Foto: Câmara Municipal de Camocim

Vereador é cassado em Camocim após 17 denúncias, entre elas a de entrar armado no plenário

Por 13 votos a 2, o vereador Erasmo Gomes (PSL) foi cassado pela Câmara Municipal de Camocim por quebra de decoro parlamentar. Erasmo acumulava 17 denúncias na Casa, como a de semear informações falsas e até de permanecer armado nas sessões plenárias. Em outra situação denunciada, afirmou que protestos contra cortes na educação eram feitos por “meia dúzia de maconheiros”.

Foto: Fabiane de Paula

Suspenso, André Fernandes atende do lado de fora da Assembleia mesmo tendo acesso ao gabinete

Após ser suspenso do mandato por 30 dias, o deputado André Fernandes (Republicanos) está atendendo do lado de fora da Assembleia. Ele colocou uma mesa Av. Desembargador Moreira, segundo a assessoria, para receber a população. Mesmo suspenso, André pode acessar normalmente o gabinete e despachar de lá, só não tem direito a salário e VDP.

Foto: José Leomar

TJCE nega liminar que tentava impedir suspensão de André Fernandes da Assembleia

O desembargador Inácio Cortez, do Tribunal de Justiça do Ceará, negou, hoje (20), um recurso de agravo de instrumento apresentado pelo deputado André Fernandes (Republicanos), que buscava anular a sessão para a suspensão do seu mandato por quebra de decoro. É a segunda medida do parlamentar sobre o assunto negada na Justiça.

Foto: Fabiane de Paula

Apenas dois dos 46 deputados não compareceram à sessão que suspendeu mandato de André Fernandes

Apenas dois dos 46 deputados estaduais cearenses não participaram da votação que suspendeu o mandato do deputado André Fernandes por 30 dias: Danniel Oliveira (MDB) e Aderlânia Noronha (SD). Por meio da plataforma digital de votação, participaram Nelinho (PSDB), Érika Amorim (PSD) e Salmito Filho (PDT). O presidente da Casa, José Sarto, pela função, também não votou.

Foto: Assembleia Legislativa

Assembleia não é casa da mãe Joana, diz presidente após punição a André Fernandes

“Parlamento não é lugar para troca de ofensas pessoais”

Presidente da Assembleia, José Sarto (PDT), ao dizer que a Assembleia Legislativa não é “casa da mãe Joana” para que parlamentares fiquem aos gritos ofendendo uns aos outros.

Foto: Fabiane de Paula

Mesmo próximo à votação, deputados se recusam a revelar voto no caso André Fernandes

Próximo à hora da votação, o placar do processo que pode punir o deputado André Fernandes (Rep) está indefinido na AL-CE. A maioria dos parlamentares não revelou o voto, alguns desistiram de se pronunciar para defender algum ponto de vista. Alguns estão de olho nos casos que estão por vir no Conselho de Ética da Casa.

Foto: Junior Pio/AL

Advogado de André Fernandes defende que é dado ao parlamentar o “direito de exorbitar”

“Esse comedimento é para a igreja, para nossa vida privada, mas aqui o deputado não pode ter comedimento, ele pode cometer excessos, porque o que ele faz é tão importante que a ele é dado o direito de exorbitar”

Disse o adv. Pedro Teixeira Cavalcante Neto, que está fazendo a defesa do dep. André Fernandes (Rep). Ele tem apontado supostas falhas de procedimento.

Foto: José Leomar

André Fernandes diz que não roubou e cobra rigor de punição a outros parlamentares alvos de representação

“Seria repugnante pesar a mão diante da sociedade contra um e aliviar contra outro. Os senhores estão prestes a retirar o mandato de 30 dias de um deputados que não roubou, não se corrompeu, não xingou”

André Fernandes (Republicanos) sobre votação de processo contra ele por quebra de decoro.

Foto: Fabiane de Paula

‘Eu prefiro que todas sejam abertas’, defende André Fernandes sobre votações sobre suspensão de mandato

“Eu prefiro que todas (votações sobre processos disciplinares) sejam abertas, para que a população saiba quem vota contra o André Fernandes, quem vota contra o Leonardo (Araújo), quem vota contra o Osmar (Baquit)”

André Fernandes (Republicanos) ao defender votação aberta no plenário da Assembleia em decisões sobre suspensão de parlamentar.

Foto: Isanelle Nascimento

Após representação do Pros, André Fernandes cobra punição a Osmar Baquit e Leonardo Araújo

Alvo de processo na Conselho de Ética da Assembleia Legislativa, o deputado André Fernandes (PSL) defendeu, nas redes sociais, que Osmar Baquit (PDT) e Leonardo Araújo (MDB) sejam punidos por suposta quebra de decoro parlamentar. “Caso essa punição seja aprovada somente para mim, ficará claro que não se trata de ‘quebra de decoro’, e sim perseguição política”, afirmou.