Pré-sal: Câmara muda regra e estimativa de verba para o Ceará cai para R$ 506 milhões

“O governador Camilo participou da articulação e decidiu aceitar essas regras com os demais governadores. Se está ok para ele, que é o maior interessado, está ok para mim também”.

Cid Gomes (PDT) sobre mudanças nas regras de distribuição dos recursos da cessão onerosa do pré-sal. Pela regra, em estimativa, o Ceará cai de R$ 692 mi para R$ 506 mi.

Senadores não comparecem a reunião da bancada cearense

Os três senadores cearenses Cid Gomes (PDT), Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (PODE) não compareceram a segunda reunião da bancada federal para definir as emendas ao Orçamento. A única  mulher da bancada, deputada Luizianne Lins (PT), também esteve ausente nas negociações.

Em clima de tensão, bancada cearense inicia reunião para tentar acordo sobre emendas de bancada

Começou há pouco a reunião da bancada cearense no Congresso Nacional, a portas fechadas. Os parlamentares tentam construir um consenso em torno da definição das emendas de bancada. O valor é de R$ 250 milhões e há grande divergência.

Acusado por Cid Gomes de “achacador”, deputado vira réu no STF por corrupção passiva

Acusado pelo senador cearense Cid Gomes de “achacador”, o líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira (AL), vai responder a processo no STF por corrupção passiva. Ele é suspeito de ter recebido R$ 106 mil em propina em 2012, quando assessores foram flagrados no Aeroporto de Congonhas com a quantia. A ação põe mais lenha na fogueira das divergências.

Senador de oposição, Randolfe reconhece esforços na melhoria da reforma da Previdência

“Quero cumprimentar o senador Tasso por todos os esforços que tem feito para melhorar esse texto e para torná-lo, por mais difícil que seja, palatável, principalmente para os mais pobres”

Senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), durante votação do relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB) à reforma da Previdência, no Senado.

Chamado de “achacador”, deputado rebate crítica de Cid Gomes e diz que irá à Justiça

O deputado federal Arthur Lira (PP) disse, ontem, na Câmara, que vai processar o senador Cid Gomes (PDT), que o acusou de “achacador”, na sessão de ontem do Senado. Lira criticou o parlamentar cearense e disse que dará a resposta na Justiça. A divergência é em relação as regras de divisão dos royalties do pré-sal entre estados e municípios

Foto: Reprodução/Facebook

Tasso recebe homenagem 30 anos depois da construção da Praça dos Romeiros, em Canindé

O senador Tasso Jereissati (PSDB) recebeu ontem o troféu Artesão da Paz, no Santuário São Francisco das Chagas, em Canindé. Há 30 anos, quando governador, Tasso inaugurou a Praça dos Romeiros, junto a Dom Aloisio Lorscheider. Foi Lorscheider quem sugeriu que, em meio à seca, o Governo oferecesse trabalho e dinheiro ao povo com a construção da praça.

Senado discute uso medicinal da maconha; Girão é contra a proposta

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou, ontem, sugestão legislativa (SUG 6/2016) que propõe norma para uso medicinal da maconha (cannabis). Na sessão, houve embate entre o senador cearense Eduardo Girão (PODE), contrário à proposta, e a senadora Mara Gabrilli (PSDB/SP) que faz uso para tratamento.  A matéria vai tramitar no como projeto de lei.

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Apenas uma emenda é aprovada por Tasso na Reforma da Previdência; conheça

A única emenda aprovada pelo senador Tasso Jereissati (PSDB), de um total de 78, melhora o cálculo de proventos de servidores públicos que têm remuneração ativa variável (salário + recompensas). A proposta é do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Na terça (24), haverá sessão extraordinária na CCJ para discutir e votar o relatório da Reforma da Previdência.

Tasso rejeita 77 emendas de senadores à reforma da Previdência; 50 são de Cid Gomes

O senador cearense Tasso Jereissati (PSDB) vai apresentar, na sessão de hoje, da Comissão de Constituição e Justiça do Senado o parecer sobre as 77 emendas propostas pelos senadores à reforma da Previdência. Tasso só acolheu uma das sugestões. Inclusive, 50 propostas rejeitadas são de autoria de Cid Gomes (PDT).