-  

“Estamos prestes a ter desabastecimento em todos os estados de medicamentos”, diz secretário do Conass

“Estamos prestes a ter desabastecimento em todos os estados de medicamentos que a gente chama ‘kit de UTI’, relaxante, anestésico, etc. (…) Vamos competir de novo na área internacional por medicamentos. Isso demonstra um erro grave de política de planejamento nacional”.

Disse o secretário do Conass, Jurandir Frutuoso, no Seminário de Gestores Públicos.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Programa de gestão de pessoas do Governo do Estado deve crescer no Ceará, diz Élcio Batista

“O governador Camilo Santana quer, até o final da sua gestão, colocar em todo o Estado um programa de gestão de pessoas”.

Disse o ex-secretário Élcio Batista, no Seminário de Gestores Públicos, em referência a formatos de gestão já aplicado na Educação e em processo também na Saúde, com foco na capacitação, no mérito e em mecanismos de avaliação da gestão.

  -  

“O maior vexame no começo da pandemia foi trazer máscaras cirúrgicas da China”, diz Odorico Monteiro

O ex-deputado e pesquisador da Fiocruz, Odorico Monteiro, frisou, no Seminário de Gestores Públicos, a carência do Brasil em produzir os insumos básicos para combater a Covid-19 e a dificuldade de gestores na corrida mundial para comprar equipamentos. Ele lembrou que o Ceará precisou brigar por ventiladores que foram retidos pelo Governo Federal.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Cabeto lembra conflito entre economia e saúde no início da pandemia, mas ressalta esforço do Governo

“Houve no início um grande debate entre a área econômica e a da saúde, foi muito conflituoso, mas o Governo acertadamente estabeleceu uma pauta de discussão relacionada à priorização da saúde e os aspectos de implicação à vida na Capital e no interior e isso acabou preponderando”

Disse o secretário da Saúde, Dr. Cabeto, no Seminário de Gestores Públicos.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

“Não podemos permitir que surja uma enorme quantidade de analfabetos digitais”, diz Bernardinho

“A transformação já vinha acontecendo, mas a crise trouxe uma aceleração enorme. Não podemos permitir que surja uma enorme quantidade de analfabetos digitais, precisamos rapidamente incluí-los, seja com ferramentas básicas, seja com a chegada da tecnologia nos diferentes rincões”.

Ex-técnico da Seleção Brasileira de Vôlei, Bernardinho, no Seminário de Gestores Públicos.

Foto: Agência Brasil
  -  

“Agora é o momento de definir o que é prioridade”, afirma ex-secretário Élcio Batista

“Nesse momento, você tem que escutar a pluralidade, mas tem que ter a capacidade de estabelecer prioridades sobre o que será feito. Antes nem tudo podia ser feito, agora mais ainda. Agora, você precisa diminuir as incertezas com transparência”

Disse o ex-secretário da Casa Civil, o sociólogo Élcio Batista, no Seminário de Gestores Públicos.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

“A coisa mais importante na crise é que seu time não deixe de acreditar em você”, diz Bernardinho

“Em muitos momentos de crise, eu não sabia exatamente o que fazer, o que iria dizer ao pessoal, você não tem fórmula mágica, mas a primeira coisa que os liderados querem de um líder é se sentirem amparados”

Ressaltou Bernardinho, ao lembrar sua experiência como técnico, durante o Seminário de Gestores Públicos.

Foto: CBV
  -  

“O que gera perpetuidade é a força da cultura daquele lugar”, diz Bernadinho, citando educação em Sobral

O ex-técnico Bernandinho, durante o Seminário de Gestores Públicos, fez um paralelo entre a gestão do esporte e a gestão pública e ressaltou a necessidade de um trabalho em prol da população e com sentimento conjunto de missão. Ele citou a educação em Sobral “que foi nossa primeira grande referência”, para exemplificar um bom resultado coletivo.

  -  

‘Há um colapso econômico e uma incapacidade política de abrir diálogo sobre um novo desenho para o País’, diz Ciro Gomes

“Há um colapso econômico e uma incapacidade política de abrir diálogo sobre um novo desenho para o País. Nessa pandemia, agora, o Brasil teve que importar respiradores, máscaras, aventais da China porque o País não tem condições de produzir (em grande escala)”

Ciro Gomes (PDT), ex-governador, durante o Seminário de Gestores Públicos, realizado pelo Sistema Verdes Mares.

Foto: José Leomar
  -  

“Governo se envolveu com problemas que não são fundamentais”, diz Tasso Jereissati

“Nunca vimos o governo (Bolsonaro) propriamente falar de pandemia, estar sensibilizado pela pandemia. (…) Fica criando crise política com o STF, com o Congresso, com a imprensa, e isso faz com que se perca o foco dos grandes problemas”

Disse o sen. Tasso Jereissati (PSDB), hoje, no Seminário de Gestores Públicos, citando a ausência do plano de retomada da economia.

Foto: Agência Senado
  -  

Novo avião com insumos contra pandemia deve chegar ao Ceará nos próximos dias

“Fomos um dos poucos estados do Brasil que conseguiu fazer compras. Trouxemos com dois aviões fretados, inclusive está chegando um terceiro avião esta semana”

Afirmou o gov. Camilo Santana (PT) hoje, no Seminário de Gestores Públicos, sobre o desempenho do Estado no combate à pandemia. Até agora, foram 193 toneladas de equipamento, entre respiradores, EPIs e testes.

Foto: Camila Lima
  -  

Camilo Santana deve anunciar pacote de medidas de apoio a empresas cearenses

“Estaremos anunciando, nesta semana, uma série de medidas de apoio às empresas cearenses”

Afirmou o gov. Camilo Santana (PT), hoje, durante o Seminário de Gestores Públicos. As medidas serão na área tributária, voltadas para simplificação e desburocratização. A expectativa é de que o governo anuncie, posteriormente, pacote de auxílio econômico para as empresas.

  -  

Tasso Jereissati afirma que há grande interesse de investidores em novo marco do saneamento

“Não existe um negócio que atraia tanta vontade de investidores nacionais internacionais de participar, porque investidor gosta de investir em infraestrutura que tenha uma receita praticamente certa e regular”

Ressaltou o senador do PSDB, hoje, no Seminário de Gestores Públicos, às vésperas da votação do novo marco regulatório do saneamento básico, prevista para amanhã.

Foto: Agência Senado
  -  

Governador do Ceará defende reforma tributária e manutenção da renda mínima no Brasil

“Vamos ter um desafio enorme de retomamos a economia brasileira, não será diferente no Ceará”

Pontuou Camilo Santana (PT), no Seminário de Gestores Públicos, defendendo que seja feita reforma tributária que cobre ICMS no destino e não foque no consumo. Ele defendeu também que seja mantida a renda mínima para dar vida digna às pessoas e fortalecer a economia.

  -  

Hospital Regional do Vale do Jaguaribe deve receber equipamentos ainda em junho, diz Camilo Santana

“O último vai ser inaugurado em Limoeiro, para que a gente já possa iniciar o funcionamento dele esse final de mês, estamos com essa previsão para iniciar a instalação dos equipamentos”

Disse Camilo Santana (PT) hoje, no Seminário de Gestores Públicos – Prefeitos Ceará 2020, sobre o quinto hospital de grande porte no Estado, que marcam as macrorregiões de Saúde.