-  

“Governador tem que fazer assim mesmo”, diz Cid sobre apelo a autoridades federais

“Poderia ter uma atitude que já tive como governador, de apelar para as autoridades federais e esperar que as coisas se resolvessem, governador tem que fazer assim mesmo”

Disse o senador Cid Gomes (PDT), em vídeo nas redes sociais, em que convoca os sobralenses a esperá-lo no aeroporto para reunião sobre a crise na segurança. Cid era o governador na greve da PM de 2012.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Prisco Bezerra preside sessão em 1° dia como senador

No primeiro dia como senador efetivo, Prisco Bezerra (PDT), que ocupa temporariamente a vaga de Cid Gomes (PDT), foi surpreendido com convite do senador Confúcio Moura (PMDB) para presidir a sessão. Antes da condução dos trabalhos, Prisco fez o primeiro pronunciamento escolhendo como tema a educação. Ele destacou o resultado do Ceará como exemplo.

Foto: Divulgação
  -  

Maioria dos parlamentares cearenses a favor do aumento do Fundo Eleitoral

Os congressistas derrubaram o veto do presidente Jair Bolsonaro que permitia aumentar o fundo eleitoral. O valor será estipulado na Lei Orçamentária Anual 2020 e pode chegar a R$ 4 bilhões. Cid Gomes (PDT) e Tasso Jereissati (PSDB) votaram pela derrubada, enquanto Eduardo Girão (Pode) se posicionou a favor do veto. Entre os deputados federais, apenas Capitão Wagner (PROS), Roberto Pessoa (PSDB) e Célio Studart (PV) mantiveram o veto.

 

Foto: Agência Senado
  -  

“Temos que coibir exageros no Ministério Público”, diz Cid Gomes ao novo PGR

O senador Cid Gomes (PDT) foi o único do Ceará a questionar, ontem (25), o novo procurador-geral da República, Antonio Augusto Aras, na sabatina da CCJ. Cid considera necessário coibir ‘exageros’ do Ministério Público e cobra o aprimoramento da legislação.  Para ele, é preciso impedir que o MP entre, de forma inconsequente, com ações criminais e cíveis.