Apoio de Eduardo Girão a candidaturas de adversários do Pros incomoda aliados de Capitão Wagner

O apoio do senador Eduardo Girão (Podemos) à vereadora Emília Pessoa (PSDB) e ao ex-vereador Silvio Nascimento (Patri) na disputa pela Prefeitura de Caucaia desagradou a aliados de Capitão Wagner (Pros). Girão é braço-direito de Wagner, que tem um pré-candidato a prefeito na cidade pelo seu partido: Vitor Valim. Ele esperava esse apoio.

Foto: José Leomar

Pros pede que Osmar Baquit e Leonardo Araújo sejam processados na Assembleia por quebra de decoro

O Pros, comandado pelo deputado federal Capitão Wagner, ingressou hoje (18) com uma representação no Conselho de Ética da Assembleia contra os deputados Osmar Baquit (PDT) e Leonardo Araújo (MDB) por quebra de decoro, após troca de insulto entre eles, em março. O gesto é uma ofensiva de aliados de André Fernandes (PSL) contra o processo que ele enfrenta na AL.

Foto: JL Rosa

Capitão Wagner explica decisão de retirar Pros da disputa majoritária em Juazeiro do Norte

A decisão de Capitão Wagner de tirar o Pros da disputa à Prefeitura de Juazeiro tem gerado polêmica. Com candidatura inviabilizada, o pastor Francisco Fabiano chamou Wagner de “covarde” em seu programa de rádio. Segundo Wagner, nos bastidores, Fabiano esvaziou o partido e fortaleceu concorrentes. “Acabou com o Pros em Juazeiro”, respondeu.

Foto: Reprodução

Helio Góis, Coronel Bezerra, Dr. Marcos e Inspetor Alberto trocam PSL pelo Pros de olho em vagas na Câmara de Fortaleza

O ex-candidato a governador Helio Góis, os suplentes de deputado federal Coronel Bezerra e Dr. Marcos e o assessor do deputado André Fernandes (PSL), Inspetor Alberto, deixaram o PSL e se filiaram ao Pros para disputar vagas na Câmara Municipal de Fortaleza em outubro deste ano. Com isso, eles devem apoiar o pré-candidato Capitão Wagner na disputa na Capital.

Foto: Divulgação

Grupo de Capitão Wagner se movimenta em Brasília em busca de aliança para as eleições

O grupo ligado ao deputado Capitão Wagner (Pros) se movimentou em Brasília ontem (3) e hoje (4) de olho na eleição de outubro. Teve conversas com o Republicanos e o Podemos, para reforçar a aliança desses partidos com Wagner na disputa em Fortaleza, e também tratativas com o PSL, cobiçado pelo fundo eleitoral e o tempo de TV.

Toni Brito, aliado de Capitão Wagner, no meio dos aliados em mais um evento do governo

Em evento no Palácio da Abolição, no meio dos deputados aliados, estava lá o suplente do Pros, Toni Brito. Ele é presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará e integra o grupo político do deputado Capitão Wagner, opositor do governo. Toni chamou a atenção… Não parava de fazer fotos e vídeos da solenidade.

Foto: Divulgação

Apoio do PSDB é cobiçado por Capitão Wagner em Fortaleza, mas não há muita expectativa

O deputado Capitão Wagner (Pros) tenta, nos bastidores, aliança com o PSDB para a disputa em Fortaleza. Ele é próximo do deputado Roberto Pessoa, que faz uma interlocução com o PSDB na tentativa de apoiar Wagner. A preço de hoje, a cúpula tucana não cogita essa aliança e tem mantido o diálogo aberto com o DEM, do empresário Chiquinho Feitosa.

Foto: Divulgação

Dr. Agripino deve assumir a vaga de deputado federal no lugar de Capitão Wagner em junho

A partir de junho a bancada federal cearense deve ganhar um novo deputado que vai exercer a suplência : Dr. Agripino Magalhães (Pros). Ele é médico-cirurgião e vai assumir a vaga do deputado Capitão Wagner (Pros) que se licenciará do cargo para trabalhar na sua campanha à Prefeitura de Fortaleza.

Foto: Divulgação

Heitor Freire convida Capitão Wagner para ser candidato a vice na Eleição em Fortaleza

Eu vou convidar o Capitão Wagner para ser meu vice. Nós podemos fazer acordos republicanos. Eu venho a prefeito e ele, a vice. Na próxima (eleição), ele vem a Governo do Estado”

Heitor Freire, presidente do PSL no Ceará, sobre aliança com o Pros para futura candidatura ele à Prefeitura de Fortaleza em outubro deste ano

Foto: Divulgação

Capitão Wagner aposta em renovação na Câmara e aponta Carmelo Neto como uma das novidades

Pré-candidato a prefeito na Capital, Capitão Wagner (Pros) está de olho na formação de chapas de vereador. Ele aposta em renovação superior a 50% no pleito de outubro e cita o jovem Carmelo Neto, de 18 anos,  como uma das novidades na disputa pelo Legislativo. Camelo quer se filiar ao Aliança pelo Brasil, mas admite ir para o Pros.