Bancada cearense: Danilo Forte assume vaga de Roberto Pessoa na Câmara dos Deputados

Danilo Forte (PSDB) assumiu o mandato de deputado federal nesta quarta-feira (17), em Brasília. Suplente, o tucano voltou à casa, após licença de Roberto Pessoa. Danilo foi deputado federal por dois mandatos, entre 2010 e 2014, e entre 2015 e 2019, eleito pelo MDB. Nas últimas eleições ficou como 1º suplente. “Volto a essa casa para compor a sua agenda”, disse.

Foto: Divulgação

Dr. Agripino deve assumir a vaga de deputado federal no lugar de Capitão Wagner em junho

A partir de junho a bancada federal cearense deve ganhar um novo deputado que vai exercer a suplência : Dr. Agripino Magalhães (Pros). Ele é médico-cirurgião e vai assumir a vaga do deputado Capitão Wagner (Pros) que se licenciará do cargo para trabalhar na sua campanha à Prefeitura de Fortaleza.

Foto: Lucas Barbosa

Ex-deputado Ferreira Aragão segue na fila de espera por uma vaga na Assembleia

O ex-deputado estadual Ferreira Aragão foi um dos pedetistas que marcou presença na convenção do partido, em Fortaleza, neste sábado (5). Quarto suplente na coligação do PDT nas Eleições de 2018, ele disse que segue na fila, esperando que um dos deputados titulares se licencie e ele assuma a vaga.

Foto: José Leomar

Democracia Cristã tem contas de 2016 desaprovadas pelo TRE-CE

O Tribunal Regional Eleitoral desaprovou, na terça (17), a prestação de contas do Democracia Cristã (DC) no Ceará de 2016. À época, o partido era presidido pelo ex-deputado Ely Aguiar. Ele pleiteou vaga na Assembleia em 2018, mas não foi reeleito. Aguiar é o primeiro suplente dos deputados Delegado Cavalcante e André Fernandes, ambos do PSL.

Ferreira Aragão batalha para assumir vaga de deputado suplente na Assembleia

O ex-deputado Ferreira Aragão (PDT) batalha, junto à direção do partido, para um dos colegas tirar licença na Assembleia e ele assumir a suplência. Ele já expressou esse desejo em reunião do PDT com a bancada, mas, até agora, ninguém quis abrir vaga. Ao Ponto Poder, Ferreira disse que segue na “expectativa”.

Foto: Flávio Rovere

Segundo Edilardo Eufrásio (MDB), processos são fruto de rivalidade política

Ocupando cadeira na Assembleia a partir de hoje (20), na vaga do licenciado Agenor Neto (MDB), o ex-prefeito de Tejuçuoca Edilardo Eufrásio (MDB) alega ser intriga da oposição os oito processos por crimes contra Lei de Licitações que responde na Justiça estadual. Um dos processos foi arquivado. Os demais seguem tramitando.