do Bolsonaro’, afirma Heitor Freire sobre associação com o presidente

“Eu não sou o candidato do Bolsonaro. O próprio presidente já disse que não tem candidato. Eu sou Heitor, conservador e de direita. (Os outros candidatos) são todos farinha do mesmo saco”

Heitor Freire (PSL), candidato a prefeito, sobre associação com o presidente para a disputa na Capital.

Foto: Alessandra Castro
  -  

Roberto Cláudio disse que trabalha para “entregar” compromissos da gestão e faz planos para quando sair da Prefeitura

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) disse que está “trabalhando contra o tempo” para cumprir prazos e “entregar” os compromissos da gestão. O que ele vai fazer quando deixar q Prefeitura? Planeja estudar fora do País. “Esperando que a pandemia cesse para ter a oportunidade de realizar esse sonho de ficar uns meses escrevendo, lendo, curtindo a família”.

Foto: Helene Santos
  -  

Sarto visitou equipamento da Prefeitura ao lado de Roberto Cláudio e prometeu: “a gente vai cuidar bem”

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT) visitou, nesta quarta (30), o Centro de Referência do Empreendedor no Bom Jardim, equipamento da Prefeitura de Fortaleza, ao lado do do prefeito Roberto Cláudio (PDT). Sarto elogiou o espaço, ressaltou as condições de crédito que a Capital cearense tem no mercado e prometeu manter centros como esse: “a gente vai cuidar bem”.

  -  

‘Se o Camilo quisesse ser de outro partido teria ido”, diz Guilherme Sampaio sobre uso da imagem do governador

“Camilo é do PT e nós temos a gestão dele como referência. Se ele quisesse ser de outro partido teria ido. Ele está no PT por convicção. O mínimo que todo bom governador tem que ter é uma boa relação administrativa com as prefeituras”

Vereador Guilherme Sampaio (PT) sobre o embate pelo uso feito por Luizianne da imagem do governador.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Homem sem máscara tira foto com Sarto, mas aliados percebem e o entregam uma para repetir imagem

Na agenda desta quarta (30), um homem pediu uma foto com o candidato à Prefeitura de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT) e o prefeito Roberto Cláudio (PDT), mas os aliados perceberam que o senhor estava sem máscara. Para não deixá-lo na mão, a equipe de campanha rapidamente conseguiu uma máscara para o homem e uma nova foto foi tirada. Com a pandemia não se brinca.

  -  

‘A declaração dele só confirma o que todo mundo já sabe’, diz Esio Feitosa sobre fala de Camilo em apoio a Roberto

“Essa declaração do Camilo só confirma o que todo mundo já sabe, que o governador está alinhado administrativamente e politicamente à nossa gestão”

Vereador Ésio Feitosa (PSB), líder do prefeito na Câmara, sobre resposta do governador em apoio a gestão de Roberto Cláudio e ao PDT após ser questionado sobre uso da imagem dele na campanha de Luizianne (PT).

Foto: Érika Fonseca/CMFor
  -  

Heitor Ferrer quer “facilitar” licenciamento e alvarás para instalação de empresas em Fortaleza

“Prefeitura não gera emprego e renda, estimula a inciativa privada a empreender. Não vamos vender ilusão. Temos que facilitar a burocracia”.

Heitor Ferrer (SD), candidato a prefeito de Fortaleza ao reforçar que quer “facilitar” licenciamento e alvarás para empresas se instalarem em Fortaleza. Só assim, segundo ele, é que o emprego será gerado.

  -  

Heitor Ferrer diz que entrará com ação contra Heitor Freire por confusão com nomes na campanha

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Heitor Ferrer (SD) criticou o adversário Heitor Freire (PSL) por usar apenas o nome “Heitor” na campanha e disse que vai acionar a Justiça contra ele. “Ele está usando numa pura intenção de enganar o eleitor. Ele tem que se apresentar como Heitor Freire. Da mesma forma eu: Heitor Férrer. A Justiça terá que dar uma correção”.

  -  

“De lei”: Heitor Ferrer e Walter Cavalcante comem pastel com caldo de cana no Centro

Antes de começar a andança nas ruas do Centro, nesta quarta (30), o candidato à Prefeitura de Fortaleza Heitor Ferrer (SD) e o candidato a vice Walter Cavalcante (MDB) pararam pra comer um pastel e tomar caldo de cana. Esse é um programa “de lei”, quase obrigatório, dos candidatos a qualquer cargo em época de campanha na Capital.

Foto: Helene Santos