-  

Governador Camilo Santana cria comissões para realização de concursos na segurança pública

O governador Camilo Santana (PT) autorizou, nesta terça-feira (24), a criação das comissões responsáveis pelos concursos da área da segurança pública. O certame foi anunciado na semana passada pelo petista. Ao todo, serão 3.128 vagas, sendo 2.200 para Polícia Militar, 500 para a Polícia Civil e 170 para a Perícia Forense (Pefoce).

  -  

Camilo Santana anuncia nesta quarta (18) novos concursos para segurança pública

Novos concursos para a área da segurança pública do Ceará serão anunciados nesta quarta (18) pelo governador Camilo Santana, em live programada para 10h. Segundo o Palácio da Abolição, estarão presentes o secretário da Segurança, Sandro Caron, comandantes da Polícia Militar e Bombeiros, Delegado Geral da Polícia Civil e Perito Geral da Pefoce.

Foto: NATINHO RODRIGUES
  -  

Heitor Freire propõe transformar a Guarda Municipal de Fortaleza em uma Polícia Municipal

Em entrevista ao PontoPoder na Verdinha AM 810, Heitor Freire, candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PSL, afirmou que pretende transformar a Guarda Municipal de Fortaleza em uma Polícia Municipal. A proposta faz parte do programa Comando Cidadão, que prevê ampliar o armamento da GMF, a qual trabalharia em parceria com a Polícia Militar. 

Foto: Kid Júnior
  -  

Em ato no Curió, Paula Colares defende política de segurança baseada na geração de emprego

Em visita ao bairro Curió, a candidata da UP, Paula Colares, defendeu uma política de segurança pública baseada na geração de empregos e acesso aos serviços públicos de qualidade. No ato, a postulante lembrou os 5 anos da chacina de Messejana. “Se tivermos investimentos sociais, as desigualdades econômicas reduzirão e, consequentemente, a violência também”, disse.

Foto: Divulgação
  -  

PEC que proíbe anistia a amotinados será votada a partir das 13h

A sessão extraordinária que votará a PEC que proíbe concessão de anistia a militares que aderirem a motins ou paralisações esta marcada para às 13h. Por enquanto, os deputados da Assembleia Legislativa discursam no Primeiro Expediente. Após aprovação na CCJ, a expectativa é de que a maioria do Governo na Casa garanta a aprovação da matéria.

  -  

Vereador Sargento Reginauro é investigado por aliciação para motim

O Comando-Geral do Corpo de Bombeiros investiga indícios de crime militar de aliciação para motim ou revolta pelo vereador e 1° sargento da reserva remunerada, Reginauro Sousa Nascimento. São apontadas publicações em redes sociais que podem configurar como aliciamento ou incitação a outros bombeiros a participarem de movimento “grevista”. O ver. afirma que ainda não foi notificado.

Foto: José Leomar
  -  

Presidente da OAB do Ceará e representante do Exército devem se juntar à comissão

O presidente da OAB-CE, Erinaldo Dantas, e o representante do Exército Coronel Marcos Cesário também se integrarão à comissão formada pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público, para abrirem diálogo junto aos policiais militares. A comissão está reunida no MPCE e concederá coletiva de imprensa ainda hoje.

Foto: Lucas Barbosa
  -  

Anunciados os integrantes da comissão formada pelos três Poderes para atuar junto a policiais

Está oficializada a formação da comissão entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário que atuará junto aos policiais militares. O grupo é formado pelo procurador-geral do Estado, Juvêncio Viana; pelo corregedor-geral, desembargador Teodoro Silva Santos; pelo deputado Evandro Leitão (PDT) e pelo procurador-geral de Justiça, Manuel Pinheiro.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Ivo Gomes pede Força Nacional para Sobral e anuncia segurança privada e horas extras à Guarda Municipal

O prefeito Ivo Gomes anunciou a contratação de 100 seguranças privados para a terça (25) de Carnaval e a autorização de pagamento de hora extra à Guarda Municipal. Ivo afirmou também pediu ao secretário da Casa Civil, Élcio Batista, um contingente do Exército e da Força Nacional. Segundo ele, não há registro de ocorrências graves, mas há uma “estratégia de difusão de boatos”.

Foto: José Leomar
  -  

“Me fizeram um favor”, diz vereador de Sobral expulso do SD por liderar motim de PMs

O ver. Sargento Ailton, expulso do SD por liderar motim de PMs em Sobral, disse que a sigla o fez um favor. “É um corporativismo político. Sabemos que o grupo Ferreira Gomes tem uma proximidade (com o presidente estadual Genecias Noronha)”. Ele ainda fez críticas a Genecias e à esposa dele, a deputada Aderlânia Noronha: “pessoas que não tem boa índole”.

