Foto: Junio Pio/AL-CE

Em decisão dividida, TRE-CE aplica multa de R$ 80 mil e livra deputado Sérgio Aguiar da cassação

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará decidiu, hoje, aplicar multa de R$ 80 mil ao deputado Sérgio Aguiar (PDT) e à esposa dele e prefeita de Camocim, Mônica Aguiar, na representação por conduta vedada a agente público. Três integrantes da Corte votaram pela cassação do mandato do deputado mais multa e quatro pela aplicação apenas da multa financeira.

Dois votos na sessão desta terça-feira pediram cassação do mandato

Ontem, o relator, juiz David Sombra, pediu aplicação de multa em R$ 50 mil para cada e rejeitou cassação. Até agora, um voto segue o relator, com aumento da multa para R$ 80 mil. Há outros dois votos pela cassação com aplicação de multa e um pela improcedência da ação. No final de abril, o CNJ deu prazo de 30 dias para que se apure “morosidade injustificada” no caso.

Foto: Junio Pio/AL-CE

Avaliação de representação contra Mônica e Sérgio Aguiar no TRE é adiada para 26 de maio

O juiz Eduardo Scorsafava do TRE-CE pediu vista do processo que trata de representação por conduta vedada a agente público contra o dep. Sérgio Aguiar e esposa dele e prefeita de Camocim, Mônica Aguiar, “para fazer exame da matéria até que possa contribuir para o melhor debate das questões”. Ele se comprometeu a apresentar o voto no dia 26 de maio.

Relator pede aplicação de multa a Sérgio e Mônica Aguiar por conduta vedada, mas rejeita cassação

O juiz David Sombra Peixoto, relator da representação por conduta vedada a agente público contra o dep. Sérgio Aguiar e esposa dele e prefeita de Camocim, Mônica Aguiar, deu hoje parecer pela aplicação de multa de R$ 50 milpor conduta vedada nas Eleições de 2018. O TRE-CE volta a julgar o caso amanhã.

Parecer do relator é para manter mandato do deputado Sérgio Aguiar

Na leitura de seu parecer, David Sombra Peixoto, relator do caso, descartou a cassação de mandato e consequentemente a inelegibilidade de Sérgio Aguiar como punição por suposto benefício no programa criado pela prefeita de Camocim, que resultou na contratação de mais de 500 professores temporários. Para Sombra, a conduta “não foi suficientemente grave”.

Mal começou o ano e sessão na Assembleia é cancelada por falta de deputados

Mal começou o ano legislativo e já se vê o plenário da Assembleia esvaziado. A sessão dessa sexta (7) foi cancelada por falta de deputado. Apenas 12 parlamentares marcaram presença quando são necessários, no mínimo, 16 para iniciar as atividades. Somente Fernando Hugo (PP) e Sérgio Aguiar (PDT) aguardavam pela sessão. Vamos ver ao longo do ano…

Deputado alerta para os impactos, no Ceará, da taxação do aço brasileiro pelos EUA

O anúncio do presidente dos EUA, Donald Trump, de retomada da taxação do aço brasileiro, traz preocupação ao Ceará, por conta da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), como mostra reportagem de hoje do Diário do Nordeste. Na Assembleia, o deputado Sérgio Aguiar (PDT) alertou para riscos. Neste ano, as placas respondem por 47% das exportações cearenses.

Foto: Jéssica Welma

“Só quem pode sugerir a possibilidade de suspeição é o próprio deputado ou a defesa”, diz Sérgio Aguiar

“Vamos nos reunir para que não haja nenhuma contaminação. Só quem pode sugerir a possibilidade de suspeição é o próprio deputado ou a defesa”.

Disse o dep. Sérgio Aguiar (PDT), presidente do Subconselho de Ética, respondendo a críticas do dep. Vitor Valim na tribuna sobre o bate-boca entre Acrísio Sena e André Fernandes. O Subconselho se reúne hoje (27) para votar parecer.