-  

Roseno diz que sentimento do Psol é derrotar Bolsonarismo, mas ressalta: “não é uma aliança programática com Sarto”

A direção estadual do Psol deve se reunir, nesta terça (17), para decidir sobre posição no 2º turno em Fortaleza. O ex-candidato à Prefeitura da Capital pelo partido, Renato Roseno, diz que o sentimento da sigla é derrotar o “Bolsonarismo” e se for formalizado o apoio ao candidato Sarto (PDT), não será uma aliança programática: “vamos fazer oposição”.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

PT deve definir posição no segundo turno em Fortaleza até terça (17)

Com parte dos correligionários defendendo um apoio direto à candidatura de Sarto (PDT) no 2º turno em Fortaleza, inclusive o governador Camilo Santana (PT), a executiva do Partido dos Trabalhadores na Capital deve se reunir até terça (7) para bater o martelo sobre o posicionamento da legenda. Consenso: o PT deve atuar para derrotar Capitão Wagner (Pros).

Foto: Divulgação
  -  

Heitor Ferrer afirma que não vai apoiar nenhuma candidatura no 2° turno

O deputado estadual Heitor Ferrer, quarto colocado na eleição 2020 à Prefeitura de Fortaleza com 4,93% dos votos, afirmou que não irá apoiar Sarto nem Capitão Wagner no segundo turno, em nota publicada nas redes sociais. “Meu eleitor caracteriza-se por sua independência e seu discernimento. Ele segue sua consciência e seu juízo de valores”, escreveu.

Foto: Isanelle Nascimento