Foto: Isanelle Nascimento

Assembleia está criando dispositivo para garantir segurança nas votações secretas virtuais

A Assembleia Legislativa segue com os testes para a realização de votações secretas remotas, pela primeira vez na história do Legislativo cearense, e assim colocar em votação no plenário o processo por quebra de decoro contra André Fernandes (PSL). Para identificar possíveis fraudes no sigilo do voto, está em criação uma marca d’água na tela de votação.