-  

Mais de mil médicos no Ceará pedem que sindicato mude postura em relação à pandemia

Um grupo de 1.113 médicos do Ceará enviou ofício ao Sindicato dos Médicos pedindo mudança de postura na pandemia. O manifesto do coletivo Médicos em Defesa da Vida, da Ciência e do SUS critica a entidade por se “alinhar cegamente ao Governo Federal” e defender “tratamento precoce“, “mesmo diante de um projeto que levou o País à marca de 300 mil mortes”.

  -  

Sindicato acumula denúncias e faz levantamento de médicos sem salários no Ceará

O Sindicato dos Médicos do Ceará (Simec) tem atuado na articulação da categoria com os municípios para assegurar a remuneração diante da troca de gestões. A entidade está recebendo denúncias e montando levantamento das principais cidades. “A situação é problemática, prejudica tanto os profissionais como a população”, diz o presidente do órgão, Dr. Edmar Fernandes.

  -  

MPCE deve se manifestar após 3 de junho sobre denúncia de supostas fraudes em atestados de óbito

O Ministério Público Estadual deve se manifestar após 3 de junho sobre denúncia feita pelo Sindicato dos Médicos de supostas fraudes em atestados de óbitos para Covid-19. Essa data é o prazo final para secretarias estadual e municipal de Saúde enviarem atestados e exames de suspeita de Covid-19 para o MP. O Estado nega a denúncia. O caso está em sigilo.

 

 

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Deputados pedem reunião com Sindicato dos Médicos para esclarecer denúncia sobre falsificação de atestados de óbito

Deputados estaduais aprovaram hoje (14) a convocação de uma reunião com o presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Edmar Fernandes, para esclarecer denúncia feita pela entidade de suposta falsificação de atestados de óbito para a Covid-19 no Estado. A denúncia veio após publicação do deputado André Fernandes (PSL), alvo de processo na Assembleia.