Senadores cearenses pedem regime de urgência para votar projeto de lei sobre prisão em segunda instância

Os senadores cearenses Tasso Jereissati (PSDB), Prisco Bezerra (PDT) e Eduardo Girão (Podemos) assinaram requerimento solicitando regime de urgência para apreciação no Senado do projeto de lei que altera o Código Penal para permitir prisão após condenação em 2ª instância. Cerca de 54 senadores precisam assinar para entregar o documento ao presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP).