-  

Após citação do nome do presidente, Ciro Gomes pede prudência e severidade na investigação do caso Marielle

Após vir à tona a citação do nome do presidente Jair Bolsonaro por uma testemunha do caso Marielle Franco, o ex-governador Ciro Gomes pediu prudência e severidade na apuração do desdobramento. “É preciso prudência, cautela e um apelo para que as autoridades sejam severas”, disse hoje (30) na Assembleia, onde participou da abertura do II Congresso Cearense de Direito Eleitoral.

Foto: José Leomar