Foto: Divulgação

Grupo de Capitão Wagner se movimenta em Brasília em busca de aliança para as eleições

O grupo ligado ao deputado Capitão Wagner (Pros) se movimentou em Brasília ontem (3) e hoje (4) de olho na eleição de outubro. Teve conversas com o Republicanos e o Podemos, para reforçar a aliança desses partidos com Wagner na disputa em Fortaleza, e também tratativas com o PSL, cobiçado pelo fundo eleitoral e o tempo de TV.

Toni Brito, aliado de Capitão Wagner, no meio dos aliados em mais um evento do governo

Em evento no Palácio da Abolição, no meio dos deputados aliados, estava lá o suplente do Pros, Toni Brito. Ele é presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará e integra o grupo político do deputado Capitão Wagner, opositor do governo. Toni chamou a atenção… Não parava de fazer fotos e vídeos da solenidade.

Foto: Divulgação

Apoio do PSDB é cobiçado por Capitão Wagner em Fortaleza, mas não há muita expectativa

O deputado Capitão Wagner (Pros) tenta, nos bastidores, aliança com o PSDB para a disputa em Fortaleza. Ele é próximo do deputado Roberto Pessoa, que faz uma interlocução com o PSDB na tentativa de apoiar Wagner. A preço de hoje, a cúpula tucana não cogita essa aliança e tem mantido o diálogo aberto com o DEM, do empresário Chiquinho Feitosa.

Foto: Divulgação

Dr. Agripino deve assumir a vaga de deputado federal no lugar de Capitão Wagner em junho

A partir de junho a bancada federal cearense deve ganhar um novo deputado que vai exercer a suplência : Dr. Agripino Magalhães (Pros). Ele é médico-cirurgião e vai assumir a vaga do deputado Capitão Wagner (Pros) que se licenciará do cargo para trabalhar na sua campanha à Prefeitura de Fortaleza.

Foto: Divulgação

Heitor Freire convida Capitão Wagner para ser candidato a vice na Eleição em Fortaleza

Eu vou convidar o Capitão Wagner para ser meu vice. Nós podemos fazer acordos republicanos. Eu venho a prefeito e ele, a vice. Na próxima (eleição), ele vem a Governo do Estado”

Heitor Freire, presidente do PSL no Ceará, sobre aliança com o Pros para futura candidatura ele à Prefeitura de Fortaleza em outubro deste ano

Foto: Divulgação

Capitão Wagner aposta em renovação na Câmara e aponta Carmelo Neto como uma das novidades

Pré-candidato a prefeito na Capital, Capitão Wagner (Pros) está de olho na formação de chapas de vereador. Ele aposta em renovação superior a 50% no pleito de outubro e cita o jovem Carmelo Neto, de 18 anos,  como uma das novidades na disputa pelo Legislativo. Camelo quer se filiar ao Aliança pelo Brasil, mas admite ir para o Pros.

Wagner e Girão se articulam para iniciar a construção da chapa para Eleição 2020 na Capital

O deputado Capitão Wagner (Pros) se articula junto ao senador Luís Eduardo Girão (Podemos), seu aliado, na construção da chapa para a disputa da Prefeitura de Fortaleza, em 2020. A corrida no início do ano que vem é pelo nome que vai ocupar o lugar de vice e pela estrutura partidária que ele tem que ter para enfrentar a máquina governista.

Foto: Reprodução

Ex-candidato a deputado federal, Deuzinho Filho deixa partido de Capitão Wagner para disputar eleições de 2020

O ex-candidato a deputado federal Deuzinho Filho deixou o partido de Capitão Wagner, PROS, e se filiou ao MDB para disputar um cargo eletivo no pleito de 2020. Ele já assumiu a presidência da sigla em Caucaia para concorre à prefeitura em 2020 como oposição. Agora, é esperar para saber se ele continuará tendo o apoio de Wagner como em outros pleitos.

Manifestação de policiais na Assembleia vira quase um comício de Capitão Wagner

O protesto de policiais militares e bombeiros ocorrido, nesta manhã, na Assembleia, teve elementos políticos e já antecipa o ano eleitoral. Líder do segmento da segurança, o deputado federal Capitão Wagner (Pros), pré-candidato em Fortaleza, esteve em plenário como mobilizou parlamentares aliados. Aos gritos, manifestantes o chamaram de “prefeito”.

Tony Brito se despede da Assembleia defendendo a Polícia Civil; Soldado Noelio reassume vaga

A Polícia Civil ajuda muito a sociedade cearense, ajuda muito o Governo do Estado e o Governo do Estado precisa ajudar a Polícia Civil, que recebe o pior salário do País, mas temos uma esperança.

Deputado Tony Brito (Pros), ao se despedir hoje (30) da Assembleia. Ele é suplente de Soldado Noelio, que estava licenciado e reassume o mandato amanhã (31). Tony preside o Sindicato dos Policiais Civis e ficou conhecido por ser um opositor “governista”.