-  

Em meio a pressões, líder do governo descarta retirar a reforma da Previdência do Estado

“A retirada está fora de cogitação”.

Deputado Júlio César Filho (Cidadania), líder do governo na Assembleia, nesta terça (17), em meio a críticas da oposição e pressão de servidores para retirar a urgência dos projetos de reforma da Previdência estadual. Projeto pode ser votado ainda antes do Natal.

Foto: José Leomar
  -  

Governistas reclamam de colegas após votação de urgência da PEC da Previdência na Assembleia

Deputados da base ficaram constrangidos, hoje (17), e reclamaram com o líder do governo Júlio César Filho (Cidadania) na votação de um requerimento para dar urgência à tramitação da PEC da Previdência estadual. Ao todo, oito aliados, incluindo os do PT e PC do B, que estavam no plenário, votaram para derrubar a urgência. Os que deram a “cara a bater” lamentaram.

  -  

Deputados pedem urgência em tramitação da Previdência estadual e causam polêmica

Três presidentes de comissões técnicas da Assembleia pediram urgência em mais de 20 mensagens do Governo que tramitam na Casa. O projeto da Previdência estadual está no bolo. Acrísio Sena (PT) assinou o pedido, mas disse que não sabia que a Previdência estava no meio e vai retirar seu nome. Nas redes sociais, há críticas à urgência.

Foto: José Leomar
  -  

Assembleia aprova urgência para projeto que cria 165 cargos comissionados no Ministério Público

A Assembleia Legislativa aprovou pedido de urgência, nesta quinta (24), para tramitação do projeto de lei, enviado pelo Ministério Público, que cria 165 cargos comissionados. Segundo o líder do Governo, deputado Júlio César Filho (Cidadania), que pediu a urgência, o incremento dos cargos não aumenta gastos no MP.