-  

Domingos Neto toma café da manhã com presidente do Congresso e discute enfrentamento à pandemia

O deputado Domingos Neto (PSD) se encontrou nesta terça (30), durante café da manhã, com o presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Eles conversaram sobre medidas de combate à Covid-19, e também sobre o papel do Congresso para mediar conflitos nos quais o Brasil está inserido na política. A busca é por um consenso.

  -  

Em reunião com Pacheco, governadores cobram participação em Comitê Nacional da Covid-19

Na reunião de hoje (26) entre governadores e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM/MG), os gestores cobraram participação no Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia, formado pelos presidentes da República, do Senado, da Câmara e do CNJ. Outras demandas foram mais agilidade nas vacinação e auxílio emergencial de R$ 600.

Foto: Fábio Pozzembom / Agência Brasil
  -  

Governadores terão primeira reunião com novo ministro da Saúde ainda hoje

Os governadores brasileiros, entre ele Camilo Santana, terão, ainda nesta sexta (26), a primeira reunião com o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Nesta manhã, os gestores estaduais estão reunidos com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que levará as demandas dos estados ao comitê nacional de enfrentamento à covid-19.

  -  

Camilo Santana vai participar da primeira reunião do Comitê de Crise contra a Covid-19

O governador cearense Camilo Santana (PT) participará nesta sexta-feira (26), às 8 horas, de reunião do Comitê de Crise contra a Covid-19. O grupo de enfrentamento foi criado nesta semana pelo Governo Federal, após um ano da pandemia no País. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), comandará a reunião virtual com os governadores.

Foto: Divulgação
  -  

Para Tasso, CPI contra Bolsonaro pode ser teste de ‘independência’ do presidente do Senado

Um dos autores do pedido de uma investigação sobre a conduta de Jair Bolsonaro na pandemia, o senador cearense Tasso Jereissati (PSDB) diz que a pauta foi engavetada pelo presidente Rodrigo Pacheco (DEM). “Esse vai ser o grande teste do Rodrigo, se é realmente independente como diz ou se para ganhar se comprometeu até à alma com Bolsonaro”, diz em entrevista ao Estado de S. Paulo.

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado
  -  

Governador do Ceará discute auxílio emergencial e compra de vacinas com Arthur Lira e Rodrigo Pacheco

O governador Camilo Santana (PT) participou hoje (12) de reunião virtual com os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e outros governadores do país. Na pauta, foram discutidas aquisição de vacinas para distribuição, financiamento da saúde e a manutenção do auxílio emergencial.

Foto: Divulgação
  -  

‘Espero que ele possa trabalhar a prorrogação do auxílio emergencial’, diz Eduardo Girão sobre Rodrigo Pacheco

Após ver a candidata que apoiou, Simone Tebet (MDB), sair derrotada na disputa pela Presidência do Senado, Eduardo Girão (Podemos) disse que os colegas senadores escolheram o “continuísmo“. “Esperamos que ele (Rodrigo Pacheco, do DEM) tenha sorte e possa trabalhar de forma humana a prorrogação do auxílio emergencial no limite do ajuste fiscal”, cobrou.

Foto: Agência Senado
  -  

Eduardo Girão critica eleição de Rodrigo Pacheco e justifica voto em Tebet

(O voto para Tebet) Foi a necessidade de contribuir para a ruptura do continuísmo a partir de uma gestão sofrível do presidente Davi Alcolumbre e discordar profundamente que o Senado tenha sua independência comprometida a partir de conchavos políticos com forças completamente antagônicas, que uniram.

Escreveu o senador Eduardo Girão em sua conta no Instagram.

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
  -  

Cid Gomes parabeniza Rodrigo Pacheco e diz acreditar em independência do senador

O senador Cid Gomes (PDT) usou as redes sociais para parabenizar o colega Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a quem havia declarado apoio. “O Senado Federal escolheu, por 57 votos, o senador Rodrigo Pacheco para presidir os trabalhos no biênio 2021-2022. Desejo sorte ao senador e acredito que ele marcará sua gestão por independência e por respeito às minorias que lá militam”.