Com casos de coronavírus em alta no Interior, prefeitos estão reunidos com o governador Camilo Santana

Cerca de 120 prefeitos cearenses estão reunidos em videoconferência, neste momento, com o governador Camilo Santana (PT). O chefe do Executivo reforçou no início da reunião a necessidade de medidas de isolamento social no Interior. Os gestores pedem ao governador reforço na atenção primária de saúde e a abertura de mais leitos de UTI.

Dr. Cabeto lamenta “charlatanismo” e politização da Saúde durante a pandemia

“Saúde a gente faz com cuidado. É possível fazer isso com ética e profissionalismo, sem charlatamismo. Temos que fortalecer uma corrente do bem para cuidar das pessoas”.

Dr. Cabeto, secretário de Saúde do Estado, em entrevista coletiva, ao reclamar da politização da Saúde e da divulgação de informações falsas em meio à pandemia.

Foto: Camila Lima

Emendas de deputados estaduais do Ceará são destinadas a compras de respiradores, testes rápidos e EPIs

A Secretaria de Saúde está adquirindo mais respiradores, testes rápidos e Equipamento de Proteção Individual para o combate à Covid-19. O recurso utilizado é o das emendas parlamentares, informou o presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto (PDT). Os 46 deputados  destinaram recursos do Programa de Cooperação Federativa para a saúde. O valor é de R$ 46 milhões.

Projeto na Câmara quer garantir hospedagem, testes e equipamentos para profissionais de saúde

Projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados garante a oferta de pousadas, hotéis e de imóveis mobiliados para profissionais de saúde que necessitem de isolamento, além de testes e a obrigatoriedade da oferta de Equipamentos de Proteção Individual. O texto da deputada Fernanda Melchionna (Psol-RS) tem coautoria do cearense Célio Studart (PV).

Deputado quer ativar cartões de débito para evitar filas em agências bancárias na pandemia

O deputado federal cearense André Figueiredo (PDT) apresentou um Projeto de Lei na Câmara para que os auxílios emergenciais e assistenciais possam ser utilizados pelos beneficiários por meio da função débito no cartão. A medida visa, segundo o parlamentar, acabar ou reduzir com as filas quilométricas nas agências bancárias.

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Coronavírus: deputado quer 14° salário aos profissionais de saúde

O deputado federal Roberto Pessoa (PSDB) deu entrada em um projeto na Câmara dos Deputados para que os profissionais de saúde tenham direito de receber o décimo quarto salário, por conta do enfrentamento de emergência de saúde pública pela covid-19. O pagamento do benefício poderá ser realizado juntamente com o décimo terceiro salário deste ano.

Foto: Saulo Roberto

Ivo Gomes alfineta vereadores que não cederam carros oficiais para o combate ao coronavírus em Sobral

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), elogiou publicamente vereadores que cederam carro o oficial para auxiliar os serviços da saúde no município diante da pandemia do coronavírus. Ivo citou, em uma rede social, os 13 parlamentares, dos 21 totais. E alfinetou os demais: “ainda querendo entender a razão dos demais terem se recusado a ajudar“.

Foto: Helene Santos

Camilo Santana resolve revogar decreto que permitia retorno de algumas atividades

Após repercussão negativa e argumentações do Comitê de Saúde, o governador Camilo Santana resolveu revogar o decreto que previa retorno de algumas atividades industriais e comerciais, além das feiras livres. Um novo decreto vai ser editado mantendo as regras dos anteriores, disse o governador ao anunciar o recuo.

Foto: Camila Lima

Aliados do governador foram pegos de surpresa com decreto que ampliou funcionamento de empresas

O decreto do governador Camilo Santana (PT) pegou a maioria dos seus aliados de surpresa. Deputados estaduais buscavam entender a medida e suas motivações. Alguns deles tratavam do assunto pelo WhatsApp, mas em conversas privadas. No grupo dos parlamentares, pouco debate.

Foto: Agência Senado

Tasso diz estar em “profundo desacordo” com decreto de Camilo que “flexibilizou” isolamento social

O senador Tasso Jereissati (PSDB), ainda na noite deste domingo (5), criticou o que chamou de “flexibilização” promovida pelo decreto do governador Camilo Santana nas medidas de isolamento social na pandemia do coronavírus. Para o senador, o número de “contaminados pode explodir no estado”.