-  

Cassação do prefeito de Granjeiro deve ser votada na próxima quarta (20) na Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Granjeiro marcou para a próxima quarta (20), às 9h, votação do processo de cassação do prefeito Ticiano Tomé. A comissão processante deu parecer favorável. Ticiano e o pai, Vicente Félix, já foram apontados como suspeitos de envolvimento na morte do ex-prefeito João Gregório. Dos 9 vereadores de Granjeiro, 3 são aliados de Ticiano.

  -  

Um mês após morte de prefeito, secretariado da nova gestão de Granjeiro ainda não está completo

Um mês após o assassinato do então prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, a nova equipe administração municipal, sob o comando de Ticiano Tomé (foto), ainda não está completa. De acordo com o portal da Prefeitura de Granjeiro, das dez secretarias, em apenas seis houve a nomeação dos titulares: Administração, Agricultura, Assistência Social, Desenvolvimento Econômico, Educação e Esporte. Já nas secretarias de Cultura, Obras e Serviços Públicos, Pesca, Planejamento e Finanças, Meio-Ambiente, além da Procuradoria Geral do Município, não há titulares nomeados.

  -  

Prefeito de Granjeiro nega envolvimento na morte do antecessor e diz confiar na Justiça

O prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé, suspeito de envolvimento na morte do antecessor, João Gregório Neto, quebrou o silêncio, nesta tarde de sexta (10), a respeito do crime. Ticiano nega qualquer envolvimento no assassinato e diz que “estão tentando  destruir a mim, minha família e minha administração”. O gestor diz confiar na Polícia e na Justiça.

Foto: Divulgação
  -  

Empossado, novo prefeito de Granjeiro promete normalizar serviços de saúde após morte de João do Povo

“A população e a cidade não podem parar nem pagar pela vacância de mais de 3 dias. Temos de sentar hoje e dar prioridade à Saúde”

Ticiano Tomé (PSDB), empossado prefeito de Granjeiro, após o assassinato de João do Povo. Ele elencou como prioridade reativar os serviços de saúde, prejudicados por recusa dos fornecedores de combustível às ambulâncias.

Foto: Bruna Vieira
  -  

Mais secretários de Granjeiro devem deixar os cargos até a posse de Ticiano Tomé

Mais secretários da Prefeitura de Granjeiro devem deixar os cargos até a posse do vice-prefeito, Ticiano Tomé (PSDB), no comando do Executivo municipal. O motivo? Divergências políticas. O que circula nos bastidores é que, com a morte do prefeito João Gregório Neto (PL), o João do Povo, aliados dele não são bem vistos pelo grupo comandado por Vicente Tomé, pai de Ticiano.

Foto: Instagram/Prefeitura de Granjeiro
  -  

Posse de vice-prefeito de Granjeiro é marcada para esta sexta-feira (27)

A posse do vice-prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé (PSDB), como chefe da Prefeitura foi marcada para esta sexta (27), às 15h. Segundo o presidente da Câmara Municipal, Luiz Márcio Pereira, a cerimônia iria ocorrer na segunda (30), mas foi antecipada devido à “necessidade”. Tomé assume após o prefeito da cidade do Cariri, João Gregório Neto, ser assassinado.

  -  

Vereadores de Granjeiro devem definir posse de vice-prefeito na quinta, 26

Vereadores de Granjeiro devem definir na quinta (26) quando será a posse do vice-prefeito do Município, Ticiano Tomé (PSDB). Segundo o presidente da Câmara Municipal, Luiz Márcio Pereira, a decisão ainda não ocorreu devido “a dor do momento”. Tomé assume a Prefeitura após o assassinato do prefeito da cidade, João Gregório Neto, o João do Povo.