-  

Apesar de definição sobre relatores, TCE ainda deve receber prestações de contas de prefeitos e ex-prefeitos

Apesar da definição dos conselheiros responsáveis por relatar a prestação de contas de 2020 de cada município, o TCE ainda deve receber o relatório de prefeitos e ex-prefeitos. O prazo para o envio das contas de 2020 dos governos municipais é até junho de 2021, enquanto as do Governo do Estado devem ser entregues em até 60 dias a partir do início dos trabalhos do Legislativo.

  -  

TCE distribui prestação de contas de municípios e do Governo do Estado para conselheiros

O Tribunal de Contas do Ceará (TCE) distribuiu, hoje (27), a prestação de contas dos 184 municípios e dos órgãos de gestão do Estado para os conselheiros da Corte elaborarem um parecer. Cada conselheiro ficou com a relatoria das contas de várias cidades. O conselheiro Rholden Queiroz ficou com a relatoria das contas do governador Camilo Santana (PT).

  -  

Gastos de campanha em Juazeiro do Norte ultrapassam os R$ 2 milhões

Somados, os candidatos que disputam a Prefeitura de Juazeiro já contrataram R$ 2,3 milhões em serviços para a campanha. O maior gasto é de Arnon Bezerra (PTB), com R$ 801,8 mil. Glêdson Bezerra (Pode) vem em seguida, com R$ 740,2 mil. Nelinho (PSDB), R$ 670,8 mil. Ana Paula Cruz (PSB), R$ 126,3 mil. Demontieux Cinquentinha (Psol) gastou R$ 50,9 mil.

Foto: Agência Brasil
  -  

Conselheiro Edilberto Pontes será o relator das contas de Camilo Santana de 2019 no TCE

O conselheiro Edilberto Pontes será o relator das contas do governador Camilo Santana do exercício 2019. A designação é feita por sorteio eletrônico. Camilo tem 60 dias, a contar do início dos trabalhos na AL-CE, para enviar a prestação de contas. Já o Tribunal tem outros 60 dias para encaminhar o Parecer Prévio para que a Assembleia julgue as contas.

Foto: Camila Lima
  -  

Democracia Cristã tem contas de 2016 desaprovadas pelo TRE-CE

O Tribunal Regional Eleitoral desaprovou, na terça (17), a prestação de contas do Democracia Cristã (DC) no Ceará de 2016. À época, o partido era presidido pelo ex-deputado Ely Aguiar. Ele pleiteou vaga na Assembleia em 2018, mas não foi reeleito. Aguiar é o primeiro suplente dos deputados Delegado Cavalcante e André Fernandes, ambos do PSL.

Foto: José Leomar