  -  

Solidariedade expulsa vereador que liderou motim de PMs em Sobral

“É inadmissível que um membro de nosso partido participe de ações que obriguem comerciantes a fecharem suas portas e acabe em um senador baleado”

Diz nota do SD, que expulsou o vereador de Sobral Sargento Ailton, um dos líderes do motim a cidade, que bateu boca com Cid Gomes, antes de ele ser baleado. Correligionários dele na Câmara negam possibilidade de cassação do mandato.

  -  

Comitiva de senadores se reúne com general Cunha Matos nesta sexta-feira

Os senadores Major Olímpio (PSL-SP), Eduardo Girão (Podemos) e Elmano Férrer (Podemos-PI) continuam no Ceará na tentativa de diálogo em meio a crise na Segurança. A comitiva participará de uma nova reunião às 14h desta sexta-feira (21) na 10ª Região Militar com o general Cunha Matos, que assumiu o comando do policiamento no Estado com a GLO.

  -  

Senador Major Olímpio é contra anistia a militares amotinados no Ceará

“Não deve haver anistia num caso como esse. Se tiver anistia, você estimula isso em todos os estados. Não acho que seja o correto”

Disse o senador Major Olímpio (PSL-SP), em coletiva de imprensa com os senadores Eduardo Girão e Elmano Férrer. “O final de tudo não vai ser favorável para a categoria”, aposta. Os senadores defendem que os militares deveriam ceder.

  -  

“Fiquei deprimido como homem público”, diz senador Elmano Férrer

“(Vi) uma fila de carros abandonados, pneus vazios, militares encapuzados, tomando cerveja, e adentramos a instituição. O que me chocou é que os líderes do movimento são praças expulsos da corporação. Estamos diante de um esfacelamento”

Disse o senador Elmano Férrer (Podemos-PI), nesta sexta (21), ao repercutir visita a batalhão onde PMs estão amotinados.

  -  

Após dia de discursos intensos, sessão na AL-CE não tem quórum

Não houve deputados suficientes na Assembleia Legislativa para iniciar a sessão hoje. O Plenário vazio em muito difere da lotação no dia anterior, em que deputados lotaram a Casa para repercutir a crise na segurança e o episódio envolvendo o senador Cid Gomes (PDT). Com o reajuste salarial de policiais em tramitação, as atividades retornam na quinta (27).

  -  

“Os canais de diálogo estão fechados”, diz senador Eduardo Girão

“Queremos evitar uma situação drástica, mas os canais de diálogo estão fechados”, afirmou Girão.

O senador Eduardo Girão (Podemos), que participou ontem de uma reunião com o governador Camilo Santana (PT), disse hoje, em coletiva de imprensa, que o grupo de senadores que participou do encontro não veio “negociar”, mas “buscar caminhos de diálogo”.

Foto: Agência Senado
  -  

Pedido de CPI das Associações foi protocolado na Procuradoria da Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto (PDT) já protocolou na Procuradoria o pedido de criação de de uma CPI para investigar a arrecadação milionária das associações de policiais e bombeiros. 31 deputados assinaram o pedido. Não há prazo para ser anunciada a análise da Procuradoria, segundo as regras da Casa.

  -  

“Um ato tresloucado e criminoso”, diz Heitor Férrer sobre ato de Cid Gomes

“O que o senador fez foi um ato tresloucado e criminoso. Ele dirige uma retroescavadeira e destrói um equipamento público cheio de seres humanos”

Deputado Heitor Férrer, na Assembleia Legislativa Histórico opositor do Governo Cid, Férrer pontuou que “em hipótese nenhuma defende greve de polícia” e condenou os disparos, mas afirmou que “o tiro está suavizando o crime de Cid”.

Foto: José Leomar
  -  

“Me recuso a votar proposta debaixo de bala”, diz Guilherme Landim sobre reajuste de policiais

O deputado estadual Guilherme Landim (PDT) disse, na sessão de hoje, que não votará a proposta de reajuste salarial de policiais e bombeiros militares “debaixo de bala”. Ele reforçou ainda a cobrança por investigação à arrecadação milionária das associações da categoria, alvo de pedido da CPI.

  -  

Presidente da Assembleia Legislativa inicia sessão com repúdio ao movimento de policiais após tiros em Cid Gomes

O presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto (PDT), abriu a sessão plenária de hoje repercutindo os fatos políticos de ontem. Para o presidente, o senador Cid Gomes “foi vítima de um ato covarde”. Ele criticou ainda a paralisação dos policiais: “a população está observando quem está colocando seus interesses acima dos da população cearense”.

Foto: José Leomar