Faltou solidariedade: vereadores em lados opostos em Sobral

O partido Solidariedade está numa sinuca de bico na Câmara Municipal de Sobral. Elegeu três vereadores para serem oposição. Um deles pulou para a base aliada. É Romário Araújo, que está preso acusado de estelionato. E agora, o correligionário Giu Vasconcelos deve representar contra o colega na Comissão de Ética na Câmara. É a política no Interior.