-  

Luizianne entra com representação contra Heitor Freire por propaganda eleitoral irregular

A campanha de Luizianne Lins (PT) recorreu à Justiça Eleitoral após a campanha de Heitor Freire (PSL) exibir propaganda no rádio em que se refere a petista como “candidata vermelhinha querendo voltar pra prefeitura” e “galega pulso frouxo”. A representação com pedido de liminar é por propaganda eleitoral irregular e ainda não foi julgada.

  -  

Propaganda questionada na Justiça Eleitoral já foi retirada do ar, diz campanha de Sarto

Procurada pelo PontoPoder, a assessoria de imprensa da campanha de Sarto Nogueira (PDT) afirmou que a inserção que extrapola o limite previsto em lei da participação do prefeito Roberto Cláudio “já foi retirada do ar”. A coligação de Capitão Wagner (Pros) havia questionado o aparecimento do prefeito por mais de 25% do tempo de uma propaganda do candidato pedetista.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Em primeiro dia de propaganda no rádio, Anízio cita conquistas na saúde, educação e pré-sal

O candidato do PCdoB, Anízio Melo, no primeiro dia de propaganda eleitoral gratuita, salientou sua atuação como sindicalista, na obtenção de recursos para saúde, educação e pré-sal, mesmo sem cargo político.

Foto: Reprodução
  -  

Renato Roseno defende Fortaleza mais inclusiva, solidária e ecológica em primeiro dia de propaganda

Renato Roseno (Psol) defende uma Fortaleza “mais inclusiva, solidária e ecológica” em seu primeiro dia de propaganda eleitoral no rádio. O candidato do Psol, com 18 segundos para apresentar propostas, também citou a superação da pobreza.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Heitor Férrer destaca trajetória pessoal em primeiro dia de propaganda eleitoral obrigatória

Heitor Férrer, candidato do Solidariedade à Prefeitura de Fortaleza, optou por destacar sua trajetória de vida no primeiro dia de campanha eleitoral. O candidato citou sua carreira como médico e sua atuação nas comunidades carentes. Heitor tem carreira marcada por consecutivos mandatos parlamentares.

Foto: José Leomar
  -  

Luizianne diz que dará continuidade a “ações positivas” da Prefeitura feitas em parceria com Camilo

A candidata do PT, Luzianne Lins, disse, no primeiro dia de campanha eleitoral gratuita na rádio, que vai “cuidar daqueles que sempre são deixados de lado”. Lins também promete dar continuidade as ações positivas que foram realizadas pela Prefeitura de Fortaleza. A candidata citou ainda a “participação direta” do governador Camilo Santana.

Foto: Agência Câmara
  -  

Heitor Freire cita segurança e mais empregos em primeiro dia de propaganda eleitoral

Heitor Freire, candidato do PSL à Prefeitura de Fortaleza, se apresentou, no primeiro dia de campanha eleitoral obrigatória no rádio, como um candidato “a favor da vida, da esperança e da segurança”. Freire citou também a criação de mais empregos e fez criticas à “esquerda”.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Candidatos de PT e PDT citam Camilo Santana em primeiro dia de campanha eleitoral

No primeiro dia de campanha eleitoral gratuita, Sarto (PDT) e Luizianne (PT) citaram o governador Camilo Santana em suas propagandas veiculadas no rádio. O candidato do PDT destacou o papel do Executivo estadual e relembrou que foi vice-líder do governo de Camilo. Já Luizianne salientou as “obras com participação direta” do governador.

Foto: Isanelle Nascimento/Agência Diário
  -  

“Na propaganda da TV, as pessoas vão conhecer alguém com espírito jovem”, diz Heitor Freire

Sobre o horário eleitoral gratuito no rádio e na TV que começa nesta sexta (9), o candidato Heitor Freire disse, nesta quinta (8), que a população vai conhecer uma pessoa serena e jovem. “Na propaganda na TV, as pessoas vão conhecer o verdadeiro Heitor Freire: alguém com espírito jovem, de gestão, profissional. As pessoas vão se apaixonar”, prometeu.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Imagens de Camilo geram disputas na Justiça

A ausência presencial do governador Camilo Santana nas campanhas tem gerado batalhas judiciais acerca da imagem e de menções ao nome do chefe do executivo estadual nas propagandas eleitorais. Já há questionamentos, pelo menos, em Fortaleza, Caucaia e Maracanaú. O assunto está em destaque na análise de Inácio Aguiar. Leia aqui.