Flávio Dino aponta ‘grave ilicitude’ em fala de Eduardo Bolsonaro e defende sanção

“Na medida que um parlamentar utiliza do seu mandato para defender a destruição da democracia, a começar no âmbito interno do Parlamento, deve receber algum tipo de sanção, porque a imunidade não protege quebra de decoro”

Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, em Fortaleza, ao responder sobre declaração de Eduardo Bolsonaro (PSL) sobre o AI-5.